Jovem será sepultada no cemitério municipal de Severínia às 17h

O corpo da jovem Flávia Fernanda de Oliveira, 23 anos, está sendo velada no Velório Municipal de Severínia e será sepultada logo mais às 17h no cemitério local, segundo informa a Organização Social de Luto.

Como já foi noticiado ela não resistiu aos gravíssimos ferimentos do acidente da qual foi vítima na última sexta-feira, no centro da cidade, com um ônibus e, infelizmente, faleceu na Santa Casa de Barretos.

Naquele fatídico dia, ele sofreu traumatismo craniano e múltiplas fraturas. Flavia deixa um bebê de nove meses de idade.

O acidente ocorreu no cruzamento da sexta (24) da Rua Conselheiro Antônio Prado com a Avenida Waldemar Lopes Ferraz, no início da manhã. Um ônibus de Tabapuã colheu a Biz de Flavia, que estava em sua mão corretamente.

O Diário externa os sentimentos de pesar aos familiares.

Piloto olimpiense lança ‘vaquinha virtual’ para percorrer as 10 rodovias mais perigosas do País

O piloto olimpiense Ivo Zangirolami Júnior, responsável pela empresa Direção para a Vida, está com um projeto inovador e que poderá trazer resultados que irão ajudar a mapear, pelo Brasil, o índice de segurança – ou não – das rodovias brasileiras. Para isso, está com uma campanha no site de financiamento coletivo Vakinha Virtual. O Diário de Olímpia, como sempre, acreditando nas propostas de Ivo e do Direção para a Vida, foi o primeiro a contribuir, rumo aos R$ 23 mil pleiteados pelo piloto.

Ivo Zangirolami JR

O projeto foi criado nesta quarta-feira (3), mas já está recebendo bastante visitas. Ivo tem se preocupado, juntamente com o seu irmão, também piloto, Luciano Zangirolami, em fazer campanhas de conscientização em prol de um trânsito mais seguro. Conforme ele mesmo afirma, “a dengue não é a maior epidemia brasileira, e sim vidas ceifadas no trânsito brasileiro”.

vakinha

“A nossa intenção é percorrer as 10 rodovias mais perigosas do Brasil, para poder juntar imagens através de vídeos e fotos, mostrando as condições precárias de nossas rodovias e imprudências dos nossos motoristas”, justifica Ivo na Vakinha Virtual.

Para contribuir, clique AQUI.

vaquinha

“Além da dengue, temos de combater outra guerra: a do trânsito”, afirma piloto na Tribuna Livre

O piloto e idealizador do projeto Direção para a Vida, Ivo Zangirolami Júnior, 48, ocupou o expediente ‘Tribuna Livre’, da Câmara Municipal, para convidar, ou melhor, convocar, os vereadores e cidadãos olimpienses ‘para uma guerra’: a da conscientização de um trânsito seguro. “Reconheço que não temos as melhores malhas viárias do mundo, mas a imprudência ainda ceifa milhares de vidas no País, e mesmo em nossa cidade e região, ultimamente, tivemos muitas vítimas, inclusive fatais”, disse Ivo. Fotos Gustavo Luppi

DSC_4810

Na galeria, além de cidadãos que usualmente acompanham as sessões legislativas, estavam lideranças da DOA (Deficientes Olimpienses Associados), Baixos Olímpia (carros rebaixados) e de aficionados em Carros Antigos. Os vereadores Luiz do Ovo e Paulo Poleselli adentraram o piloto ao plenário, a convite do presidente Luiz Salata.

DSC_4906

Emocionado e nervoso, justificou: “Já dei palestras para centenas de pessoas, mas aqui, nesta Casa, esses minutos valem milhões, valem vidas”. Ivo relembrou a sua história, já publicada com exclusividade pelo Diário há cinco anos, de “ex-tirador de rachas”. Revelou que iniciou carreira de piloto de “forma totalmente errada, tirando rachas na praça Panamericana, Cidade Universitária e marginal Pinheiros na capital paulista”. “Sou um ex-babaca”, disse.

DSC_4848

“Comecei realmente de forma muito errada, não tenho vergonha de falar, muito pelo contrário, estou a fim de ajudar a conscientizar as pessoas, especialmente os jovens, para que essas coisas não se repitam. Se eu não sofri nenhum acidente nas ruas foi por pura sorte, não foi por habilidade. Volto a repetir: quem faz isso está errado e coloca as vidas de outras pessoas em risco”.

DSC_4919

Na Inglaterra, correu na Fórmula Ford Inglesa, quase que o campeonato inteiro (faltou apenas uma corrida para completar as 18), e Fórmula 3: “Na verdade, fiz umas duas corridas apenas, meu chefe de equipe sugeriu que eu fizesse kart para poder render mais na carreira. Já minha carreira no Brasil foi super curta, apenas oito corridas. Quando fui para o Exterior, não tinha uma estrutura, como patrocinadores, contatos, de entender realmente como é o automobilismo, por isso foi tudo muito rápido e corrido, não tinha muita experiência”. Com essa bagagem, das ruas para as pistas e, nos últimos anos, correu, e venceu algumas provas, pela Copa Clássicos de Competição com um Passat 74 ‘feito em casa’.

DSC_4928

E, de três anos para cá, idealizou, juntamente com o seu irmão, também piloto, Luciano Zangirolami, comanda o projeto Direção para a Vida, reconhecido pelo Parada pela Vida, do governo federal, e com do Não foi Acidente, apoiado pela Band. “Ainda não chegamos à Brasília, precisamos dessa força, estamos em uma guerra, a cada minuto vidas são ceifadas no trânsito, temos 50 milhões de pessoas sequeladas irreversivelmente oriundas do trânsito, das rodovias. Além da malha viária, a imprudência é a maior responsável, hoje automóveis chegam facilmente até a 200 quilômetros reais”.

DSC_4918Ivo se emocionou quando comparou as mortes do trânsito com as de dengue. “Sabemos que a dengue deve ser combatida, dentro e fora de casa, e fiquei feliz quando vi que os senhores vereadores tem projetos relacionados ao tema, apresentados na noite de hoje, mas a dengue é uma doença, tem todo um ciclo, igualmente grave, mas previsível. O acidente de trânsito não. De repente, dois carros, a 90 quilômetros por hora, se chocam, e o barulho é horrível, você se recorda dele para sempre, a reação é segurar o volante com as duas mãos, esticá-las, e a caixa do motor vem a com a lata de retorcendo até o seu corpo. Eu já sofri uma acidente e até hoje vem à memória esse som, esse momento”.

598551_434624719902816_86439752_n

“Um acidente destrói sonhos, famílias, Natais, qualquer data. O telefone toca e aniquila com uma família, com esperanças, deixa um rastro terrível de destruição”. O acidente acontece em um segundo, e pode ser fatal, ou deixa sequelas e, muitas vezes, a pessoa morre tempos depois e nem entra nas estatísticas do trânsito”, disse o piloto do Direção para a Vida.

Na realidade há três referências. O Denatran informa algo em torno de 35 mil óbitos anualmente. O Ministério da Saúde, cerca de 43 mil/ano, porque inclui os mortos até 30 dias depois das ocorrências registradas. O número mais confiável poderia ser da Seguradora Líder, administradora central do DPVAT (Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Vias Terrestres), que pagou 54.767 indenizações por mortes no ano passado. Este último número inclui vítimas de acidentes fatais dos últimos três exercícios do calendário civil, conforme prevê a lei, o que não deixa de significar uma imprecisão estatística.

11174864_971101132921836_7638787905472076824_n

E a maioria dos acidentes envolvem motos. Ivo revelou aos vereadores que “vivemos uma epidemia de motos, cerca de 3,8 motos são vendidas no Brasil por minuto. Ter moto é um direito, mas tem de ser um dever saber conduzí-la corretamente”.

DSC_4824

“Olímpia está crescendo, felizmente, e por isso a nossa preocupação. O trânsito é uma área que, às vezes, passa desapercebida, mas é crucial desenvolvermos soluções, levar esse tema para as escolas, para a educação de nossas crianças, essa questão vir de berço, além de estimularmos, com ações, essa conscientização constante”, assinalou Ivo.

11036031_977590515606231_6614885624138636191_n

Recentemente, Ivo criticou, nas redes sociais, os trevos caóticos, desordenados, que tem resultado em acidentes constantes. “Não vejo muito futuro em termos regionais de avanço, mas não podemos ficar calados, quietos, temos de agir. Assim como temos de combater a dengue, temos de combater essa guerra do trânsito”.

Geninho assina contrato para sinalização de 3,6 mil metros quadrados de solo

O prefeito Geninho Zuliani (DEM), de Olímpia, assinou na sexta-feira (8), contrato para a realização de serviços de sinalização de solo em várias regiões da cidade, sendo divulgado na manhã de hoje (12).

A estimativa é que a sinalização horizontal alcance 3,6 mil metros quadrados e não só na região central. Onde o asfalto já estiver completo, a sinalização começará já nas próximas semanas. Nos locais onde será feito recapeamento, a sinalização virá logo em seguida, de acordo com as exigências do contrato.

DSC_0001

A empresa vencedora do Pregão Presencial nº 32 é a Destak Sinalização Viária, de Ituverava, cujo proprietário, Wagner da Silva, foi representado pelo pai, Benedito Felício da Silva, no ato de assinatura. A empresa tem serviços prestados em várias cidades da macrorregião, como São Joaquim da Barra, Guará, fazenda da Usina Alta Mogiana, com a sinalização da vicinal de Guará até Barretos, no entroncamento com São Joaquim, e Rio de Janeiro, onde fez serviços diversos.

“Na área central, onde o asfalto está bom, a sinalização começa na semana que vem. E nos próximos dias serão tratados os detalhes do serviço nas outras áreas, inclusive onde será feito recapeamento. Serão 200 quarteirões de recape”, disse o prefeito.

A abertura dos envelopes do Pregão Presencial n° 32/2015 foi feita no dia 30 de abril, às 14 horas. A empresa, além da prestação de serviços de execução de sinalização viária horizontal, terá também que fornecer materiais e mão-de-obra. A pintura de faixas de pedestres, sinalização para idoso, deficiente físico, embarque e desembarque de ônibus, carga e descarga, estacionamento para motos e carros, parada de ônibus, etc, terá um custo estimado em pouco mais de R$ 45 mil.

Trevos de Olímpia geram acidentes por ‘sinalização confusa’, diz Ivo Zangirolami

Os trevos das rodovias que circundam Olímpia continuam extremamente perigosos. Ontem, 1º de maio, mais duas vítimas fatais no trevo da SP-322, Rodovia Armando Sales de Oliveira, com três vítimas. A cada momento, muda-se a configuração das obras, e a péssima sinalização contribui para a confusão e, consequentemente, riscos de acidentes no local, reclamam os motoristas.

ivo

O piloto e responsável pelo projeto de educação no trânsito, Direção para a Vida, Ivo Zangirolami Júnior, sempre posta nas redes sociais e nas palestras que faz, principalmente pelas escolas, a preocupação com esses trevos. Recentemente, Ivo questionou, mais uma vez, o cenário perigoso e confuso das obras nesses trevos.

“Bom dia amigos de Olimpia e região! O que fazer com os trevos de Olimpia e Cajobi? Ontem pude passar pelos três, o da antiga Citrovale, o da entrada da Cohab que vem de Severínia, e o de Cajobi, todos à noite. Achei super perigoso e totalmente confuso. Mesmo sem ter acabado a obra ainda, parece que voltamos nos anos 50…um quebra cabeças!”, escreveu o especialista em trânsito.

11180084_984558654901828_1195960812_n

E, continuou: “Não vejo muita coisa boa por esses trevos , infelizmente! E o mais grave é que já presenciei dois carros voltando na contramão no trevo de quem vem de Cajobi para seguir para Olimpia, pois está tão longe o retorno para Olímpia que gera uma insegurança de quem passa pela primeira vez , gerando dúvidas se fez certo ou está na contra mão, principalmente à noite em que diminui o fluxo de veículos na via contrária, forçando alguns motoristas a retornar, por puro MEDO! Vamos vivendo!”

Por causa do acidente gravíssimo de ontem à noite, o Diário procurou na manhã de hoje (2) o piloto olimpiense acerca do ocorrido e ele, naturalmente, lamentou mais essas duas mortes em decorrência da ‘sinalização confusa’ e reiterou o que vem pregando nas redes sociais e no projeto Direção para a Vida: “Só temos a lamentar mais essas mortes em decorrência, exatamente, da confusão de nossos trevos. É preciso que as autoridades se atentem para a situação e tomem medidas saneadoras para que, enquanto as obras perdurarem, o motorista tenha uma clareza do que fazer nesses trevos”.

DIREÇÃO PARA A VIDA

O projeto Direção para a Vida foi criado há cerca de três anos pelos irmãos pilotos Luciano e Ivo, com o objetivo de conscientizar as pessoas sobre a responsabilidade no trânsito, cumprindo as leis, técnicas apropriadas de direção e alertando as autoridades para problemas, como estes dos trevos em construção e pessimamente sinalizados.

Curta o projeto no Facebook: https://www.facebook.com/DirecaoParaAVida

11152701_969007576464525_9090298511115911072_n

Trecho da Américo Brasiliense passa a ser área azul a partir do dia 27

A autarquia Prodem – Progresso e Desenvolvimento Municipal, de Olímpia, comunica que, a partir do dia 27, estará sendo estendida abrangência do estacionamento pago (Área Azul) para a Rua Américo Brasiliense, entre a Rua Síria e a Rua Conselheiro Antônio Prado.

zona-azul

Além das vagas comuns, serão destinadas uma vaga para idoso e uma vaga para portadores de necessidades especiais.

Trecho de Mirassol a Rio Preto tem 38% dos engavetamentos em rodovia

A rodovia Washington Luiz é a principal rota de acesso a São José do Rio Preto (SP) para motoristas que chegam à cidade de vários municípios da região. Mas andar pela rodovia está cada vez mais perigoso, mesmo com a pista dupla. Quem vem de Mirassol (SP) para Rio Preto, por exemplo, enfrenta a rotina de engarrafamentos praticamente todos os dias. A pista fica carregada logo cedo e no fim da tarde e os engavetamentos são frequentes.

engavetamento

Nesta segunda-feira (18), um motorista de 86 anos morreu em um engavetamento no trecho de Mirassol. Fluxo intenso, lentidão e acidentes se tornaram rotina para quem segue pela Washington Luiz nos horários de maior movimento. Seja pela manhã ou no fim da tarde os problemas são os mesmos: longas filas e congestionamentos que chegam a alcançar mais de três quilômetros.

A falta de atenção e a velocidade favorecem este tipo de acidente. “Falta de atenção, velocidade acima do limite e distância são os principais fatores de acidentes, além do motorista utilizando celulares, redes sociais, isso distrai muito”, diz o subtenente. Confira algumas orientações dadas pelo instrutor de trânsito André Lourenço, do Sest/Senat.

– Planejamento
Sair de casa um pouco mais cedo evita pegar o trânsito pesado e com isso evitar possíveis acidentes.

– Distância de segurança
Manter a distância do veículo da frente e ficar sempre atento a outros veículos. Prestar atenção nos veículos mais distantes, não apenas no carro da frente.

– Pisca-alerta
Em situação de engarrafamento, de trânsito parado, pode usar o pisca-alerta. Mas a partir do momento que tenha um ou dois veículos atrás de você, deve desligar o pisca-alerta.

Fonte: TV Tem / G1

Edinho é o relator do projeto que cria o Programa Nacional de Redução de Acidentes

O deputado Edinho Araújo foi indicado nesta quarta-feira (12.11), pela Comissão de Viação e Transportes, para relatar o Projeto de Lei 6520/13, do deputado Carlos Alberto (PMN-RJ), que institui o Programa Nacional de Redução de Acidentes de Trânsito (Pronarat).

edinho

Esta é a 23ª relatoria assumida pelo deputado na atual Legislatura. Edinho foi relator, entre outros, da Lei Seca, MP do Código Florestal, Imposto Zero na Cesta Básica, Comissão Nacional da Verdade e nova Lei de Arbitragem.

O programa será implementado de acordo com o Código de Trânsito Brasileiro (CTB, Lei 9.503/97), as diretrizes do Sistema Nacional de Trânsito, da Política Nacional de Trânsito de 2004 e do Plano Nacional de Redução de Acidentes e Segurança Viária para a Década 2011/2020.

De acordo com a proposta, o programa será coordenado por um órgão diretamente ligado ao chefe do poder Executivo, seja federal, estadual ou municipal. Também devem fazer parte do programa as seguintes entidades: departamento de trânsito (Detran); secretaria de segurança pública; secretaria de transporte, guarda municipal; departamento de Polícia Rodoviária Federal; universidades; Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia; Abramet (Associação Brasileira de Medicina de Tráfego); e entidades da sociedade civil de interesse público e organizações não governamentais.

“O objetivo é criar uma política pública de Estado e realizar ações concretas para um trânsito mais seguro. Precisamos de instrumentos práticos para que as leis de trânsito sejam cumpridas”, afirma o relator Edinho Araújo.

O projeto é baseado na experiência da Lei Seca do Rio de Janeiro que, segundo o deputado Dr Carlos Alberto, é aplicada com rigor, com blitz e campanha de conscientização em bares, restaurantes, casas de shows e boates e testes de bafômetro.

Convênio

Para formalizar o programa, deverá haver um convênio entre o órgão escolhido para coordenar a atividade e o Detran. Os recursos para a política pública deverão vir dos Detrans, do Fundo Nacional de Segurança e Educação para o Trânsito (Funset) e do Seguro Obrigatório de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Vias Terrestres (DPVAT).

A política pública prevê blitz e campanha de conscientização em bares, restaurantes, casas de shows e boates, de preferência na madrugada. O órgão de fiscalização deverá levar bafômetro certificado semestralmente pelo Inmetro para examinar os motoristas.

Balanços

O órgão coordenador do Pronarat deverá apresentar balanços periódicos das fiscalizações com dados sobre:
– número de veículos abordados, multados e rebocados nas fiscalizações;
– carteiras nacionais de habilitação (CNH) recolhidas;
– número de recusas aos testes do bafômetro;
– número de condutores que não sofreram infração;
– número de condutores com sanção administrativa;
– número de condutores com sanção criminal; e
– número de ações realizadas anualmente.

Essas informações deverão abastecer o Sistema Nacional de Estatísticas de Trânsito (Sinet).

Tramitação
A proposta tramita em caráter conclusivo na Câmara Federal e será analisada pelas comissões de Viação e Transportes; de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

“Vou me debruçar sobre a matéria, ouvir especialistas e produzir um relatório que contribua para enfrentarmos essa verdade epidemia, que é a violência no trânsito. No ano passado, mas de 40 mil pessoas morreram em acidentes rodoviários”, destacou Edinho Araújo, autor do texto final da Lei Seca em vigor desde dezembro de 2012.

Detran abre inscrições para examinadores de trânsito, inclusive Olímpia

O Detran está com inscrições abertas até o dia 4 de novembro para selecionar 50 examinadores de trânsito que atuarão em Barretos, Bebedouro, Colina, Guaíra, Monte Azul Paulista, Olímpia e Viradouro e seções de trânsito vinculadas.

examinador

O processo seletivo reforçará o quadro de profissionais que aplicam as provas práticas de direção, com o objetivo de melhorar o atendimento aos candidatos à Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

A remuneração mensal pode chegar a R$ 4 mil, dependendo da categoria de CNH a ser examinada. Para concorrer, basta preencher a ficha de inscrição no portal do Detran (www.detran.sp.gov.br) e entregar a documentação (pessoalmente ou pelos Correios) na unidade do Detran de Barretos, que fica localizado na unidade do Poupatempo, na via Conselheiro Antônio Prado, 1400.

O horário de atendimento é de segunda a sexta-feira, das 8 às 17 horas, e aos sábados, das 8 às 12 horas. Informações adicionais sobre os documentos necessários e o edital completo estão disponíveis no portal do Detran.SP, na aba “Serviços para Parceiros”, em “Cadastro de Examinadores”.

Entre os requisitos necessários para ser examinador de trânsito, de acordo com a Resolução 358 do Conselho Nacional de Trânsito, é preciso ter pelo menos 21 anos de idade, ensino médio ou ensino superior, estar habilitado há pelo menos dois anos na categoria a ser examinada, não estar com a CNH suspensa ou cassada e não ter cometido infração de trânsito gravíssima nos últimos 12 meses, entre outros requisitos.

Além disso, é preciso ter concluído o curso de examinador de trânsito, com credencial expedida pelo Detran.SP. A lista de instituições credenciadas está disponível no portal do Detran, no link “Educação”.

Fonte: O Diário de Barretos

Prodem anuncia mudanças de direção no trânsito em algumas ruas

Comunicamos que a partir da próxima segunda-feira (29), as ruas Bartolomeu Ittavo, Andréia Degasperi, Rua B e Rua A do Bairro Santa Ifigênia passarão a ter sentido único de direção nos trechos indicados no mapa abaixo.

MAO1

A medida visa melhorias no fluxo de veículos e mais segurança para os pedestres já que a área possui um grande movimento de pessoas e automóveis entorno do CRAS e da UBS e também pelo fato das ruas serem estreitas dificultando o acesso.

A partir do dia 1º próximo, a primeira quadra da Av. Alberto Oberg que da acesso aos Bairros Harmonia e Viva Olímpia, passará a ter sentido único de direção (Centro/Bairro). O trecho inicia-se na Av. Mario Vieira Marcondes até a Travessa A. As demais ruas continuarão com os sentidos já estabelecidos.

MAO2

A medida visa desafogar o cruzamento da Av. Mario Vieira Marcondes, tornando o trânsito mais seguro.

E, a partir do dia 06/10/2014 será implantado sentido único de direção na Av. Benfati e Av. Seno Jardim Paulista.

MAO3

A medida visa melhorar o trânsito próximo a Subestação, já que a rua é muito estreita, além de beneficiar o bairro que teve um aumento no trafego de veículos com a inauguração de dois novos bairros vizinhos.

Prodem comunica motoristas de quatro novas lombadas em Olímpia

A autarquia Prodem (Progresso e Desenvolvimento Municipal) comunica que acaba de instalar mais quatro lombadas em Olímpia que, segundo o comunicado, “tem o objetivo de trazer melhorias na qualidade do trânsito e segurança dos pedestres”.

lombada1

As lombadas foram instaladas nos seguintes locais: duas lombadas na Avenida Alberto Oberg, que dá acesso ao Recanto Harmonia, Residencial Harmonia e Village Morada Verde e mais duas lombadas em frente a Creche Cidade da Imaculada, no Jardim São Francisco.

lombada2

“Em breve novos locais serão contemplados”, conclui a nota.

Homem é preso com CNH falsa em Guaraci

Um homem de 53 anos foi preso na manhã deste domingo no bairro São Vicente, em Guaraci, por estar dirigindo com carteira de habilitação falsa. O crime é inafiançável, portanto, ficou recolhido à Cadeia de Severínia até que a Justiça tome as devidas providências.

cnh-falsa

Durante operação de controle de vias urbanas, pela rua Natal Pastrez, em Guaraci, foi abordado o veículo GM Corsa, branco, placas HRE-3052, daquela cidade, conduzido por Antonio Donizetti Batista, 53.

Quanto solicitado pelo cabo Bitencourt e soldado Oliveira, o motorista apresentou documentação do carro e a respectiva CNH, além do CRLV do exercício 2013 e CNH com aspecto falso e, além disso, com data de validade vencida.

Os PMs pesquisaram a Prodesp (Processamento de Dados do Estado de São Paulo), através da 2ª Companhia da PM de Olímpia, via telefone, e confirmou-se de que a CNH não tinha registro legal.

Durante a entrevista policial, o motorista confessou que que a CNH era falsa e que tinha comprado de um tal André, pagamento a quantia de R$ 2,5 mil, em Rio Preto.

Diante dos fatos, foi dada voz de prisão para Antonio Donizetti, sendo conduzido ao plantão policial, onde a delegada Débora Cristina Abdala Nóbrega ratificou-a e, por se tratar de crime inafiançável, o motorista ficou detido e posteriormente encarcerado na Cadeia de Severínia.

ASSINE O NOSSO BOLETIM DIÁRIO, VIA E-MAIL – É GRÁTIS E VOCÊ FICA BEM INFORMADOCLIQUE AQUI

Geninho assina convênio para sinalização turística com Itamar Borges

O deputado Itamar Borges, presidente da Comissão de Turismo da Assembleia Legislativa (CAE), acompanhou e apoiou o prefeito Geninho durante assinatura de convênio com o Ministério do Turismo.

trio

O convênio é para a sinalização turística em Olímpia, e tem o valor total de R$ 250 mil. “Outra ótima notícia para Olímpia, que busca ser um polo turístico ainda maior”, afirmou o deputado Itamar Borges.

O deputado Itamar Borges é autor do Projeto de Lei que transforma Olímpia em estância turística, que recebeu o apoio do poder executivo e está aguardando votação na Assembleia Legislativa.

“O turismo é fonte de renda para o município, movimenta o comércio e gera empregos. Felizmente, o prefeito Geninho conhece e aposta no potencial turístico de Olímpia, e trabalha para valorizar os recursos naturais e culturais da cidade”, concluiu o deputado Itamar Borges.

Motoqueiro de Cajobi é preso por porte de CNH falsa

Um jovem de 23 anos foi preso em flagrante no início da tarde deste domingo (6), em Cajobi, por uso de documento falso, no caso a CNH (Carteira Nacional de Habilitação).

A guarnição da Polícia Militar composta pelos soldados André Urias e Márcio Rogério, daquela cidade, realizava operação fiscalizatória de trânsito, quando abordou a motocicleta Honda, CBX 200 Strada, cor vermelha, placa CQS-9051, conduzida por Renan Moreira, morador no centro, em Cajobi.

Na abordagem, foi-lhe solicitados os documentos de porte obrigatório, os quais apresentou, todavia foi constatado, através de exame visual, tátil, e pesquisa de caracteres alfanuméricos, que a CNH apresentada era falsa.

O condutor recebeu voz de prisão pelos PMs, a qual foi ratificada pelo delegado Antonio Alicio Simões, sendo Renan autuado em flagrante por uso de documento falso, posteriormente encarcerado na cadeia de Severínia.

Quer melhorar o trânsito? Participe da sessão técnica na Câmara, terça

O vereador Marco Antonio Parolim de Carvalho, presidente da Comissão Especial de Representação de Trânsito da Câmara Municipal, está convidado a população e segmentos interessados para debaterem acerca do trânsito da cidade.

A sessão técnica será na terça-feira (10), a partir das 19h30, na própria Câmara. O vereador que colher críticas e sugestões para melhorar o sistema viário e de tráfego de Olímpia.

convite

Terceira CNH falsa apreendida pela PM, desta vez em Severínia

Pelo terceiro dia consecutivo, a Polícia Militar da comarca apreende a terceira carteira nacional de habilitação falsa, anteontem e ontem em Cajobi, hoje em Severínia. E mais um ‘falso motorista’ que esquenta a cela da cadeia, porque é crime se valer de documento falso (artigo 304 do Código Penal).

carta3

Desta vez, ocorreu por volta das 10h20 na rua Salomão Galib Tanuri, área central de Severínia. Durante patrulhamento de rotina, a guarnição com os PMs Amarante e Alex abordou e fiscalizou uma moto Honda CG 150, vermelha, placa EWC-0706, daquela cidade. O condutor era João Batista Bitencourt, 22 anos, residente no jardim Nova Cidade.

Mais uma vez, os policiais militares constataram a péssima qualidade visual da CNH, tátil inclusive, e via consulta Prodesp confirmou que era falsa. Por fim, o condutor da moto confessou que comprou o referido pedaço de papel imitando uma CNH, com a sua foto, por R$ 2 mil em Severínia mesmo.

Assim, ele recebeu voz de prisão, sendo ratificada pelo delegado Mário Renato Depieri Micheli (que atendeu os demais casos de CNHs falsas nos dias anteriores), e foi encarcerado na cadeia local.