Olímpia pode alavancar turismo do Vale do Rio Grande, diz especialista em evento

Publicado em 26 de janeiro de 2011 às 23h59
Atualizado em 27 de janeiro de 2011 às 11h55

DSC00381 Incentivar e promover, de forma integrada e harmônica, o desenvolvimento econômico e social gerado pelas atividades turísticas foi o objetivo da reunião realizada nesta quarta-feira (26), a partir das 17h, no auditório da Casa de Cultura de Olímpia, para a Reestruturação dos Conselhos Municipais de Turismo da Região do Vale do Rio Grande.

O evento foi promovido pela Secretaria de Turismo e Conselho Estadual de Turismo, por intermédio da Coordenadoria de Turismo e da AMITur –Associação dos Municípios de Interesse Cultural e Turístico, e contou com o apoio do prefeito Geninho Zuliani (DEM) e do secretário de Cultura da cidade, Humberto José Puttini. Para especialistas em turismo que estiveram em Olímpia, a palavra de ordem para os Conselhos Municipais é a regionalização.

DSC00396

Na ocasião, ocorreu a palestra do presidente da AMITur, Jarbas Favoretto, que abordou a atuação dos Conselhos Municipais de Turismo, e indicou caminhos de como proporcionar maior entrosamento entre os municípios do Vale do Rio Grande, tendo como Olímpia o pólo gerador turístico. Na plateia, quase lotada na Casa de Cultura, prestigiaram o evento membros do Contur de Olímpia, Vivaldo Mendes (que é diretor da empresa pública PRODEM) e Paulo Duarte.

Além disso, Favoretto indicou formas de como estimular e promover a cultura, a defesa e a conservação do patrimônio histórico, cultural e artístico;  de buscar parceiros e recursos para a mais rápida viabilização dos projetos de turismo de interesse dos municípios e sobre a representação dos Conselhos Municipais de Turismo e Órgãos Municipais de Turismo Associados junto às entidades estaduais, federais e internacionais, públicas e privadas, de Turismo.

DSC00393

"Queremos a reestruturação dos Conselhos Municipais de Turismo. O intuito é ter a sociedade civil juntamente com representantes da Prefeitura para que possam incentivar o setor. Este trabalho de estímulo deve ser realizado pelos cidadãos", enfatizou Favoretto.

Ele frisou que algumas mudanças estão previstas. "Conseguimos rever algumas questões, como a lei que proibia a divulgação do Estado nos demais. Foi elaborada uma PEC (Proposta de Emenda à Constituição) e isso foi eliminado. Também queremos nova mentalidade com relação à distribuição de repasse. Estou lutando para que haja uma revisão na lei que concede títulos de estâncias", afirmou.

Favoretto disse ainda que existe um projeto de lei na Assembleia para que a cada três anos, seja realizada uma revisão. "Se não está correspondendo, perde-se o título", emendou.

Segundo dados da Secretaria de Esporte, Lazer e Turismo do Estado de São Paulo, o turismo é uma atividade econômica bastante significativa representando um décimo do PIB nacional em arrecadação.

REGIONALIZAÇÃO

Foram convidados representantes de diversas cidades da região, além de representantes de hotéis, bares, restaurantes e outros estabelecimentos do setor.

Durante a reunião, os Conselhos Municipais de Turismo presentes ao evento foram registrados perante o Conselho Estadual de Turismo visando ações futuras.

Para Paulo Duarte, do Contur de Olímpia, “hoje, o que mais se prega é a regionalização, não se faz turismo sozinho. Temos grandes experiências de que o turista visita algumas cidades e passam pelos municípios à sua volta. Você leva para a cidade vizinha e usufrui aquilo que não tem na sua. Assim, a região cresce. O encontro de hoje serviu para alertar a todos que o que manda hoje é trabalharmos os potenciais regionais e, graças a Deus, Olímpia lidera no quesito turístico”.

idneyfa O empresário Idney Fávero, da Pousada Beco da Lua, concorda: “Muitos pensam que turismo é só praia, e não é mesmo. Aqui, por exemplo, temos, além de águas termais e medicinais, outras atrações, inclusive rurais, culturais, folclóricas, que atraem em grande quantidade os turistas interessados em conhecer lugares diferentes, com conforto, cultura e muito lazer”.

Aliás, a sua pousada (Beco da Lua), hospedou os convidados que estiveram no encontro desta quarta e, segundo ele, não faltaram elogios: “Elogiaram o clima quente, a cidade bem cuidada, o verde que se vê por toda a parte, a preocupação com a reforma do museu e das praças centrais, e também, claro, do Thermas e da hospedagem que encontraram”.

 

***


* Fique à vontade para dar a sua opinião, mas atenção: se ele não aparecer no mesmo dia é porque, com certeza, você não leu a nossa política de comentários. No momento, está sob moderação.

Assunto(s): ,

Leia também:

Faça um comentário