Olímpia será Estância Turística. E com Avenida Aurora até à rodovia

Publicado em 23 de novembro de 2013 às 2h11
Atualizado em 23 de novembro de 2013 às 2h17

Conhecida como capital nacional do folclore, Olímpia, será oficializada como Estância Turística. O projeto de lei, que será enviado à Assembleia Legislativa, foi assinado pelo governador Geraldo Alckmin nesta sexta-feira, 22.

capa-turismo

“É um reconhecimento para a cidade de Olímpia que há meio século desenvolve trabalhos com arte, dança e história preservando a cultura da região”, afirmou o governador.

O governador chegou acompanhado dos secretários Cláudio Valverde (Turismo) e Júlio Francisco Semeghini Neto (Planejamento e Desenvolvimento Regional), além dos deputados Itamar Borges (autor do primeiro projeto de lei pedindo ao governo a inclusão de Olímpia como Estância), Orlando Bolçone (Rio Preto) e Dilador Borges (Araçatuba).

O Estado de São Paulo possui 67 municípios considerados estâncias por lei. “Nem todas são realmente Estâncias na prática, Olímpia já é muito mais do que muitas dessas que já existem”, declarou Alckmin, durante a cerimônia que foi realizada no auditório do Thermas dos Laranjais, o ícone turístico que tem alavancado o desenvolvimento de Olímpia.

DSC_0968

Mas, de direito, são cidades que recebem verbas do DADE (Departamento de Apoio ao Desenvolvimento das Estâncias) todos os anos, sempre aplicadas em obras que melhoram sua estrutura para receber turistas. Se classificam em balneárias, climáticas, hidrominerais e turísticas.

DSC_0980

Assim, a transformação de Olímpia em Estância Turística permitirá que o município receba recursos do DADE para melhorar sua infraestrutura turística, o que vai impulsionar o turismo no município.

Olímpia é referência na preservação do folclore e da cultura popular. Possui o Museu do Folclore, um dos mais completos acervos sobre o tema. Todo mês de agosto é realizado o Festival Nacional do Folclore, que reúne grupos que apresentam as tradições de todos os Estados do país.

DSC_1010

AVENIDA AURORA ATÉ À SP-425

Alckmin garantiu que cumprirá outro sonho da cidade para incrementar o turismo, alvo de projeto de lei do deputado Itamar Borges: o prolongamento em quatro quilômetros da avenida Aurora Forti Neves até o trevo da rodovia Assis Chateaubriand (SP-425), unindo, assim, o Vale do Turismo com a cidade, uma vez que, nesse prolongamento, estão previstos diversos empreendimentos, como Resorts e clubes, por exemplo. A obra tem o custo estimado de R$ 18 milhões e terá, segundo o secretário de Obras Renê Galetti, de Olímpia, a participação da iniciativa privada (esses empreendimentos que margeiam a rodovia serão responsáveis pela construção de sua testada).

DSC_1029

A prefeitura já pagou R$ 300 mil do projeto executivo. Segundo Galetti, é um macro projeto que envolve a duplicação da avenida e a macro drenagem dos córregos Olhos D’Água e do Matadouro. Serão sete pontes a serem construídas, mais o trevo na SP-425. Para 2014, o governo do Estado já poderá liberar R$ 3 milhões para a construção da Avenida, e com a iniciativa privada (desses empreendimentos que a margeiam), mais R$ 1 milhão.

Para se ter uma dimensão de como o Turismo está contribuindo com o crescimento da cidade, do trecho de quatro quilômetros dessa futura duplicação da Aurora Forti Neves, apenas 400 metros não tem, ainda, obras ou projetos de obras. “Ou seja, temos R$ 3,6 quilômetros autorizados para construção de loteamentos para o turismo. “Quem vem para investir em Olímpia, tem de deixar um legado, é o lema do governo Geninho, e que tem dado certo”, disse o secretário.

O DADE

Organizada pelo governador Geraldo Alckmin em primeiro de janeiro de 2011, por intermédio do decreto 56.638, a Secretaria de Turismo dispõe em sua estrutura básica do Departamento de Apoio ao Desenvolvimento das Estâncias – DADE, que, atualmente congrega 67 municípios denominados estâncias, entre balneárias, turísticas, hidrominerais e climáticas. Foi criado pela Lei nº 6.470, em junho de 1989 para, entre outras atribuições, transferir recursos diretos para a execução de obras e programas ligados ao desenvolvimento do turismo nas cidades reconhecidas como estâncias.

DSC_1613

Os recursos dos convênios que essas cidades celebram com o DADE provêm do Fundo de Melhoria das Estâncias, que é mencionado no artigo 146 da Constituição do Estado de São Paulo e funciona de acordo com a lei 7.862/1992.

A receita que o Fundo disponibiliza para os municípios é composta pela somatória dos Impostos Municipais de todas as estâncias por meio da apresentação de seu DREMU (Declaração de Receita Tributária Própria Municipal). Há também uma dotação oriunda do Governo do Estado no próprio Plano Plurianual. O orçamento que é disponibilizado para cada cidade, anualmente, também varia de acordo com a participação do próprio município na composição do Fundo de Melhoria das Estâncias.

DSC_1694

HOSPEDAGEM NO TUTI RESORT

Após a cerimônia, o governador, secretários, deputados e assessores, foram se hospedar no Thermas Olímpia Resort. Foram recebidos pelo casal gestor, advogados Caia e Iscilla Piton, gerentes e colaboradores, além de hóspedes que cercaram Alckmin para fotos,  inclusive crianças.

DSC_1112

Ele tomou um prato de sopa no Victória Restaurant, conversou com os gestores do Hotel, prefeito Geninho e demais convidados, e foi descansar.

DSC_1133

Ele levanta, neste sábado (23), às 7h, toma café, visita as obras do Programa Água Limpa (R$ 21 milhões de investimentos no tratamento de água da cidade) e parte para nova peregrinação em outras cidades da região.

DSC_1125

GALERIA DE FOTOS

Clique na imagem abaixo e confira, no Flickr do Diário, as fotos de Leonardo Concon e Cristiane Gracindo:

flickr-tur

Assunto(s):

Leia também:

Faça um comentário