Pedófilo de Guaraci é preso pela Civil, após um ano de espera do Tribunal

EXCLUSIVO – Foi preso na manhã desta sexta-feira (5), pela Polícia Civil de Guaraci, o acusado de estuprar uma mulher de 18 anos, à época dos fatos, há cerca de um ano. A demora em sua prisão preventiva foi o fato de que, o juiz criminal de Olímpia, na época, negou o pedido da delegada Débora Cristina Abdala Nóbrega, mas o promotor do caso recorreu ao Tribunal de Justiça e, agora, o pedido foi favorável.

fabiano

O juiz atual, Eduardo de Abreu e Costa, expediu o mandato e, pela manhã, os investigadores Roberto Diogo e Artur Sanches Jr., foram até à cidade de Monte Azul Paulista, onde o acusado reside, cumprindo a nova prisão preventiva.

Trata-se de Fabiano Alves, 31, que já tem antecedentes de pedofilia e, por isso, o pedido de prisão preventiva. Não é a primeira vez que ele se envolve com menores. A primeira vez, ele era adolescente e estuprou um menino de 6 anos de idade. Depois, já adulto, atentou contra um garoto de 12 anos – quando menor, o caso não deu em nada, já o segundo caso, a família descobriu tardiamente. Desta vez, ele tirou a virgindade, há cerca de um ano, de A.C.N., atualmente com 19 anos, seduzindo-a inclusive com outra identidade. A mulher é considerada vulnerável devido a um estágio de atraso mental.

Fabiano residia na Cohab 4 em Guaraci. Talvez devido aos fatos, mudou-se para Monte Azul Paulista. Pela manhã, os investigadores Diogo e Artur cumpriram a prisão preventiva, válida por 20 anos. Agora, depende do andamento do processo, do julgamento, para ele continuar preso, seja em definitivo ou não.

Pessoalmente, a delegada Débora Cristina foi conduzir o estuprador para uma das celas em Severínia, nesta tarde de sexta, enquanto o Diário redigia e publicava esta nota.

Padrasto que abusou de criança de oito anos tem prisão preventiva através da DDM

Um padrasto que molestou sexualmente uma criança de oito anos de idade na noite anterior, na Cohab 4, foi preso hoje, preventivamente, a pedido da delegada Maria Tereza Ferreira Vendramel, da DDM (Delegacia de Defesa da Mulher).

abuso-sexual-infantil

A descoberta só veio à tona hoje, quando a mãe Roseli descobriu roupas de Y.C.M., de 8 anos, debaixo de sua cama, e a calcinha manchada de sangue. Imediatamente, ela foi até à escola onde a filha estava e a indagou sobre a  mancha.

A menina contou que, na noite anterior, ela entrou no quarto do casal para alguma atividade e, nesse ínterim, o padrasto Itamar Batista Rodrigues, de 40 anos de idade, se aproveitou dela, colocando o dedo em suas partes íntimas.

A mãe chamou a polícia e, em trabalho da delegada Maria Tereza Vendramel, da DDM, a menina foi levada para o exame de corpo de delito, em Barretos, passando por perito que atestou que, de fato, a menina foi molestada sexualmente.

DSC_9661

Itamar foi detido ao corró cor de rosa da DDM e, de lá, através de requerimento para que o Judiciário decretasse a prisão preventiva do acusado, o pedido foi aceito no início da noite de hoje. Assim, Itamar foi levado para a Cadeia de Severínia.

PM captura dois condenados na manhã de hoje, um deles por seduzir menor de 14 anos

A Polícia Militar de Olímpia cumpriu, na manhã deste domingo (5), um mandado de prisão por pedofilia (menor de 14 anos) e, capturou um foragido da Penitenciária de Bauru.

capturados

Por volta das 7h25, em patrulhamento pela rua Domingos Bizio, no bairro Santa Ifigênia, o cabo PM Kleber Lima e soldado Adaor depararam com Carlos Alexandre da Silva, 27, conhecido como ‘Cuca’ ou ‘XT’, morador no Condomínio Primavera, em atitude suspeita, principalmente porque, ao notar a presença da viatura, tentou fugir, mas foi alcançado, com apoio de outra viatura com o 3º sargento Otoniel e soldado Fábio.

Na averiguação via Prodesp (Processamento de Dados do Estado de São Paulo) constatou-se que ele é foragido da Penitenciária de Bauru desde 27 de julho do ano passado, faltando ainda sete anos para cumprir pena por roubo (art.157 CP).

Facetrip

O mandado foi expedido pela 1ª Vara de Execução do Fórum da Comarca de Olímpia, através da juíza Adriana Bandeira Pereira (atualmente na capital paulista).

O foragido foi encaminhado ao plantão da Delegacia de Polícia Civil onde ficará aguardando as demais providências.

MANDADO CUMPRIDO

Ainda na manhã de hoje, às 10h50, na avenida Manoel Cunha, no bairro Santa Fé, Luiz Antonio Ferreira, 40, foi preso pelo 3º sargento Otoniel e soldado Fábio, com apoio do cabo Kleber Lima e soldado Adaor, em cumprimento de mandato expedido também pela 1ª Vara de Execuções da Comarca, através da juíza Adriane Bandeira Pereira.

siga-twitter

Ele foi condenado pelos artigos 217-A (sexo com menor de 14 anos), combinado com 226 (ser parente, padrasto ou tutor), e artigos 71(cometeu vários delitos ao mesmo tempo) e 147 (ameaça).

Ferreira foi conduzido à Delpol, onde permanecerá à disposição da Justiça.

Corruptor de menores de 48 anos é preso

Um homem de 48 anos, procurado pela Justiça por corrupção de menores, foi preso às 13h45 deste sábado (30), pela PM de Severina.

Antonio Pereira da Silva foi abordado pela viatura composta pelo cabo Nairton e soldado Souza Costa na vicinal Milton Domingues, quilômetro 1, zona rural da cidade. Leia mais…

Já são 10 crianças, entre 6 a 13 anos, que pedófilo de Olímpia, de 71 anos, abusava

O aposentado de 71 anos, de Olímpia, que encontra-se preso na Cadeia de Altair, teria abusado, até agora, de 10 crianças, a menor de 6 anos e a mais velha de 13, atraindo-as com um brinquedo, ‘balanço’, instalado na sua casa, com poucos reais, doces e balas.

A informação é do Conselho Tutelar de Olímpia que, por denúncias anônimas, chegou até o aposentado. Inicialmente, a partir de três irmãos, da Cohab 4, chegaram a mais sete nomes de vítimas.

Agora cedo, na Rádio Menina AM, João Prates entrevistou alguns conselheiros tutelares a respeito do caso. Ouça na Rádio Blog, em nosso Podcast:

Homem de 71 anos atraía crianças com doces e um ‘balanço’. E as seduzia.

Exames de corpo delito requisitados pela polícia de Olímpia comprovaram que duas menores foram abusadas sexualmente por um homem de 71 anos que mora na cidade, no bairro Santa Efigênia. O aposentado, que não teve o nome divulgado, foi indiciado anteontem, quarta-feira (4), por estupro de vulnerável e pode pegar de oito a 15 anos de prisão, se condenado. Ele está preso preventivamente na cadeia de Severínia.

Continue lendo…