hot-beach-projecao_thumb.jpg

Complexo Hot Beach terá água termal de qualidade e operação sustentável

Em fase avançada de obras, o Hot Beach Diversões Aquáticas, empreendimento do Grupo Ferrasa, em Olímpia, obteve uma importante conquista. A novidade irá assegurar a qualidade da água utilizada em todo o parque. Por meio da Planetur Planejamento e Desenvolvimento Urbano Ltda, o grupo conquistou o direito definitivo de lavra para exploração da fonte Santiago, proveniente do Aquífero Guarani.

hot-beach-projecao

A fonte serve a outro empreendimento do grupo, o Thermas Park Resort & Spa. Porém, a licença obtida inclui direito para perfuração do ‘P2- Poço Hot Beach’, que fornecerá água ao novo complexo e já está sendo perfurado. Devido à proximidade com a fonte já existente, a qualidade da água tem as mesmas características com minerais preciosos, comprovados em análise.

Utilizando um novo conceito na exploração sustentável, sem desperdício ou descarte irresponsável, toda água extraída do Aquífero Guarani, após abastecimento das piscinas do Parque Hot Beach, será entregue para consumo humano via Daemo (Superintendência de Água, Esgoto e Meio Ambiente de Olímpia).

Diretor do Grupo Ferrasa, Sérgio Ney Padilha, ressalta que o trabalho desenvolvido por toda a equipe da Planetur, incluindo engenheiros, geólogos, advogados e colaboradores, foi de fundamental importância para a conquista deste resultado. “Todos se empenharam profundamente para garantir este direito de exploração da fonte. Foi um trabalho muito competente e que beneficiará, inclusive, a população de Olímpia”.

Hot Beach comemora dois anos de obras

 

Dois anos após o início da construção do complexo, lançado no dia 19 de fevereiro de 2013, o Hot Beach Resort Olímpia – 100% vendido – e o Parque Hot Beach Olímpia seguem em ritmo acelerado de obras.

O empreendimento atenderá cerca de 60 mil turistas por mês em Olímpia, cidade com grande potencial, sendo um dos polos turísticos mais importantes do Estado de São Paulo. Além das águas termais, oferece contato com a natureza e cultura popular- conhecida como a capital nacional do folclore.

A chegada do complexo Hot Beach vai proporcionar ainda mais estrutura e atenderá à demanda atualmente reprimida. Por isso, a expectativa pela inauguração é grande. Atentos a isso, os empreendedores trabalham a todo vapor para entregar a Olímpia esses dois grandes empreendimentos.

O Grupo Ferrasa recebeu sua Concessão de Lavra Definitiva das águas termais do Aquífero Guarani através portaria da Secretaria de Geologia, Mineração e Transformação Mineral do Ministério das Minas e Energia, e consequente L.0. – Licença de Operação.

Sobre o Hot Beach

 

O Hot Beach Resort Olímpia é mais um empreendimento do Grupo Ferrasa, da sociedade Ferrato e Sant’Anna de Olímpia. O complexo está em fase avançada de obras em uma área de 140 mil m², em Olímpia, no interior de São Paulo. Com inauguração prevista para 2016, o Hot Beach Resort Olímpia contará com 484 apartamentos de 40 m² e restaurante projetado com padrões internacionais, além de cozinha show, bar com estrutura para eventos musicais, lounge bar e centro comercial.

Já o parque aquático Hot Beach, além de praia artificial para o turista e ampla área aquática para crianças, terá piscinas com ondas, rio lento artificial com água quente e natural, piscina com bar aquático, integrada ao restaurante, deck molhado, sombrites em madeira rústica e toboáguas kamikazes. Os investimentos chegam à casa dos R$ 130 milhões.

Um comentário em “Complexo Hot Beach terá água termal de qualidade e operação sustentável”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *