Câmara entrega Moção de Apoio a Benatti contra reportagem do ‘Fantástico’

Publicado em 12 de agosto de 2015 às 14h00
Atualizado em 12 de agosto de 2015 às 14h46

O presidente da Câmara Municipal da Estância Turística de Olímpia, vereador Luiz Salata (PP), entregou na manhã desta quarta-feira (12), Moção de Repúdio aprovada pelos vereadores à reportagem do Fantástico, da TV Globo, e de apoio ao Thermas dos Laranjais, e à  própria cidade, ao presidente do parque, empresário Benito Benatti.

IMG_9204

Na tarde de ontem, terça (11), foi a vez do presidente do Tuti Negócios Inteligentes, Caia Piton, que é também advogado do Thermas, receber, e se emocionar, com a entrega de cópia deste documento, através de Salata e do secretário da Mesa da Câmara, vereador Marcos Santos, no evento Café com o Presidente, no Tuti Resort. Caia se emocionou com a leitura, fazendo com que a esposa, e também gestora Iscilla Piton, prosseguisse com a leitura.

O Café com o Presidente é um evento onde funcionários de diversas áreas do Resort podem opinar, sugerir e até criticar, melhorando a gestão do complexo como um todo, e ao mesmo tempo gestores e diretores apresentam relatórios e o que foi mudado com as sugestões anteriores.

Caia disse que acompanha de perto o processo dos poços desde 2009, e que a reportagem do Fantástico “veio bater em um clube que é o mais visitado da América Latina, o quarto do mundo, e por isso está visível, fizeram uma matéria em que a Justiça já nos deu ganho de causa, o movimento espontâneo que cresceu nas redes sociais em defesa do clube e da cidade só reforça a tese de que, tirando as acusações infundadas, só mostrou que somos os melhores, que cuidamos de nossos poços, inclusive do Petrobrás, e que a Globo deverá fazer um ‘mea culpa’, nesta quarta, no horário do almoço, mostrando que tratamos as águas como ninguém, 400 mil litros por hora, sem a obrigação legal, o equivalente à uma cidade de 40 mil habitantes; portanto, vamos cuidar do que é nosso, porque já tivemos a prova de que, sem o Thermas, até padarias podem fechar as portas”.

A MOÇÃO DA CÂMARA




Assunto(s): , ,

Leia também:

Faça um comentário