Fantástico: Geninho diz ser injusto comparar Olímpia com município que ‘joga água fora’

Publicado em 06 de agosto de 2015 às 13h23
Atualizado em 06 de agosto de 2015 às 13h25

O prefeito Geninho Zuliani (DEM) contestou esta semana a reportagem exibida pelo programa de entretenimento “Fantástico”, da Rede Globo de Televisão, no domingo (2), na qual compara o Clube Thermas dos Laranjais a outro clube do gênero desativado e que “joga água fora”, conforme destaque da reportagem. O prefeito contestou também a forma como o clube da Estância Turística de Olímpia foi tratado com relação ao uso do poço da Petrobrás, o que faz há mais de 30 anos, com autorização judicial, mas cuja reportagem tratou como “uso ilegal”.

geninho-e-reporter

A reportagem do programa global ensaiou por vários dias sua vinda a Olímpia, mantendo contatos vários por e-mails e telefonemas ao Gabinete, solicitando informações e recebendo-as todas, dentro da maior clareza de detalhes possível. Chegaram a marcar entrevista pessoal com o prefeito para o dia 23 de julho, depois ligaram cancelando, alegando que iriam “estudar melhor” o assunto. Porém, menos de uma semana depois ligaram e confirmaram a vinda para o dia 30, o que de fato aconteceu. Foi mais de uma hora entre diálogos, explicações e a entrevista ao repórter Maurício Ferraz, até com selfie nas redes sociais.

fantastico-thermas01

“Quando a gente observa a matéria da Rede Globo, percebe que Presidente Epitácio e Olímpia são duas realidades que não podiam nem estar na mesma matéria, são duas realidades totalmente diferentes, uma com um lago de 70 graus, um clube falido, com poços lacrados, que não gera nenhum emprego na cidade, não gera um real de imposto. Quando a geóloga do DNPM faz aquela cara de assustada realmente a gente percebe que era para Presidente Epitácio”, contesta o Prefeito Geninho. “Olímpia é outra realidade, por que comparar com Presidente Epitácio? É um desrespeito”, acentua.

fantastico-thermas19f

Geninho prossegue dizendo que “durante uma hora que o Mauricio Ferraz e a equipe da TV Globo ficaram no nosso Gabinete, nós informamos muita coisa que eles não sabiam, mas, a todo instante, davam a entender que achavam que o Thermas era um ‘predador’ que veio em Olímpia e está indo embora”.

fantastico-thermas19e

“Nós explicamos que o Thermas é um clube associativo que, quando foi fundado, todos os olimpienses tiveram a oportunidade de serem sócios comprando cotas. Que são 2.500 sócios patrimoniais, 11 mil sócios contribuintes de Olímpia, mais 20 mil sócios contribuintes do Brasil todo. Que o clube não tem dono, que a cada quatro anos tem eleição para presidente, que o clube não tem finalidade lucrativa, que todo o dinheiro apurado pelo clube é reinvestido para melhorias do parque e geração de empregos”, relatou Geninho.

fantastico-thermas19a

Sobre o salário mínimo pago pelo clube ao município pela cessão do poço, a explicação dada pelo prefeito ao repórter foi a de que existe uma lei, de 30 anos atrás, estipulando o valor. “O poço estava lacrado, o Thermas não existia, foi um valor simbólico para cessão do poço. ‘Mas você cobra um salário mínimo de água?’, ele perguntou. Respondi que não, porque o município não é competente para cobrar a água, já que toda água profunda de produção mineral é o órgão federal (DNPM) que recebe. Isso foi bem explicado, e eles demonstraram que entenderam. Mas, na hora que foi para a TV pegaram só o trecho em que respondi sobre quanto recebíamos”, queixou-se Geninho.

fantastico-thermas19

“Não fizeram um elogio para o parque, não fizeram um elogio para a cidade, em nenhum momento fizeram questão de falar que o Thermas paga R$ 150 mil de ISS (Imposto Sobre Serviços), em nenhum momento falaram que 10, 12 mil pessoas vivem do Turismo na cidade, não falaram que a cidade tem uma outra realidade devido ao turismo, e quiseram colocar na mesma esteira Presidente Epitácio, que é uma realidade diferente”, criticou o prefeito.

fantastico-thermas18

Outro detalhe foi o uso do acidente com o empresário, que não era o foco da reportagem, o que para Geninho serviu para denegrir o Thermas. “Eles estavam focados em falar de irregularidade, eles estavam focados na entrevista que eles tinham gravado com o diretor do DNPM de São Paulo. Por isso entendo ser importante explicar para a população de Olímpia o que aconteceu nos bastidores da entrevista, para que todos tenham conhecimento como foi”, acentuou.

Geninho e carrasco da GloboQuanto à foto publicada em sua página no Facebook posando ao lado do repórter Maurício Ferraz, após terminada a entrevista, o que gerou críticas posteriores a ele, dado o teor da reportagem, Geninho explica: “Eu só coloquei a foto e disse: ‘Hoje o Maurício Ferraz está em Olímpia para gravar sobre os poços da Petrobras’. Eu não ia, naquele momento, antecipar uma matéria que viria no domingo, até porque não tinha noção do tipo de edição que fariam. Mas não achei que o Fantástico foi justo com a cidade, com uma matéria para chamar audiência, uma ‘matéria-âncora’, porque ela foi anunciada na sexta, no sábado, como se fosse o fim do mundo”, protestou.

De acordo ainda com o prefeito, as águas do Thermas estão sendo reaproveitadas, reaquecidas, embora não na sua totalidade. Existe um projeto de até o fim do ano que vem (2016) resolver essa questão do poço, cujo uso está autorizado por liminar da Justiça (há a determinação para desativa-lo até 2020, enquanto isso o clube vai aumentando a vazão do segundo poço perfurado em seu interior, mas que não tem ligação com o da Petrobrás).

fantastico-thermas07

“O Thermas quer crescer, Olímpia quer crescer. Não falaram em nenhum momento da geração de empregos, tanto é que a cidade se mobilizou na rede social, na quinta, na sexta, no sábado, todo mundo falando ‘Sou mais Thermas, sou mais Olímpia’, porque hoje o Thermas, para muita gente, representa muito. A gente sabe que uma ampla fatia da população de Olímpia, entre 70%, 80%, é a favor de que a cidade cresça, é a favor de que a cidade se desenvolva, da geração de empregos, de novos parques, novos hotéis, novos restaurantes. Enfim, a favor de uma cidade na qual possamos dar futuro aos nossos filhos”, relatou o Prefeito Geninho Zuliani.

fantastico-thermas00

“Mas, ao final chegamos à conclusão de que como é uma sentença judicial, nós não corremos risco de que aconteça nada de ruim com o clube, até porque o poço está em fase de regularização, uma sentença judicial garante que funcione. E, por outro lado, quem não conhecia o Thermas passou a conhecer. E aos novos investidores, aqueles que vêm de fora, que colocam dinheiro na cidade para construir hotel, resorts, garanto que temos total segurança jurídica, que nada vai acontecer”, enfatizou.

fantastico-thermas12

Ao final, conclui o prefeito que a reportagem foi totalmente previsível. “O que eles falaram era o que já conhecíamos, o que nós tínhamos de documentação. Então não nos surpreendeu. Portanto, o balanço final que eu faço é de que acabou sendo uma matéria positiva. E ainda nem disseram que o Thermas já pagou mais de R$ 70 milhões em impostos para os governos Estadual e Federal, conforme lhes informei.”

Assunto(s): ,

Leia também:

Faça um comentário