Bandido que assaltou Pitta dias atrás é morto em tiroteio em Barretos

Uma tentativa de roubo em residência no bairro Jockey Club, de Barretos, por volta das 23h40, da noite deste sábado (6), envolvendo dois criminosos resultou na morte de um deles que resistiu à voz de prisão dada pelos policiais militares e acabou morto na troca de tiros.

Segundo informações do repórter Ronaldo Moura, do Portal NBR, ao Diário, a PM foi alertada que os criminosos estariam pela casa, e foi feito um cerco. Cientes disso, os bandidos tentaram fugir, pulando diversos muros de casas, mas a PM os cercou.

O marginal conhecido como “Treta”, Rodrigo de Oliveira de Amorim, 28 anos, foi cercado na edícula de uma casa da Rua 18 com a Rua 57. Recebeu voz de prisão, mas, armado, revidou com tiros, sendo alvejado.

O SAMU foi chamado, mas o bandido não resistiu aos ferimentos.

Foi preso o segundo assaltante, Caio Vinicius da Silva, 21 anos.

Descobriu-se que ele foi um dos assaltantes da residência do secretário de Governo de Olímpia, João Paulo Pitta Polisello, recentemente, que chegou a levar o seu carro (foto) abandonando-o em uma vicinal de Barretos.

IMG_6635.JPG

O caso foi registrado pelo capitão PM Vinicius Zoppellari, que estava de Oficial de Área, em Barretos. Ele é o comandante da 2a. Cia. Da PM de Olímpia.

Prefeito Geninho lamenta a morte do servidor João Guerreiro

O prefeito Geninho Zuliani (DEM) lamentou a morte, por suicídio, na noite desta segunda-feira, do servidor municipal João Guerreiro, 61, no Jardim Toledo.

Conforme nota publicada pelo plantão do Diário, ele se enforcou por razões ainda a serem esclarecidas, mas amigos relatam que estava com depressão. Recentemente, discutiu com o dono da casa, o pipoqueiro João Francisco Ferreira, em que morava, nos fundos, ameaçando-o com uma faca.

Guerreiro atualmente estava lotado na Secretaria Municipal de Assistência Social. Já foi agente de microcrédito do Banco do Povo. Como na foto abaixo, em um mutirão ao lado do prefeito Geninho.

IMG_6527.JPG

“Guerreiro sempre foi um funcionário exemplar. Amigo de todos, sempre solícito, é muito querido. Os nossos sentimentos sinceros de pesar. Ele vai nos fazer falta, inclusive como amigo”, disse Geninho ao Diário agora há pouco.

Moradora de rua é encontrada morta em casa abandonada

Um corpo de uma mulher de 31 anos foi encontrado na rua Domingos Bízio, 473, no bairro Santa Ifigênia, em Olímpia.

PC100001

Trata-se de Luciana Helena Cunha, conhecida com o Lu, sem endereço fixo, moradora de rua. O corpo está sob perícia.

PC100003

A casa não tinha morador e estava sendo reformada. Os homens vieram cedo ao serviço e a encontraram morta.

IMAGEM-FORTE

PC100006

Motorista de Cajobi morre ao cair da ponte do Turvo em vicinal

Um motorista de Cajobi, 33 anos, morreu ao cair da ponte na vicinal João Carlos Rosa, Km 5, no Rio Turvo. A Polícia Militar daquela cidade registrou o fato neste sábado (30)`, às 7h30. Fotos fornecidas pelo sargento PM Granados

DSC05144

Segundo consta, Alexandre Cândido Romano, nascido e residente em Cajobi, dirigia um Corsa Sedan, cor branca, placas AMP-3221, quando acidentou-se na ponte existente na vicinal João Carlos Rosa, caindo para dentro do Rio Turvo. Com o impacto, segundo populares, Alexandre morreu.

DSC05136

Ao término da perícia, o corpo foi levado para o Instituto Médico Legal (IML), de Barretos, e o veículo, assim como os pertences da vítima liberados para o seu tio Vanderlei. A ocorrência foi registrada pelos soldados Lima e Inocente, de Embaúba.

DSC05135

Siga o Diário de Olímpia no Twitter, Facebook e Flickr

MAIS FOTOS

DSC05145

DSC05147

DSC05149

DSC05151

Funcionário do DAEMO acidentado em serviço morreu nesta sexta

O funcionário público municipal do Daemo Am­biental – Superintendência de Água e Esgoto e Meio Ambiente de Olímpia, Paulo Cesar da Silva, de 49 anos de idade, morador da Rua da Arara, número 55, no Jardim Antônio José Trindade, conhecido popularmente por COHAB I, faleceu na tarde desta sexta-feira (25).

luto

Ele estava internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) da Santa Casa de Barretos, para onde foi levado na noite da sexta-feira, dia 18, depois de sofrer um acidente de trabalho quando realizava uma operação na região central da cidade.

Como se recorda, ele sofreu o acidente quando operava o caminhão da autarquia que está dotado com um equipamento para desentupir esgoto e houve o rompimento da mangueira de alta pressão.

Inicialmente ele foi encontrado pela equipe de Resgate do Grupamento do Corpo de Bombeiros de Olímpia, sentado, consciente e ele mesmo fazendo o estancamento da hemorragia. Paulo Cesar estava com um corte dilacerante no canto direito da boca e um corte contuso na parte frontal da testa.

Não foi divulgado, ainda, horário do velório e nem o enterro.

(Com Folha da Região)

Homem de 61 anos é encontrado morto, ensanguentado e com faca na mão

Um homem de 61 anos de idade foi encontrado morto, com vários ferimentos, inclusive na cabeça, e com uma faca de cozinha debaixo de sua mão direita, por volta das 14h15 deste sábado (19), na rua Manoel Pereira, no bairro Santa Fé, em Olímpia.

morte1

Por solicitação dos bombeiros, os policiais militares cabo Kleber Lima e soldado Adaor se dirigiram ao endereço, encontrando Carlos Valdemar dos Santos no chão da sala, morto.

Havia várias marcas de sangue desde o quarto até à cozinha e, debaixo de sua mão direita, uma faca de cozinha.

O irmão da vítima, Reinaldo dos Santos, 47 anos, disse que encontrou o seu irmão naquele estado.

morte3

O local foi preservado para que a perícia de Barretos pudesse trabalhar. Compareceram ao local, também, a Polícia Civil e a empresa funerária local, constatando, ainda, que a vítima estava com um ferimento na cabeça.

O corpo foi levado ao Instituto Médico Legal (IML), de Barretos, pela funerária, após o perito e a Polícia Civil tomarem as suas providências.

O delegado titular Marcelo Pupo de Paula abriu inquérito para apurar o caso, registrando-o, por ora, como morte a esclarecer.

Jovem não resiste à gravidade dos ferimentos e morre após choque com trator

INFORMAÇÕES E FOTOS ATUALIZADOS – Luciano Oliveira, 28 anos, não resistiu ao acidente em que ele se envolveu, com a sua moto CG 150 Honda, ano 2010, cor preta, placa ECI-0427, no início da noite desta quarta-feira (16), na vicinal Desembargador José Manoel Arruda, com um trator. Ele trabalhava de mecânico na empresa Sorvetes Olímpia (Bambi) e era muito conhecido. Era solteiro e morava sozinho no Residencial Morada Verde, e a namorada está grávida de seu primeiro filho.

Luciano-Oliveira

Consta no boletim de ocorrência que, no início da noite, o tratorista Luís Carlos Dacie, 52 anos, autônomo, residente no Jardim Álvaro Britto, retornava de um trabalho na zona rural, com o seu trator Valtra Valmet azul, modelo 1380-S, quando desembarcou o trator de um caminhão-prancha, nas proximidades de um local próprio para isso nas proximidades do Bazar Distribuidor, às 17h30 e que, por volta das 18h, prosseguiu na área urbana em direção à uma propriedade que fica na vicinal Desembargador José Manoel Arruda, passando a rotatória com a rua Mário Vieira Marcondes, mais 300 metros, à esquerda, quando, segundo disse em depoimento à Polícia Civil, que, devidamente iluminado e dando seta à esquerda, depois de verificar que não havia movimento, iniciou a conversão à esquerda, quando sentiu uma batida na traseira, vendo a moto e a vítima no asfalto.

PA160024

Segundo Dacie, ele ainda terminou o trajeto para não oferecer mais riscos ao tráfego e, daí, os bombeiros foram acionados para o resgate da vítima. Ele alega que deu seta à esquerda, mas não se sabe se o complemento agrícola acoplado, um cultivador de cana, também possui tal equipamento sinalizador.

Há informações de que ele tinha saído do trabalho por volta das 18h, ainda tinha pego a sua mãe em algum ponto e levado-a para outro, e somente aí estava de retorno, provavelmente para a sua casa.

PA160021

Ele chegou à UPA (Unidade de Pronto Atendimento), de Olímpia, com traumatismo craniano grave, com perda de massa encefálica pelo nariz, boca e um corte na testa, além de traumatismo grave no tórax e cervical.

A informação partiu do médico Matheus Sgarbi para a secretária de Saúde Sílvia Forti, e esta ao Diário de Olímpia. Ao receber a notícia, o pai da vítima passou mal e foi atendido, também, na UPA.

O corpo, no local do acidente, foi resgatado pelos Bombeiros. Pela PM local, estiveram no apoio o sargento Otoniel, cabo Kleber Lima e soldado Vicentini. A Polícia Rodoviária, também esteve no local, onde, em seguida, o trator foi retirado.

O delegado César Aparecido Martins abrirá inquérito para apurar os fatos. O escrivão Braga já requisitou o exame no IML (Instituto Médico Legal), devido à morte violenta.

Polícia suspeita de morte de homem nesta manhã e o encaminha ao IML

Um homem de 43 anos foi encontrado morto na casa de sua sogra, à rua Francisco José Ruivo, 176, Jardim Paulista, em Olímpia, na manhã deste domingo (29). Ele completaria 44 anos no próximo mês.

1376658_514129771998311_485412274_n

Não se sabe a causa da morte de Jocimar Pereira da Silva, mas como estava no chão, com lesão no rosto, a Polícia Civil já periciou o corpo e o está encaminhando para o IML (Instituto Médico Legal), de Barretos, como morte suspeita.

Ele pode ter tido morte natural, dormiu e caiu da cama, se machucando, como pode ter sido vítima de agressão.

Moradores protestam, de novo. Polícia e CRM investigam morte de criança

Mais um protesto chamou a atenção nas ruas nesta segunda-feira (23), na avenida Constitucionalista de 32, bairro Santa Ifigênia.

foto1-do-leitor

Fogo, muita fumaça e várias explosões. Tudo isso em meio a crianças. A Polícia Militar, que foi pega de surpresa, acompanhou toda a movimentação. Com cartazes e gritos de ordem, os manifestantes interromperam o trânsito na avenida da periferia da cidade e demonstraram indignação contra a precariedade do sistema público de saúde.

foto2-do-leitor

Segundo os policiais, mais de 500 pessoas participaram da manifestação. O grupo reuniu ainda amigos e parentes de um menino de 10 anos que morreu na última terça-feira (17), depois de torcer o pé na escola.

foto3-do-leitor

Ele chegou a ser levado a várias unidades de saúde do município até ser transferido para um hospital de Catanduva (SP), onde os médicos constataram uma infecção rara, que se fosse descoberta a tempo poderia ter sido tratada. A família acredita em negligência.
A prefeitura de Olímpia disse que não reconhece a manifestação. O delegado que investiga a morte do menino ouviu o pai da criança nesta segunda-feira (23), mas não acrescentou novidades na investigação. A avó do menino deve prestar depoimento novamente.

O delegado já pediu à Unidade de Pronto Atendimento as fichas que mostram o que foi registrado em cada atendimento. Uma sindicância também está em andamento pelo Conselho Regional de Medicina. (G1)

Pedreiro morre eletrocutado na Vila Rodrigues

Um pedreiro de 37 anos, morreu eletrocutado no início da noite desta terça-feira (6) na rua Antonieta Lamana, 37, Vila Rodrigues, nas proximidades do Clube da Velha Guarda de Olímpia.

PB060087

Segundo consta da ocorrência lavrada pela Polícia Militar, após ser acionada pela UPA (Unidade de Pronto Atendimento), o pedreiro Luciano Bertolo de Castro recebeu forte descarga elétrica ao passar entre a betoneira e um portão de ferro. Ele teria ficado colado na máquina e só caiu ao solo, já inconsciente, após uma testemunha puxar os fios de energia, desligando a descarga.

PB060086

O pedreiro, que residia na rua Francisco Vicente Blanco, Santa Ifigênia, recebeu socorro do Resgate do Corpo de Bombeiros, uma vez que ainda apresentava sinais vitais, porém ao chegar à UPA não resistiu, vindo a falecer.

PB060085

PB060084

Saúde de Olímpia comemora a menor mortalidade infantil dos últimos 18 anos

A cidade de Olímpia conseguiu reduzir o índice de mortalidade infantil em 81,53% comparativamente aos valores de 2000. Na atual gestão, entre os anos de 2010 e 2011, a queda foi de 25,90%. E, o índice de 2011, em Olímpia, é o menor nos últimos 18 anos: 4,72, ou seja, a quatro mil bebês nascidos vivos com menos de 1 ano de idade, falecem a média de 4,72, enquanto que, em 2000, o número era bem maior: 25,76.

bebe

Olímpia, assim, comemora índices melhores do que a região de Barretos, à qual pertence na área de Saúde, que apresentou queda de 52% nos índices de mortalidade infantil com relações aos valores de 2000, e também face aos 32% no Estado de São Paulo (11,5 óbitos a cada 1 mil bebês nascidos vivos com menos de 1 ano de idade).

Os dados foram revelados ao Diário nesta terça-feira (4) pela secretária da Saúde Sílvia Forti Storti, que comemora: “Na Unidade Básica de Saúde (UBS), a gestante de baixo peso ou renda familiar baixa é cadastrada pela Assistente Social e passa a receber cesta básica até o 6º mês da gestação. São realizadas reuniões e palestras mensais com as gestantes. Hoje, com o aumento do número de obstetras no município, torna-se fácil o agendamento das gestantes nas UBS, e os atendimentos pediátricos também são de fácil acesso”.

silviabebe

A secretária esclarece que, na Santa Casa de Misericórdia local, a mãe é orientada “diariamente sobre os cuidados com o bebê, com folhetos informativos, recebem o álcool 70% para o curativo do umbigo e recebem de presente o Diploma de Cidadão Olimpiense e uma foto do bebê”.

“Também é importante destacar que o Comitê de Mortalidade Materna e Infantil do nosso município atua de maneira eficaz, investigando e tomando medidas para a melhora da qualidade no atendimento dos pacientes do nosso município”, acrescenta Sílvia.

E, conclui: “Essas são algumas de várias ações que fazem com que o cidadão olimpiense tenha uma melhor qualidade de vida”.

TABELA DE OLÍMPIA

QUADRO

A REGIÃO

A região de Barretos apresentou queda de 52% nos índices de mortalidade infantil com relações aos valores de 2000, e foi a que apresentou, em 2011, o menor índice de mortalidade infantil do Estado, com 8,08 óbitos por 1.000 nascidos vivos.

Em 2010 esse mesmo índice era de 8,14 óbitos. Foi o menor taxa da história na região.

ESTADO

De 2000 a 2011, a mortalidade infantil diminuiu 32% no Estado de São Paulo, atingindo um índice de 11,5 óbitos a cada 1 mil bebês nascidos vivos com menos de 1 ano de idade. Em 2000, esse índice era de 16,9.

De acordo com o Ministério da Saúde, a projeção de mortalidade infantil para 2011 no País é de 16,8, índice que chegou a 26,8 em 2000.

Atualmente, a maior preocupação é com a gestante que não recebe o acompanhamento adequado.O ideal é que 76% das grávidas do Estado passam por pelo menos sete consultas de pré-natal.

Em 2011, as causas perinatais – decorrentes de problemas na gravidez, no parto ou no nascimento – representaram 57,4% da mortalidade infantil.

Sílvia Forti vai se manifestar sobre morte de bebê somente após os laudos

O Diarioweb, portal de notícias do Diário da Região, de Rio Preto, divulgou em seu site que “Bebê morre por suposta falta de socorro de Olímpia”. Por não ser fato conclusivo, e merecedor de investigação, a secretária da Saúde Sílvia Forti emitiu nota na tarde de hoje afirmando que só se manifestará após todas as informações sobre o caso “serem coletadas e conferidas”.

idsus-capa

“Um bebê de seis meses morreu hoje, às 11h30, de desidratação por suposta falta de socorro na Unidade Básica da Saúde da Santa Ifigênia, de Olímpia (SP)”, relata a reportagem. “Segundo o pai, Marcos Aurélio Pereira, 25 anos, a filha Rafaela dos Santos Pereira, foi medicada na noite de ontem, na Santa Casa do município e liberada sem apresentar melhoras”.

Por volta das 7 horas de hoje, a bebê apresentava vômito e foi levada para a UBS da Cohab 4, mas as recepcionistas informaram que o bebê não poderia ser atendido, pois a agenda estava lotada. A criança, então, foi levada para a UBS da Cohab 1, onde foi atendida por um pediatra que diagnosticou a desidratação e encaminhou o bebê para internação de urgência, onde chegou por volta das 9h40. Às 11h, o bebê sofreu uma parada cardíaca e morreu.

A NOTA DA PREFEITURA

A íntegra da nota da Prefeitura sobre o caso é a seguinte:

“A Prefeitura Municipal de Olímpia e a Secretaria Municipal da Saúde de Olímpia, através de sua secretária, Silvia Forti, vem a público comunicar que estará iniciando um processo administrativo para apurar todos os fatos referente o atendimento e posterior falecimento de uma criança na instituição Santa Casa de Misericórdia de Olímpia, e só se pronunciará oficialmente sobre o ocorrido após coletadas e conferidas todas as informações”.