EXCLUSIVO – Entrevistamos D’Urso sobre sua terceira reeleição e a fraca votação que teve em Olímpia. “Não vou retaliar ninguém…” Leia e ouça

D'Urso diz que 'Salatão' continuará em sua diretoria
D'Urso diz que 'Salatão' continuará em sua diretoria

O presidente matematicamente reeleito para o seu terceiro mandato para a OAB-SP (Seccional da Ordem dos Advogados do Brasil de São Paulo), advogado Luiz Flávio Borges D’Urso, em entrevista exclusiva ao Blog do Concon no começo desta noite de quarta-feira (18), por telefone, comenta a sua eleição matematicamente garantida – neste momento com sete mil votos de vantagem sobre o segundo colocado, advogado Rui Fragoso -, lamenta que tenha obtido cerca de 25% de aprovação dos advogados de Olímpia, mas garantiu: “Podem ficar tranquilos. Não vou retaliar ninguém. Não é de meu feitio. A eleição já passou. Serão três anos, não de continuísmo, mas de continuidade do que estávamos fazendo de bom pela Ordem, e que vamos aperfeiçoar”.

Continue lendo para saber mais do que D’Urso falou e, principalmente, para ouvir na Rádio Blog a íntegra dessa entrevista exclusiva. Continue lendo…

D’Urso já está matematicamente reeleito para o 3° mandato na OAB-SP

O atual presidente da Ordem dos Advogados do Brasil em São Paulo (OAB-SP), Luiz Flávio Borges D’Urso, foi eleito para o seu terceiro mandato à frente da entidade. Segundo a assessoria de imprensa da OAB-SP, D’Urso recebeu até a manhã desta quarta-feira (18) 52.518 votos, o que o torna matematicamente eleito.

Continue lendo…

Cantero vence Toti por 6 votos na OAB local. Capital, só na quinta

O advogado José Roberto Calhado Cantero foi eleito na tarde desta terça-feira (17) o próximo presidente da subsecção da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) de Olímpia. A diferença foi de apenas 6 votos da chapa de Antonio Raul Almodóvar Toti.

Já o resultado estadual, da seccional da Ordem, será diferente: apesar de a votação contar com urnas eletrônicas cedidas pela Justiça Eleitoral, a apuração deve demorar mais do que no último pleito, quando a chapa vencedora foi conhecida na noite do mesmo dia. Continue lendo

Geninho acaba de promulgar lei que obriga a transição de governo após o resultado eleitoral

O prefeito Geninho Zuliani (DEM), de Olímpia, acaba de promulgar, na tarde desta quinta-feira (5), projeto de lei de autoria do vereador Primo José Álvaro Gerolim, de seu partido, obrigando a formação do governo de transição após os resultados eleitorais.

O governo de transição é composto por uma equipe que reúne membros do governo e da candidatura eleita para que exista condições de uma alternância de poder sem malefícios para os cidadãos. Os membros que fazem parte do governo são responsáveis por apresentar a dinâmica da administração, os mecanismos usados no governo e relatórios sobre a máquina pública e as necessidades no futuro próximo. E os membros que representam o governo eleito devem se inteirar o máximo possível sobre a máquina pública e serem os responsáveis pelos primeiros passos do novo governo.

Continue lendo…

Geninho continuará prefeito. Gonzalis continuará em terceiro. Assim quis o povo e a Justiça Eleitoral. Acabou a novela?

Acabou mesmo? Perdeu na Justiça Eleitoral de Olímpia. Perdeu no Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo. Daí, a ‘briga’ foi comprada pela PRE (Procuradoria Regional Eleitoral) que ficou ‘inconformada’ e quis recorrer para Brasília.

A negativa de prosseguimento de recurso eleitoral foi exarada no final da tarde de ontem, terça-feira (29). Continue lendo…