Delegado quer o depoimento do empresário que ficou tetraplégico em acidente no Thermas

O delegado de Olímpia (SP) responsável pelo caso do empresário Carlos Alberto Magon, de 49 anos (foto), que ficou tetraplégico após cair do brinquedo conhecido como “bolha gigante” do Parque Aquático Thermas dos Laranjais, informou que vai pedir o depoimento dele. Magon, que é de São Bernardo Campo (SP), teve alta hospitalar e irá depor na delegacia da cidade.

empresarioEle ficou internado por mais de um mês no hospital Austa, em Rio Preto (SP). Segundo o hospital, a família não autorizou o hospital a dar informações à imprensa, por isso, não informou o dia exato da alta hospitalar, apenas que o empresário teve alta na semana passada.

Ao G1, nesta segunda-feira (14), o delegado Marcelo Pupo de Paula diz que para concluir o inquérito aguarda o resultado do laudo que será emitido pelo Instituto de Criminalística (IC) e os depoimentos que receberá do empresário, da mulher dele e de um amigo do casal, que estavam no parque no dia do acidente.

Pupo explica que pediu, por meio de carta precatória, para o delegado de São Bernardo do Campo ouvir os envolvidos."Já enviei o e-mail para o delegado de lá ouvir a mulher e o amigo dele, que registrou o boletim de ocorrência. Agora que o empresário teve alta, enviarei o pedido do depoimento dele."

Os peritos do IC estiveram no Thermas há cerca de um mês para avaliar o brinquedo. Eles analisaram, fizeram medições no brinquedo e verificaram a profundidade da piscina e as placas de segurança do local. O laudo apura a segurança do brinquedo e está para ser concluído, de acordo com informações obtidas nesta segunda no IC de Barretos, que atende Olímpia.

Acidente

O acidente ocorreu no dia 21 de julho. O empresário estava no Thermas dos Laranjais com a família e amigos quando foi brincar na atração, que tem uma estrutura inflável que deve ser "escalada" pelos banhistas com auxílio de uma corda. A bolha, com aproximadamente quatro metros de altura, é cercada por uma piscina com um metro de profundidade.

bolha

Segundo a polícia, o empresário escorregou durante a subida e caiu na piscina. Magon foi socorrido e levado pelos funcionários do parque aquático até a Unidade de Pronto Atendimento de Olímpia. Em seguida, foi encaminhado para a Santa Casa local e logo transferido ao Hospital Austa, devido à gravidade dos ferimentos. No hospital foi constatada a tetraplegia.

A direção do Thermas dos Laranjais diz que prestou toda assistência à vítima, que mantém salva vidas no local e que existem avisos sobre riscos no brinquedo, com placas de indicações de uso e que o brinquedo não apresentou ou apresenta qualquer risco, defeito ou vício.

(Via G1)

Conselho do Thermas aprova Moção de Repúdio contra DNPM e advogada da União

Em reunião realizada na noite de ontem, segunda-feira (10), o Conselho Deliberativo do Thermas dos Laranjais aprovou uma moção de repúdio às entrevistas do diretor superintendente do DNPM (Departamento Nacional de Produção Mineral), de São Paulo, engenheiro Roberto Moraes, e da Advogada da União Vanessa Carvalho dos Santos, ao ar no programa ‘Fantástico’, da TV Globo, no último dia 2, questionando o uso da água termal pelo Parque Thermas dos Laranjais.

debora

O texto foi publicado ontem à noite às pressas por um órgão de imprensa de Rio Preto, mas sofreu mudanças na manhã de hoje (11), por isso o Diário de Olímpia.Com e Estância Turística de Olímpia.Com preferiu aguardar a manifestação do presidente do Conselho, advogado Mário Montini, sobre o documento oficial.

A íntegra é a seguinte:

mocao1

mocao1a

Leia mais

Fantástico: Geninho diz ser injusto comparar Olímpia com município que ‘joga água fora’

O prefeito Geninho Zuliani (DEM) contestou esta semana a reportagem exibida pelo programa de entretenimento “Fantástico”, da Rede Globo de Televisão, no domingo (2), na qual compara o Clube Thermas dos Laranjais a outro clube do gênero desativado e que “joga água fora”, conforme destaque da reportagem. O prefeito contestou também a forma como o clube da Estância Turística de Olímpia foi tratado com relação ao uso do poço da Petrobrás, o que faz há mais de 30 anos, com autorização judicial, mas cuja reportagem tratou como “uso ilegal”.

geninho-e-reporter

A reportagem do programa global ensaiou por vários dias sua vinda a Olímpia, mantendo contatos vários por e-mails e telefonemas ao Gabinete, solicitando informações e recebendo-as todas, dentro da maior clareza de detalhes possível. Chegaram a marcar entrevista pessoal com o prefeito para o dia 23 de julho, depois ligaram cancelando, alegando que iriam “estudar melhor” o assunto. Porém, menos de uma semana depois ligaram e confirmaram a vinda para o dia 30, o que de fato aconteceu. Foi mais de uma hora entre diálogos, explicações e a entrevista ao repórter Maurício Ferraz, até com selfie nas redes sociais.

fantastico-thermas01

“Quando a gente observa a matéria da Rede Globo, percebe que Presidente Epitácio e Olímpia são duas realidades que não podiam nem estar na mesma matéria, são duas realidades totalmente diferentes, uma com um lago de 70 graus, um clube falido, com poços lacrados, que não gera nenhum emprego na cidade, não gera um real de imposto. Quando a geóloga do DNPM faz aquela cara de assustada realmente a gente percebe que era para Presidente Epitácio”, contesta o Prefeito Geninho. “Olímpia é outra realidade, por que comparar com Presidente Epitácio? É um desrespeito”, acentua.

fantastico-thermas19f

Geninho prossegue dizendo que “durante uma hora que o Mauricio Ferraz e a equipe da TV Globo ficaram no nosso Gabinete, nós informamos muita coisa que eles não sabiam, mas, a todo instante, davam a entender que achavam que o Thermas era um ‘predador’ que veio em Olímpia e está indo embora”.

fantastico-thermas19e

“Nós explicamos que o Thermas é um clube associativo que, quando foi fundado, todos os olimpienses tiveram a oportunidade de serem sócios comprando cotas. Que são 2.500 sócios patrimoniais, 11 mil sócios contribuintes de Olímpia, mais 20 mil sócios contribuintes do Brasil todo. Que o clube não tem dono, que a cada quatro anos tem eleição para presidente, que o clube não tem finalidade lucrativa, que todo o dinheiro apurado pelo clube é reinvestido para melhorias do parque e geração de empregos”, relatou Geninho.

fantastico-thermas19a

Sobre o salário mínimo pago pelo clube ao município pela cessão do poço, a explicação dada pelo prefeito ao repórter foi a de que existe uma lei, de 30 anos atrás, estipulando o valor. “O poço estava lacrado, o Thermas não existia, foi um valor simbólico para cessão do poço. ‘Mas você cobra um salário mínimo de água?’, ele perguntou. Respondi que não, porque o município não é competente para cobrar a água, já que toda água profunda de produção mineral é o órgão federal (DNPM) que recebe. Isso foi bem explicado, e eles demonstraram que entenderam. Mas, na hora que foi para a TV pegaram só o trecho em que respondi sobre quanto recebíamos”, queixou-se Geninho.

fantastico-thermas19

“Não fizeram um elogio para o parque, não fizeram um elogio para a cidade, em nenhum momento fizeram questão de falar que o Thermas paga R$ 150 mil de ISS (Imposto Sobre Serviços), em nenhum momento falaram que 10, 12 mil pessoas vivem do Turismo na cidade, não falaram que a cidade tem uma outra realidade devido ao turismo, e quiseram colocar na mesma esteira Presidente Epitácio, que é uma realidade diferente”, criticou o prefeito.

fantastico-thermas18

Outro detalhe foi o uso do acidente com o empresário, que não era o foco da reportagem, o que para Geninho serviu para denegrir o Thermas. “Eles estavam focados em falar de irregularidade, eles estavam focados na entrevista que eles tinham gravado com o diretor do DNPM de São Paulo. Por isso entendo ser importante explicar para a população de Olímpia o que aconteceu nos bastidores da entrevista, para que todos tenham conhecimento como foi”, acentuou.

Geninho e carrasco da GloboQuanto à foto publicada em sua página no Facebook posando ao lado do repórter Maurício Ferraz, após terminada a entrevista, o que gerou críticas posteriores a ele, dado o teor da reportagem, Geninho explica: “Eu só coloquei a foto e disse: ‘Hoje o Maurício Ferraz está em Olímpia para gravar sobre os poços da Petrobras’. Eu não ia, naquele momento, antecipar uma matéria que viria no domingo, até porque não tinha noção do tipo de edição que fariam. Mas não achei que o Fantástico foi justo com a cidade, com uma matéria para chamar audiência, uma ‘matéria-âncora’, porque ela foi anunciada na sexta, no sábado, como se fosse o fim do mundo”, protestou.

De acordo ainda com o prefeito, as águas do Thermas estão sendo reaproveitadas, reaquecidas, embora não na sua totalidade. Existe um projeto de até o fim do ano que vem (2016) resolver essa questão do poço, cujo uso está autorizado por liminar da Justiça (há a determinação para desativa-lo até 2020, enquanto isso o clube vai aumentando a vazão do segundo poço perfurado em seu interior, mas que não tem ligação com o da Petrobrás).

fantastico-thermas07

“O Thermas quer crescer, Olímpia quer crescer. Não falaram em nenhum momento da geração de empregos, tanto é que a cidade se mobilizou na rede social, na quinta, na sexta, no sábado, todo mundo falando ‘Sou mais Thermas, sou mais Olímpia’, porque hoje o Thermas, para muita gente, representa muito. A gente sabe que uma ampla fatia da população de Olímpia, entre 70%, 80%, é a favor de que a cidade cresça, é a favor de que a cidade se desenvolva, da geração de empregos, de novos parques, novos hotéis, novos restaurantes. Enfim, a favor de uma cidade na qual possamos dar futuro aos nossos filhos”, relatou o Prefeito Geninho Zuliani.

fantastico-thermas00

“Mas, ao final chegamos à conclusão de que como é uma sentença judicial, nós não corremos risco de que aconteça nada de ruim com o clube, até porque o poço está em fase de regularização, uma sentença judicial garante que funcione. E, por outro lado, quem não conhecia o Thermas passou a conhecer. E aos novos investidores, aqueles que vêm de fora, que colocam dinheiro na cidade para construir hotel, resorts, garanto que temos total segurança jurídica, que nada vai acontecer”, enfatizou.

fantastico-thermas12

Ao final, conclui o prefeito que a reportagem foi totalmente previsível. “O que eles falaram era o que já conhecíamos, o que nós tínhamos de documentação. Então não nos surpreendeu. Portanto, o balanço final que eu faço é de que acabou sendo uma matéria positiva. E ainda nem disseram que o Thermas já pagou mais de R$ 70 milhões em impostos para os governos Estadual e Federal, conforme lhes informei.”

Não, o Thermas dos Laranjais não irá fechar. E isso é fantástico…

Por Leonardo Concon — Nos últimos dias, os habitantes da Estância Turística de Olímpia se comoveram, e se uniram nas redes sociais, contra a manipulação de informações contraditórias, inverdades e erros grosseiros, levada ao ar na noite deste domingo (2) pelo Fantástico: uma pseudo denúncia de que o Thermas dos Laranjais estaria utilizando águas profundas, termais, de forma irregular, ilegal, e correndo o risco de fechar, a exemplo de vários clubes, cujos poços, conforme demonstrou a reportagem, estão abandonados, vazando 100 mil litros de água termal por hora. Uma denúncia sem sentido, já decidida pela Justiça em favor do Thermas e da Estância de Olímpia.

fantastico

Por causa da reportagem feita às avessas, como se em Olímpia estivesse sendo cometido um crime, ou mesmo um ‘roubo’, como chegou a falar, irresponsavelmente, o diretor do DNPM (Departamento Nacional de Produção Mineral), de São Paulo, Ricardo Moraes, sucessor de Enzo Nico Jr., que lacrou e depois deslacrou e até lutou por Olímpia na Justiça, em 2009, as agências de turismo de Olímpia – algumas entraram em contato com o Diário na manhã de hoje (3) – estão recebendo inúmeros telefonemas de turistas questionando se o Thermas irá fechar.

Não, o Thermas dos Laranjais não irá fechar. E isso é fantástico, e sabe a razão? Porque o Thermas está amparado na Justiça Federal que reconheceu no clube o seu caráter social, econômico, vital para uma cidade e região, ao contrário da ação irresponsável do DNPM que, por ele, fecharia e pronto. Ou paga os R$ 17 milhões devidos por bilhões de litros de água utilizados, ou fecha. Fácil para eles, um departamento que possui apenas 14 técnicos para todo o Estado e que é vinculado à uma teia de interesses políticos.

O repórter misturou alhos com bugalhos, confundiu filtros com poços profundos. Mostrou um clube e uma cidade em pleno progresso, enquanto cidades, onde os poços foram fechados, entregues às moscas, vazando milhares de litros de águas termais, medicinais, por hora. E a cara de espanto da geóloga do DNPM é de dar risada quando o repórter mostrou o estado dos poços arrebentados, vazando o ‘precioso líquido’ sem que ninguém o utilize para o progresso, para gerar empregos, divisas, benefícios sociais.

A TEIA DE INTERESSES QUE ENVOLVE O DNPM

“O Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM) é um órgão ligado ao Ministério das Minas e Energia (MME). Cabe a ele autorizar lavras, e fiscalizar as atividades mineradoras. Após ter ficado anos nas mãos do PT, quem tem controlado o órgão, desde o fim do governo Lula, é o PMDB, que detém as indicações da maior parte das superintendências do DNPM. Com algumas concessões para outros partidos da base governista, como o PP, o PSB e o próprio PT”, segundo reportagem do site apublica.org.

E o site revela: “A seguir publicamos um quadro com os políticos e partidos que indicaram os dois principais diretores do DNPM e a maior parte dos 25 superintendentes, inclusive este de São Paulo. Note-se que muitos atuam em comissões importantes do Congresso, como a Comissão de Minas e Energia, permanente na Câmara, e a Comissão Especial de Mineração, específica para discutir a reforma do Código:

imagem10

IMAGEM2

“À indicação política dos cargos de direção e superintendências do DNPM soma-se o fato de que muitas autorizações são suspeitas. No Maranhão, os servidores do DNPM protocolaram em novembro do ano passado uma denúncia contra o diretor de Gestão de Títulos Minerários, Jomar da Silva Feitosa. Contra o responsável, portanto, pela administração da concessão de títulos. Segundo os servidores e empresários mineradores, ele estaria cobrando propina para liberar processos pendentes.

“O esquema funcionaria desde 2009. Alguns denunciantes estariam sem poder trabalhar por se recusarem a pagar até R$ 250 mil para receberem as licenças. Os servidores apresentaram documentos que comprovariam a história. Multas ligadas a políticos maranhenses, dizem os funcionários, foram pagas pelo próprio diretor, com desconto direto do valor do boleto em sua conta bancária”, revela o site apublica.org.

Daí, se conclui: O DNPM está interessado no ‘case Olímpia’? Não. Está tratando o caso como se fosse hoje o primeiro dia de lavra do poço Petrobrás que, sim, será fechado até 2020, segundo atesta o advogado do Thermas, Caia Piton. Não leva em consideração décadas de trabalho de pessoas honestas e idealistas, como Benito Benatti, e a transformação de uma cidade antes ‘dormitório’ do agronegócio, em Estância Turística. Felizmente, tem juiz federal que se preocupa, e para isso existem juízes, e não carrascos, que deram um fôlego para Olímpia continuar avante, e sempre.

Não, o Thermas não fechará as suas portas. E nem Olímpia deixará de ser Estância.

Quem viver, verá.

QUER MORRER DE RIR? VEJA A REPORTAGEM DO ‘FANTÁSTICO’:

Sem denúncias reais, Fantástico pega carona em assunto já esgotado pela Justiça

Logo mais no decadente “show da vida” da TV Globo, uma matéria está entre as chamadas de “denúncia” do programa que já foi líder de audiência do público brasileiro: o Thermas dos Laranjais, de Olímpia, estaria se utilizando irregularmente de águas termais?

Tema já batido, velho, decidido na Justiça, sem nenhum viés de novidade ou algo que, ao contrário do que a cidade teme, o Thermas está absolutamente dentro da lei, o erro do passado, cometido pelo órgão estadual DAEE (Departamento de Água a Energia Elétrica), autorizando uma lavra Federal, hoje está sendo corrigido.

Todos os olimpienses sentiram na pele o fechamento dos poços por cerca de vinte dias em setembro de 2009 pelo então todo-poderoso diretor do DNPM (Departamento Nacional de Proteção Mineral), Enzo Nico Junior.

Todos os olimpienses também assistiram, e aplaudiram, o desempenho do advogado do Thermas, Caia Piton (foto acima), que conseguiu reunir elementos técnicos, jurídicos, e até mesmo sociais, para convencer o DNPM a deslacrar os poços e, melhor ainda, o próprio Enzo, até então implacável em sua “autoridade”, convenceu o juiz de segunda instância a devolver à Olímpia os preciosos poços de águas quentes.

Por sua vez, o prefeito Geninho Zuliani (DEM), moveu todas as peças de seu xadrez político, Estado e União, em defesa também de sua cidade que começava a definhar sem a economia do Turismo.

Em dezembro daquele mesmo 2009, em uma reunião em Barretos, onde as autoridades de lá questionavam a, lacração também de seus poços, citando Olímpia – se lá pode, por que aqui não pode? – Enzo foi enfático:

“O caso é bem diferente, meus senhores: Não podemos matar uma cidade, que vive do turismo, que se desenvolveu à volta do clube, simplesmente sem olharmos para o lado social. A Carta Magna instituiu a lei com vistas para o social. No caso de Olímpia, a Justiça Federal também teve o mesmo entendimento. A cidade teve prejuízos enormes enquanto os poços estavam lacrados. Não temos o direito de matar uma cidade. Agora, vocês, de Barretos, não vão morrer por causa de um clube que existe há dois anos”, disse Enzo (foto)

Por diversas vezes, Olímpia foi citada pelos presentes, como forma de provocação ao diretor do DNPM, mas ele se manteve na mesma linha de raciocínio, e legalidade: “Hoje, está tudo em ordem com o Clube Thermas dos Laranjais. Eles vem cumprindo o que manda a legislação, dentro dos prazos e exigências, e não vamos, repito, matar uma economia, uma cidade, simplesmente porque o DAEE errou ao dar a outorga de exploração, quando é a União que deveria fazê-lo. Agora, no caso de Olímpia, é regularizar os poços e pronto”.

Nos últimos cinco anos, o presidente do clube Benito Benatti, o advogado Caia Piton, e todos os demais envolvidos, não tem medido esforços para regularizar a situação criada no passado.

E neste domingo (2), o “Fantástico” desenterra a pendenga jurídica da Justiça Federal contra o clube Thermas dos Laranjais, de OlímPia, que pede a indenização de R$ 13,3 milhões do clube por utilizar água termal ilegalmente.

No entanto, sentença judicial exarada pela 3ª Vara da Justiça Federal de São José do Rio Preto, no dia 18 de maio, foi considerada uma vitória para o Thermas dos Laranjais no processo em que a União queria cobrar R$ 13 milhões pelo uso do “Poço Petrobras” e também pretendia a obrigatoriedade do seu fechamento.

Em matéria exclusiva publicada pelos portais Diário de Olímpia a Estância Turística, no dia 25 de maio, Caia Piton voltou a esclarecer esta “vitória”:

Segundo o assessor jurídico do Thermas dos Laranjais, advogado Caia Piton essa decisão é uma confirmação da outrora já emitida em liminar, em 2014, em que deixa patente a boa fé do clube em resolver a situação do uso do poço.

Em primeiro lugar, a Justiça considerou que o Thermas dos Laranjais não usurpou de bem da União e decidiu tão somente estabelecer ao clube o pagamento de CFEM (Compensação Financeira dos Bens Minerais) dos últimos cinco anos a contar do ajuizamento da ação.

Segundo Caia Piton, em momento nenhum o clube questionou a validade dessa decisão e desde o ano passado já depositou R$ 296,6 mil – 50% de aproximadamente R$ 596,6 mil do valor consolidado da CFEM em 30 de maio de 2015 – em cumprimento da liminar.

“A decisão colocou um fim a pretensão da União em receber mais de R$ 13 milhões, pois é a prova de que o clube sempre agiu de boa fé”, afirma Piton. Com relação à utilização do “Poço Petrobras” por mais cinco anos, a decisão já era esperada pelo clube.

E agora, pegando carona em uma denúncia completamente vazia, chega o decadente Fantástico. Quem assistir, verá se, de fato se trata de uma “denuncia”, ou mais uma ação fracassada de recuperar um ibope, ou uma credibilidade, no chão.

QUER LER A ÍNTEGRA DA SENTENÇA? CLIQUE AQUI

Jovem paulistano passa o Réveillon em Olímpia e revela o Thermas em vídeos incríveis

Esses são vídeos muito compartilhados do YouTube e que mostram muitas atrações do Thermas dos Laranjais de Olímpia.

slider thermas

O autor, Igor Saringer, tem um canal intitulado ‘A vida que levo’, e no Réveillon do ano passado veio à Olímpia e se encantou com o Thermas, gravando as suas aventuras no Thermas ao lado de seus amigos. Ele t em mais de 242 mil seguidores. Os vídeos do Thermas, juntos, ultrapassam as 400 mil visualizações.

Igor tem 18 anos, mora em São Paulo e cursa publicidade e propaganda. Adora postar foto, gosta de viajar, baixar joguinhos, fazer vídeos e alegrar as pessoas. De forma alegre e descontraída, ele mostra muitas atrações que experimentou. E adorou.

Ele, e os fãs, concordam em um quesito: esses vídeos são mais legais do que os oficiais do clube. É mesmo? Tire as suas conclusões.

Quer saber mais desse jovem que tem um blog bem atualizado e cheio de fãs? Clique AQUI

OS VÍDEOS DE IGOR NO THERMAS

GOSTOU DA FILMAGEM? VEJA COMO ELE GRAVOU NA ÁGUA

Thermas dos Laranjais mantém tarifa de baixa temporada em Julho

O Parque aquático Thermas dos Laranjais irá manter no mês de julho o valor dos ingressos de baixa temporada. Mesmo em meio a férias e alta temporada turistas e visitantes poderão usufruir de suas férias de Julho com muito mais prazer.

_DSC0665

As atrações são inúmeras dentro do parque, categoria infantil, radical, família e terceira idade, além de locais para descanso: tobogã, piscina de água salgada, piscinas de ondas, rio de corredeiras, piscina de surf, rio selvagem, piscina de ressurgência, mini-zoológico e fazendinha, parque aquático infantil e lago do pedalinho, além de mais de uma dezena de outras opções. Vale a pena conferir.

_DSC0677

As novidades não param, em breve será inaugurada a única pista de surf no formato de meia lua do mundo, com promessas de diversão e muito radicalismo.

Asa-delta

O Thermas dos Laranjais é o quarto parque mais visitado do mundo, segundo organizações internacionais que mensuram esse tipo de estatística.

surf---site

Informações:

WWW.termas.com.br

Tel. (17) 3279-3500

image001

14ª Semana de Prevenção de Acidentes é concluída pelo Thermas dos Laranjais

O Parque Aquático Thermas dos Laranjais concluiu ontem, sexta-feira (19) a 14ª Semana de Prevenção de Acidentes do Trabalho (SIPAT), em que profissionais da Saúde palestraram sobre assuntos relacionados à qualidade de vida e saúde do trabalhador.

gisnática-laboral

“A presença do plano de saúde Unimed foi muito importante para tratar de assuntos relacionados à voz e clareza da comunicação que os colaboradores precisam exercitar para atender os associados e turistas que freqüentam o Parque Aquático. Além disso, alertou todos os presentes acerca da importância da prevenção das DST’s que acomete tantos brasileiros”, disse Donizetti Santos, da área de Marketing do Thermas, ao Diário.

Gabriela-Nutricionista-(2)

A Secretaria da Saúde apresentou os benefícios que uma boa higiene bucal pode trazer em melhorias para o bem estar dos colaboradores e pessoas que convive com eles, uma vez que hábitos saudáveis como a escovação diária e a visita periódica ao dentista mantém a qualidade dos sorrisos de todos.

Fabiana--Dentista-secretaria-da-saúde

O encerramento da SIPAT contou com palestra do cardiologista Euder Quintino de Oliveira, com o tema “Aspectos psicossociais na prevenção cardiovascular” muito comentado em sua participação no Congresso Cardiológico.

euder

“O Thermas dos Laranjais mostra-se muito antenado aos assuntos atuais e busca sempre qualificar e manter todos os seus colaboradores atualizados para um bom atendimento e qualidade de serviço”, disse Donizetti.

enfermeiras-unimed

Participaram da Sipat do Thermas a nutricionista Gabriela Borges Baraldi, fonoaudióloga Clarissa Rossi S.P Sanitá (Unimed), a dentista Fabiana Cristina Fernandes, as enfermeiras da Unimed Marília Nogueira Angelo, Mariana Neves de Araújo Lopes e Jaciany Ramos da Silva e o cardiologista Euder Quintino de Oliveira.

Fabiana---Dentista-secrataria-da-saúde

Trabalhadores do Thermas recebem treinamento de Segurança, Saúde e Qualidade de Vida

Iniciou ontem, segunda-feira (15), e vai até sexta-feira (19), Semana Interna de Prevenção de Acidentes do Trabalho (SIPAT), do Parque Aquático Thermas dos Laranjais, que se realiza em seu no Centro de Convenções.

DSC04002

O tema deste ano está relacionado à Saúde, Segurança e qualidade de vida no trabalho, onde vários profissionais da área de saúde esclarecem os colaboradores do parque.

A semana iniciou com a palestra da nutricionista da Secretaria da Saúde Gabriela Baraldi, onde discorreu sobre a importância de uma alimentação saudável e adequada para a vida do trabalhador.

DSC03982

Nesta terça (16), um profissional fonoaudiólogo da Unimed discorrerá sobre o tema “Dicção: como falar de maneira clara com o turista”.

Em todos os dias, a SIPAT é iniciada com “Ginástica Laboral” com a participação de um profissional sob a responsabilidade do coordenador de esportes William Abrão Ferreira.

DSC04001

Todos os ‘cipeiros’ mostram-se muito dispostos a tirar dúvidas dos demais colaboradores referente a segurança no ambiente de trabalho, além de buscar melhorias para todos.

DSC03985

O presidente da CIPA deste ano, Itamar Perpétuo Ribeiro, afirma que “está muito empolgado e orgulhoso da participação de vários setores, pois entende que os colaboradores precisam se conscientizar da importância da prevenção e qualidade de vida no ambiente de trabalho”.

Ribeiro conclui que “o Thermas dos Laranjais já vê como um sucesso esta SIPAT, onde a grande maioria mostra-se muito envolvida e entusiasmada”.

Thermas dos Laranjais destaca Olímpia mundialmente e eleva sucesso de investimentos no Tuti Resort

A cidade de Olímpia desponta mais uma vez como destaque mundial no cenário turístico de entretenimento, atraindo assim novos investidores e empreendimentos e tornando a Estância Turística uma exceção à crise que afeta todos os setores da economia. Fotos Edinaldo Luppi

Thermas-dos-Laranjais

De acordo com o ranking 2014 divulgado pela Themed Entertainment Association (TEAConnect), o parque Thermas dos Laranjais saltou de quinto para o quarto lugar como o parque aquático mais visitado do mundo.

Tuti-Resort-Olímpia

Com esse resultado, o parque de Olímpia desbanca o Ocean World, da Coreia do Sul, ficando atrás apenas do Chimelong Waterpark, de Guangzhou, China (2,25 milhões de visitantes) e dois parques aquáticos da Disney, em Orlando, Flórida: Typhoon Lagoon (2,1 milhões) e Blizzard Beach (2 milhões).

E é neste embalo crescente que a Estância Turística de Olímpia vem atraindo empreendedores de todo o Brasil como, por exemplo, o cantor sertanejo João Bosco, da dupla “João Bosco e Vinícius”, que escolheu o Tuti Resort, o hotel mais visitado do País, para investir com a sua 15º operação da Mexicoletas, a marca de paletas artesanais assinadas pelo artista e em expansão em todo País.

“Olímpia é um oásis para quem deseja investir, já que possui uma visitação turística crescente e constante, além de ter anexo ao parque Thermas dos Laranjais o Tuti Resort, o hotel mais visitado do País, com excelentes oportunidades de hospedagem e entretenimento, além de retorno comercial garantido”, explica João Bosco.

Tuti-Resort

Confira detalhes do ranking 2014 divulgado pela Themed Entertainment Association (TEAConnect):

Dos parques aquáticos brasileiros, o Hot Park Rio Quente, em Caldas Novas (GO), aparece na 9ª posição, com 1,28 milhão de turistas, e o Beach Park, em Aquiraz (CE), com 949 mil visitas, em 19º.

Thermas-dos-Laranjais2

A associação sem fins lucrativos é especializada em analisar e ranquear os maiores empreendimentos turísticos mundiais, avaliou que no ano passado, o clube de Olímpia recebeu 1,93 milhão de turistas, 289 mil a mais do que em 2013, quando ficou na quinta colocação mundial. Uma média de 5,3 mil visitantes/dia no ano passado com o maior crescimento de público entre 2013 e 2014 (17,5%).

Thermas dos Laranjais é a quarta maior visitação mundial de parques, revela Theme Index

Por HapFun — O Thermas dos Laranjais merece mais uma vez destaque pela sua grande quantidade de visitações no ano passado. Todos anos é divulgado um relatório anual de visitações, chamado de Theme Index – clique aqui para conferir, e o Thermas dos Laranjais é o quarto parque aquático mais visitado do mundo. A frente de famosos parques da Disney em Orlando como o Typhoon Lagon e o Blizzard Beach. Além de superar alguns grandes parques aquáticos da China, Coreia e da Europa, que recebem milhões de visitantes todos anos.

O Thermas somente em 2014, recebeu exatamente 1.939.000 milhões de visitantes. O que também dá ao parque o primeiro lugar como o parque aquático mais visitado da América Latina! Em relação a 2013, a taxa de crescimento foi de 17%.

slider-thermas

O ano de 2014 foi marcado por um crescimento mundial de 4% na visitação dos parques ao redor do globo, um resultado positivo e saudável para a indústria, além do mais, o mundo está saindo da crise e é uma situação que ajudou esse crescimento positivo.

A Europa contribuiu com 3% de crescimento, os Estados Unidos continuou com a sua taxa estável, pouco acima dos 2%. Já a Ásia, principalmente impulsionada pela China, contribuiu com uma taxa de 5% no ano de 2014, se destacando entre todas as regiões mundialmente.

Os números acima são referentes aos parques temáticos e diversões. Já quando vamos falar sobre os parques aquáticos, adivinhem qual país está na liderança? Sim o Brasil! Principalmente com o Thermas dos Laranjais que citaremos adiante. Todo setor de parques aquáticos, teve um crescimento de 3%. Já os Estados Unidos e Europa tiveram uma participação fraca, sem crescimentos, a Ásia nesse gênero obteve 1% de melhoria.

Mundialmente falando o foco em investimentos continua sendo na Ásia, puxada pela China, onde nos próximos 10 anos veremos mais 50 parques temáticos serem inaugurados por lá. Mas não deixa que outras regiões do mundo se desenvolvam como foi citado acima.

Top 20 dos parques aquáticos mais visitados do mundo:

É nesse ranking que nós, olimpienses, nos destacamos e muito.

Em primeiro lugar, está imbatível Chimelong Waterpark – China, com 2.259.000 milhões de visitantes no ano passado, com um crescimento de 4%. Em segundo lugar temos o Typhoon Lagoon em Orlando e pertencente a Disney, com 2.185.000 milhões de visitantes, em terceiro, Blizzard Beach também pertencente a Disney em Orlando nos Estados Unidos, com 2.007.000 milhões de visitantes.

thermas-quarto

E em 4° lugar, o parque brasileiro Thermas dos Laranjais, de Olímpia, onde novamente é destaque, em relação ao ano passado obteve um crescimento de 17% em sua visitação, com um total de 1.939.000 milhões de visitantes em 2014. Na frente de parques famosos como o Aquatica de Orlando e o Caribean Bay da Coreia.

Outro parque brasileiro que se destaca na lista, está o Hot Park, localizado em Caldas Novas, com 1.228.000 milhões de visitas o ano passado, na nona posição. Achou que acabou? Não, mais um parque Brasileiro marca presença nessa lista mundial! É o Beach Park localizado no estado de Fortaleza, com 949.000  visitas em 2014, na posição 19°.

Top 10 parques aquáticos mais visitados na América Latina:

Já nos parques aquáticos mais visitados da América Latina, o Brasil domina. São 5 parques no ranking, começando com o Thermas dos Laranjais com 1.939.000 milhões, em segundo lugar o Hot Park com 1.288.000 milhões, em quarto o Beach Park com 949.000 visitantes e em sexto lugar o Wet’n Wild São Paulo, vale destacar que foi o parque aquático que mais cresceu na América Latina, com 496.000 visitantes, quase batendo os 500.000 apenas no ano passado.

top-dez]

É uma marca e tanto para o Thermas que novamente pelo segundo ano consecutivo, está crescendo na lista de visitação mundial e ainda assim se mantém no primeiro lugar do continente latino americano.

Tendências para o futuro:

Os parques temáticos e aquáticos estão muito bem consolidados em várias regiões, como Estados Unidos, Europa, Canadá, Japão, Coreia do Sul e Austrália. Existe ainda espaço para crescer nesses locais mas já estão em uma situação de maturação, onde o crescimento ocorre mas um pouco vagarosamente. Já na América Latina e principalmente na Ásia, China especificamente, existe muito espaço par acrescer e o boom está ocorrendo na China já alguns anos e a tendência é de continuar durante muitos anos.

Além dos parques temáticos, de diversões e aquáticos, outro gênero que começaremos a visualizar muito nos próximos anos são as FECs, os centros de entretenimento familiar. São as famosas lojas de shoppings voltadas a diversão, como as Playlands, Magic Games, Hot Zone, entre outras. Aqui no Brasil o mercado de parques é representado 51%  pelas FECs e a tendência de crescimento para os próximos anos, tanto internamente, quanto internacionalmente, é bem promissora.

QUER LER O RELATÓRIO TODO?

Thermas dos Laranjais inicia maratona de treinamento e desenvolvimento com os seus colaboradores

O Parque Aquático Thermas dos Laranjais, de Olímpia, mantém uma série de treinamentos com o propósito de capacitar e desenvolver seus colaboradores. Anualmente, todos os colaboradores realizam treinamentos em suas áreas de atuação como uma maneira de manterem-se atualizados e sempre antenados às novas exigências do mercado, sendo em tecnologia, inovação e até mesmo em postura e atendimento profissional.

DSC03870

O programa de treinamentos deste ano envolve todos os setores e colaboradores, sendo que a busca pela excelência e qualidade é incansável para o Thermas dos Laranjais. Por isso, o setor financeiro esteve em um treinamento de Fluxo de Caixa; já a área de Tecnologia da Informação anda muito empenhado e antenado no que aprendeu sobre Anel Óptico e Monitoramento. Manutenção e instalação de ar condicionado, além da Operação e Manutenção de Bombas Centrífugas foram relevantes para o trabalho do setor de Manutenção.

A preocupação em manterem-se atualizados e capacitados reflete-se em todos os setores Thermas dos Laranjais, prevalecendo a cultura organizacional que preza e valoriza os profissionais que se destacam. Dessa forma, os setores de Recursos Humanos e Contabilidade estiveram em treinamento acerca do SPED Social.

Um dos treinamentos de destaque que o Thermas fomentou aos seus colaboradores está a “NR 10 – Segurança em Instalações e Serviços em Eletricidade” , através do palestrante e engenheiro Marco Antonio Ribeiro Siqueira, elucidando técnicas de segurança relacionada à parte elétrica em casas de máquinas, motores e instalações elétricas do Parque.

Outro treinamento foi o ministrado pelo cardiologista Euder Quintino de Oliveira que abordou o tema Primeiros Socorros com os atendentes nas diversas atrações do Parque Aquático.

DSC03452

Atentos às explicações de Euder, todos os colaboradores participantes puderam tirar suas dúvidas quanto a possíveis necessidades de ajuda imediata a qualquer pessoa que precise de cuidados, sendo por uma simples ‘queda de pressão’, até uma parada cardíaca. Este treinamento ainda contou com a presença e participação de Mariana, médica e filha do palestrante.

DSC03443

Além disso, todos os Guarda-Vidas estão recebendo treinamento e formação de Bombeiro Civil ministrado pela Academia Bravo’s.

E pensando no bem estar e qualidade de vida dos colaboradores do Parque Aquático, vários setores envolvidos com a Inovação e desenvolvimento de atrações puderam participar de um treinamento voltado para Movimentação e Manuseio de Cargas, com o palestrante e engenheiro Durval Alves Silveira Sobrinho, onde puderam aprender sobre a maneira correta de manusear o peso e equilibrá-lo com segurança.

DSC03809

A colaboradora Patrícia Storti Castro de Abreu, responsável pela área de Treinamento e Desenvolvimento, através de um treinamento que participou no Disney Institute em Orlando (EUA), ministrou treinamento para todos os colaboradores que trabalham diretamente com os associados e visitantes, além dos parceiros e proprietários de bares e restaurantes.

Ainda este ano, a área de Treinamento e Desenvolvimento do Parque Aquático planeja desenvolver todos os colaboradores em um Programa de Competências e treinamentos voltados para postura, atendimento e relacionamento com associados e visitantes, além de disseminar e fortalecer a Cultura do Parque Aquático com a ideologia do maior empreendedor da cidade de Olímpia, Benito Benatti, já que, como ele mesmo afirma, “precisamos ter a certeza de que tudo pode ser melhorado”, e é com esse pensamento que o Parque Aquático busca sempre inovação e crescimento para nossos associados e visitantes através de atrações e serviços de qualidade.

Justiça Federal livra o Thermas dos Laranjais de ônus de R$ 13 mi e de fechamento de poço

EXCLUSIVO – A sentença judicial exarada pela 3ª Vara da Justiça Federal de São José do Rio Preto, no último dia 18, é considerada uma vitória para o Thermas dos Laranjais no processo em que a União queria cobrar R$ 13 milhões pelo uso do “Poço Petrobras” e também pretendia a obrigatoriedade do seu fechamento.


Segundo o assessor jurídico do Thermas dos Laranjais, advogado Caia Piton (foto acima) essa decisão é uma confirmação da outrora já emitida em liminar, em 2014, em que deixa patente a boa fé do clube em resolver a situação do uso do poço.

Em primeiro lugar, a Justiça considerou que o Thermas dos Laranjais não usurpou de bem da União e decidiu tão somente estabelecer ao clube o pagamento de CFEM (Compensação Financeira dos Bens Minerais) dos últimos cinco anos a contar do ajuizamento da ação.

Segundo Caia Piton, em momento nenhum o clube questionou a validade dessa decisão e desde o ano passado já depositou R$ 296,6 mil – 50% de aproximadamente R$ 596,6 mil do valor consolidado da CFEM em 30 de maio de 2015 – em cumprimento da liminar.

“A decisão colocou um fim a pretensão da União em receber mais de R$ 13 milhões, pois é a prova de que o clube sempre agiu de boa fé”, afirma Piton. Com relação à utilização do “Poço Petrobras” por mais cinco anos, a decisão já era esperada pelo clube.

“A questão do poço Petrobras envolve uma situação mais ampla”, esclarece o assessor, e acrescenta: “A Agência Nacional de Petróleo requereu ao DNPM que lacrasse todos os poços perfurados para fins de prospecção de petróleo. Alguns, como o de Paraguaçu Paulista, o de Três Lagoas e outros, já estão fechados. No nosso caso, fomos autorizados a usar por mais cinco anos o poço e na própria decisão houve a compensação da extração em números para a fonte Margarida Benatti”, afirma o assessor jurídico. Ou seja, o que diminuir no Petrobras aumentará no poço Interno, mantendo, assim, a mesma quantidade de água atual”.

“Agradecemos a toda comunidade pelo voto de confiança depositada no Thermas dos Laranjais neste processo, em especial ao prefeito Geninho Zuliani, a secretária da Saúde, Sílvia Forti Storti, e ao Daemo Ambiental pelo apoio e empenho a favor do nosso clube e ao turismo olimpiense”, conclui Piton.

A ÍNTEGRA DA SENTENÇA

  

  

      

   

Thermas dos Laranjais é destaque na TV Tem como opção de fim de férias

Mais uma vez, o Parque Aquático Thermas dos Laranjais, de Olímpia, foi destaque na primeira edição do Tem Notícias, programa de jornalismo da TV Tem, afiliada da Rede Globo, ao meio-dia desta terça-feira (27).

tela2

A repórter Priscila Motta mostrou o clube, as suas opções, entrevistou turistas que aprovaram as diversas opções do complexo, e também o gerente de marketing Flávio Bachega.

tela4

tela5

Clique no link abaixo e confira a reportagem em sua íntegra:

http://g1.globo.com/sao-paulo/sao-jose-do-rio-preto-aracatuba/tem-noticias-1edicao/videos/t/edicoes/v/estudantes-aproveitam-ferias-para-colocar-estudos-em-dia-e-reforcar-conhecimentos/3921658/

Valor Econômico destaca Thermas dos Laranjais e o crescente turismo de Olímpia

O Thermas dos Laranjais e o crescimento turístico de Olímpia é destaque em manchete do jornal Valor Econômico, um dos principais do País no segmento financeiro, intitulada “Parques de diversão computam avanço de 5% no público”. Confira a reportagem completa abaixo:

O setor de parques de diversões deverá fechar 2014 com desempenho ligeiramente acima do apresentado no ano passado, quando o faturamento foi de R$ 1,15 bilhão. Atualmente, são 318 empreendimentos no país entre parques aquáticos, temáticos, itinerantes e os parques ‘indoor’ nos shopping centers, categoria chamada Family Entertainment Center (FEC). Nos últimos anos, os números foram relativamente estáveis.

“Os grandes parques temáticos e abertos não avançam tanto pelo alto custo de importação das atrações. A expansão ocorre mais nos parques ‘indoor’, que importam equipamentos menores e ainda contam com alguns fabricantes no Brasil”, diz Francisco Donatiello Neto, presidente da Associação das Empresas de Parques de Diversões do Brasil (Adibra). Segundo ele, as compras de equipamentos no exterior são feitas no contexto de bens de consumo, com alíquotas de imposto de importação muito elevadas.

Therma-dos-Laranjais--2

Outro entrave é que as linhas de crédito são escassas. “Esses aparelhos não são considerados bens de capital. Uma montanha-russa não é encarada como um equipamento gerador de empregos”, destaca. Conforme Donatiello, a entidade trabalha na sensibilização do governo federal para que altere essa condição até mesmo porque não há uma indústria nacional a ser protegida. O país não conta com um segmento consolidado de fabricantes de brinquedos e atrações para parques, especialmente os dotados de alta tecnologia.

O fluxo de visitantes nos parques brasileiros tem avançado em torno de 5% ao ano. É pouco, porém significativo, por não ter ocorrido aumento na oferta. “O Playcenter, megaparque de São Paulo, encerrou as atividades em 2012. Foram muitas inaugurações, principalmente de parques indoor, para suprir esse fechamento. Também houve intenso trabalho do setor como um todo para aumentar a atratividade”, diz. O Playcenter chegou a receber, em média, 12 mil pessoas por dia.

A Abibra atua na profissionalização. Os números apresentados pela entidade refletem todos os parques brasileiros que fazem parte da associação, de sindicatos e cumprem normas técnicas. “Uma das nossas brigas é que mais parques entrem em uma linha mais profissional e segura”, diz Donatiello. De acordo com ele, a informalidade vigora e deve ser combatida.

Em 2011, a Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), em parceria com a Adibra, lançou um conjunto de regras para os parques de diversões. A NBR 15.926, que traz muito da experiência dos parques mais consagrados do mundo, aborda requisitos de segurança dos projetos e instalações, como devem ser feitas as inspeções e manutenções, os cuidados nas operações e tem um capítulo específico para o adequado funcionamento dos parques aquáticos. Porém, como não se trata de lei, nem sempre o poder público, mais especificamente as prefeituras, exigem a sua utilização. Conforme ele, há necessidade de padronização, assim como de pessoas habilitadas para verificar o cumprimento das normas. Há muitas prefeituras que conduzem procedimentos próprios e diferentes.

“Defendemos que as normas sejam praticadas em todos os municípios. Como é difícil sensibilizar cada prefeitura, tentamos negociar com o governo federal”, afirma o presidente da Adibra. O município de São Paulo tem uma lei em vigor há mais de dois anos sobre o tema, considerando a NBR 15.926. Com intensificação da profissionalização, disseminação das normas técnicas nos municípios e estímulos tributários, o setor teria como decolar, aproveitando mais o movimento de ascensão social e a busca por entretenimento.

Fundado no início da década de 90, o Beto Carrero World, no balneário de Penha, no Estado de Santa Catarina, é o maior parque temático da América Latina e o quinto do mundo. Recentemente, tem apresentado resultados surpreendentes. No ano passado teve 1,7 milhão de visitantes e a expectativa para este ano é ultrapassar 2 milhões de pessoas. Na última década, o faturamento teve uma expansão média de 17% ao ano. Porém, em 2013, o crescimento foi ainda mais vigoroso, de 20% sobre o ano anterior. Em 2014, o aumento previsto do faturamento será de 25%, chegando a R$ 140 milhões. “Redesenhamos o parque para que ficasse mais compatível com o nosso core business que é um centro de entretenimento para família”, diz Adalgiso Telles, CEO do Beto Carrero World. Foram feitas mudanças no mix de atrações – brinquedos infantis, para família e radicais, shows e zoo. Os 700 colaboradores passaram a contar com plano de carreira e foi instituído um processo de meritocracia com remuneração variável atrelada à superação de metas estabelecidas.

thales

Entre os investimentos, está a nova área temática Madagascar, com 25 mil metros quadrados, aberta ao público em fevereiro. A atração, com os personagens e todo o cenário do filme, é fruto da parceria que o parque mantém com a DreamWorks Animation. Além de shows no local, há o Madagascar Crazy River Adventure, em que as pessoas percorrem uma corredeira em botes. “Investimos mais de R$ 20 milhões somente nessa área temática”, destaca Telles. Ainda em novembro, o Beto Carrero contará com o Show de Natal do Shrek, também fruto do contrato com a DreamWorks.

O parque tem parceria com outra produtora americana, a Universal Studios e montou um show de acrobacias baseado no filme “Velozes e Furiosos”. O Beto Carrero possui a primeira montanha-russa invertida do Brasil, a Fire Whip, inaugurada em 2008.

Telles destaca que o Beto Carrero World pretende sair gradativamente do perfil regional para se tornar um parque de destino nacional e internacional. Hoje, 80% dos visitantes são de três estados do Sul – Santa Catarina, Rio Grande do Sul e Paraná. Para atrair outros públicos, está alterando as atrações e a estratégia de comunicação. “Nosso plano é atingir em menos de dez anos 5 milhões de visitantes e um faturamento superior a R$ 1 bilhão”.

tabela

OLÍMPIA

O município de Olímpia, no interior de São Paulo, foi elevado à condição de Estância Turística em julho deste ano. Esse título é decorrente de toda a cadeia de negócios – hotéis, restaurantes e lojas, que foi gerada a partir do Thermas dos Laranjais. O parque, inaugurado em 1985, hoje ocupa 250 mil metros quadrados, conta com mais de 50 atrações e 450 colaboradores. No ano passado, o Thermas dos Laranjais recebeu 1,6 milhão de visitantes e, este ano, até setembro, teve um público de 1,2 milhão de pessoas. “Devemos chegar a 2,1 milhões de visitantes em 2014”, afirma Flávio Bachega, gerente de marketing do empreendimento. Antes da fundação do parque, a cidade contava com apenas três hotéis que somavam 60 quartos.

Atualmente, são 70 hotéis e pousadas com 9 mil leitos em operação. Nos próximos dois anos, com os empreendimentos hoteleiros que estão em construção, a região terá 24 mil leitos. As receitas do Thermas dos Laranjais avançaram 17% em 2013 sobre 2012. Este ano, o empreendimento espera resultados ainda maiores e aposta na inovação constante, com novidades aos frequentadores.

Desativado o Thermas Internacional de Rio Preto

Considerado um atrativo turístico regional, o Thermas Internacional de Rio Preto foi desativado. Ex-presidente do clube, o empresário e engenheiro Joaquim Corrêa Lima falou com exclusividade ao Diário da Região sobre o fechamento do complexo de águas termais. A área de 40 mil metros quadrados que abriga o Thermas, no Km 49 da Rodovia Transbrasiliana (BR-153), deverá ser vendida. O local foi avaliado em R$ 6 milhões.

thermas

Estrangeiros

Corrêa Lima assumiu o empreendimento turístico em 2001. Alguns anos antes, na década de 1990, o clube também fechou as portas. "Durante esses anos (de 2001 a 2014), colocamos em ritmo de recuperação um clube que estava passando por fortes dificuldades", disse o ex-presidente.

No ano passado, o Thermas obteve a matrícula de delimitação correta de sua área. O clube atraia turistas estrangeiros, principalmente chineses e japoneses, que buscavam relaxar nas águas com temperaturas superiores a 40 graus.

Associados

Os ex-presidente do Thermas disse que se afastou da diretoria para dar lugar a uma comissão de associados, que deveria administrar o clube nos próximos anos. "Todavia, não se conseguiu sucesso total, por falta de colaboração de parte dos associados que não quiseram ajudar a viabilizar a nova fase do clube, agora em terreno próprio", comentou Corrêa Lima. Ele disse que o Thermas possui aproximadamente 300 sócios.

Dívida

O dinheiro da venda do Thermas de Rio Preto será usado para quitar dívidas do clube. Corrêa Lima afirmou que os R$ 6 milhões, eventualmente arrecadados com a venda do complexo, serão suficientes para honrar os débitos. Ele não deu detalhes de quem são os credores. O empresário manterá negócios em Rio Preto. Ele é dono do hotel construído ao lado do clube e que segue funcionando normalmente.

Fonte: Diarioweb