Estagiário do Daemo participa do 13º Congresso Nacional de Iniciação Científica

O universitário Luís Guilherme Rodrigues da Silva, que também é estagiário na empresa pública Daemo Ambiental, de Olímpia, participou nos últimos dias 29 e 30 do 13º Conic-Semesp, realizado em Campinas, na Faculdade Anhanguera.

O olimpiense representou a cidade e também a Unirp – Centro Universitário de Rio Preto no trabalho com o tema “Diagnóstico das espécies arbóreas no espaço urbano das praças públicas de Olímpia (SP)”. O projeto foi realizado pelo Luís Guilherme Rodrigues da Silva, Sarah Bertazzi Augusto, Luana de Souza Martins e Larissa Maria Braga e orientado por Valéria Stranghetti e Zélia Aparecida Valsechi da Silva.

estudante

O congresso é realizado pelo Semesp – Sindicato das Entidades Mantenedoras de Ensino Superior desde 2001 e tem como objetivo identi­ficar talentos, estimular a produção de conteúdo científi­co, além de viabilizar na prática os projetos apresentados pelos alunos, por meio do exercício da criatividade e de conhecimentos adquiridos. O Conic apoia o desenvolvimento intelectual contínuo dos alunos do Ensino Superior, incentiva à pesquisa, a arte e a cultura e busca facilitar o contato com o que há de mais novo no mercado, ao mesmo tempo em que promove visibilidade e valor aos trabalhos apresentados.

A edição deste ano do Conic-Semesp, influenciada pela campanha da Unesco no Brasil, definiu o tema do evento como o Ano Internacional da Cooperação pela Água. O Dia Mundial da Água é comemorado anualmente em 22 de março como meio para chamar a atenção sobre a importância da água doce e defender a gestão sustentável dos recursos hídricos.

São aceitos trabalhos de qualquer tema e área do conhecimento inscrito por estudantes regularmente matriculados em 2013 em cursos de graduação de instituições de ensino superior públicas ou privadas.

Siga o Diário de Olímpia no Twitter, Facebook e Flickr

Daemo mantém inscrições até o dia 26 para concurso público de cinco cargos

A Comissão de Concurso Público da Superintendência de Água, Esgoto e Meio Ambiente de Olímpia – Daemo Ambiental – abre inscrições para concurso público de auxiliar de administração e comercialização I, escriturário II, motorista, oficial de redes de água e esgoto I e II.

DAEMO

As inscrições serão recebidas nos dias úteis de 11 a 26 deste mês, das 8h às 11h e das 13h às 16h, no prédio do Daemo Ambiental, localizado na Avenida Harry Giannecchini, 350 – Jardim Toledo, Olímpia.

Da denominação dos cargos, respectivo número de vagas e valor da taxa de inscrição:

taxa-inscricao

Os vencimentos de que tratam essa cláusula referem-se aos valores vigentes no mês de OUTUBRO de 2013. Os cargos indicados com os símbolos “*” terão direito ao adicional de insalubridade fixado em lei.

vencimentos

Os pretendentes aos cargos acima referidos deverão possuir as seguintes qualificações:

requisitos

O concurso será realizado através de uma única fase, de caráter eliminatório, consistente em testes de múltipla escolha versando sobre o conteúdo do programa que será fornecido no ato da inscrição, exceto para os cargos de Motorista e Oficial de Redes de Água e Esgoto II, cujos candidatos serão submetidos à prova prática de direção veicular, e, Escriturário II, os quais serão submetidos à prova prática em informática e digitação.

As provas, na forma das normas que as regem, serão realizadas no dia 15 de Dezembro, às 10h, no prédio da EMEF “Santo Seno”, localizado na Praça Mário Garcez Novais, 133, Olímpia.

Veja o Edital completo no endereço: http://www.daemo.com.br/noticias=ler.php?id_editoria=1&id=149

Siga o Diário de Olímpia no Twitter, Facebook e Flickr

Funcionário do DAEMO acidentado em serviço morreu nesta sexta

O funcionário público municipal do Daemo Am­biental – Superintendência de Água e Esgoto e Meio Ambiente de Olímpia, Paulo Cesar da Silva, de 49 anos de idade, morador da Rua da Arara, número 55, no Jardim Antônio José Trindade, conhecido popularmente por COHAB I, faleceu na tarde desta sexta-feira (25).

luto

Ele estava internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) da Santa Casa de Barretos, para onde foi levado na noite da sexta-feira, dia 18, depois de sofrer um acidente de trabalho quando realizava uma operação na região central da cidade.

Como se recorda, ele sofreu o acidente quando operava o caminhão da autarquia que está dotado com um equipamento para desentupir esgoto e houve o rompimento da mangueira de alta pressão.

Inicialmente ele foi encontrado pela equipe de Resgate do Grupamento do Corpo de Bombeiros de Olímpia, sentado, consciente e ele mesmo fazendo o estancamento da hemorragia. Paulo Cesar estava com um corte dilacerante no canto direito da boca e um corte contuso na parte frontal da testa.

Não foi divulgado, ainda, horário do velório e nem o enterro.

(Com Folha da Região)

Mega investimento de R$ 13 milhões para água tratada é assinada hoje por Geninho

Esta segunda-feira (15) foi um ‘dia feliz’ para o prefeito reeleito Geninho Zuliani. É que, desde agosto do ano passado, quando assinou pessoalmente com a presidenta Dilma Rousseff, finalmente hoje foi assinado do contrato da obra que retira Olímpia do atraso na captação, tratamento e distribuição de água tratada, inclusive deixando a cidade preparada para um crescimento de, pelo menos, vinte anos.

geninho-e-dilma

Trata-se de projeto feito pelo DAEMO Ambiental (Departamento de Água e Esgoto) para captação, conclusão da Estação de Tratamento de Água (ETA), adutora, rede de distribuição, estação elevatória e reservatórios, para abastecer a cidade através do Rio Cachoeirinha, com seis quilômetros de adutora de água – tudo bancado pelo PAC –2.

A finalidade desse investimento é o de trazer água do Rio Cachoeirinha até a ETA, atrás do Jardim Campo Belo, “que o ex-prefeito José Carlos Moreira começou e não terminou, então o dinheiro servirá para levar a água do Rio Cachoeirinha até à ETA, terminar a própria ETA, e fazer mais seis quilômetros de adutora de água em volta da cidade”, explicou Geninho.

CRONOGRAMA DA OBRA

Segundo o projeto desenvolvido pelo DAEMO e aprovado pelo PAC-2, a obra levará 18 meses para ser construída, obedecendo etapas e valores que irão sendo liberados pelo governo federal.

Primeiramente, será feita a captação e recalque no Rio Cachoeirinha, ao mesmo tempo em será construída a nova adutora de água bruta, ambos pelo prazo de seis meses, ao custo de R$ 1.371.838,14.

A partir do quatro mês, a nova ETA será construída e concluída dentro do cronograma até o 18° mês, ao custo de R$ 3.615.381,45.

Do sexto ao 13° mês, segundo o projeto, será construída a unidade de desaguamento de lodo, ao custo de R$ 1.301.260,32.

Do 11° mês até o final, serão construídos o reservatório enterrado de 2 mil metros cúbicos, a estação de recalque para o reservatório de 500 metros cúbicos e o reservatório elevado de 500 metros cúbicos, ao custo de R$ 1.966.304,24.

E, finalmente, a partir do sétimo mês, até o final da obra, será construída a linha de seis quilômetros da nova rede de água, ao custo de: R$ 3.274.885,44. Todas as etapas juntas: R$ 13,329,670.43.

Daemo Ambiental vai erradicar árvores que prejudicam calçamento e as replantará

Em recente reunião do Condema – Conselho Municipal do Meio Ambiente ficou decidido pelos conselheiros que todas as vezes que fosse arrancar árvores no perímetro urbano do município que pudesse acarretar um impacto na população seria necessária a publicação de uma matéria e/ou informativo para que não haja alvoroço por parte da população.

m_poda

Assim, foi solicitado junto o Daemo Ambiental a erradicação de 21 árvores no calçamento na Rua Conselheiro Antônio Prado, atrás da Condumax, na região central de Olímpia. As árvores que serão arrancadas são Grevíleas (Grevillea robusta), que é a maior planta do gênero grevílea, podendo atingir a altura de 30 a 35 metros. Essa árvore é originária da Austrália e foi introduzida no Brasil inicialmente com o intuito de se obter a madeira para a lenha e ornamentação dos jardins públicos. A árvore é muito usada também como cerca viva, divisora de terras de fazendas e sítios e adequada para reflorestamento.

Com o tempo as árvores foram introduzidas em vias públicas (calçamentos) sem o estudo adequado. Como são árvores de grande porte, suas raízes danificam a calçada e suas copas atrapalham a rede elétrica. Seu crescimento é muito lento, por isso muitas pessoas plantam em calçamentos não sabendo a quão alta ela ficará e os danos que a mesma causará ao local. Portanto o estudo adequado deve ser feito antes de se plantar uma árvore, para não precisar retirá-la de local futuramente, causando um desequilíbrio.

As árvores que serão arrancadas, posteriormente, no mesmo local, serão plantadas outras adequadas para aquela região, não danificando o meu ambiente.

Vai faltar água no centro da cidade na manhã desta terça-feira

O Departamento de Água e Esgoto de Olímpia – Daemo Ambiental informa que faltará água na área central da cidade das 7h até por volta das 12h30.

falta-da-agua

Segundo a nota, divulgada no microblog Facebook de uma funcionária, haverá manutenção na rede elétrica da captação de água do Rio Olhos D’Água, “por isso, o abastecimento de água tratada da área Central da cidade de Olímpia ficará prejudicado até que os reservatórios retornem às suas capacidades normais”.

Segundo a nota, “o Daemo Ambiental solicita a compreensão de todos e pede que a população economize água, não lavando carros ou calçadas”.

Daemo conscientiza funcionários da Dismed sobre meio ambiente em SIPAT

Foi realizada palestra no último dia 23, na sala de eventos da empresa de medicamentos Dismed para mais de cinquenta funcionários, como atividade da 10ª SIPAT (Semana Interna de Prevenção de Acidentes).

DSCN7339[1]

Ana Lúcia Volfe, química e gestora ambiental da divisão de meio ambiente da empresa pública Daemo Ambiental ministrou a palestra, voltada para promover novas atitudes tanto na empresa quanto em casa.

Por cerca de duas horas, a química revelou dados sobre a quantidade de lixo mundial gerado anualmente, falou sobre a importância da reciclagem e separação do lixo orgânico e inorgânico, mesmo sem a coleta seletiva para facilitar o trabalho de reciclagem. A utilização da água como um bem maior, evitando desperdício e os transtornos que a falta da água pode causar. Nos slides apresentados no telão foram mostradas estatísticas mundiais sobre a escassez da água.

DSCN7350[1]

“Há quatro anos existe esse trabalho do Daemo com as crianças da rede municipal de ensino, a Dismed é a primeira empresa a participar desta nova etapa, onde pretendemos prover essa palestra em parceria com muitas outras empresas”, disse Ana Lúcia.

Ademar Poltroneli Júnior, farmacêutico responsável da Dismed e um dos responsáveis na realização da Semana interna de prevenção de acidentes, explicou o porquê da parceria pioneira: “Na SIPAT, temos o intuito de trazer aos funcionários informações relativas a prevenção de acidente de trabalho, no caso dessa palestra, hoje fala-se muito de meio ambiente e sobre como as mudanças climáticas estão acontecendo de forma agressiva, e a gente fica pensando no futuro que vamos deixar aos nossos filhos, então a intenção desta palestra é justamente conscientizar os nossos funcionários, para que eles sejam divulgadores dessas informações para os filhos para os pais para que tomemos logo consciência disso e mudemos nosso comportamento como uma sociedade dependente de um meio ambiente saudável”. (Assessoria de Imprensa)

Cidade é dividida em quatro setores para o novo sistema de cata-galhos, dia 3

O Daemo Ambiental, autarquia responsável pelo tratamento de água, esgoto e meio ambiente, da Prefeitura de Olímpia, está alterando o método de coleta de galhos na cidade.

cata-galho

Agora a cidade está dividida em quatro setores e, em cada semana, será feita a coleta em determinados bairros. Este mês de agosto será apenas de adequação dos munícipes, ou seja, divulgação do cronograma e para que o cidadão tome conhecimento da nova sistemática e se adapte à ela. A partir do dia 3 de setembro o cronograma será cumprido à risca.

SETORES E DIAS DA SEMANA

O Setor 1 será atendida pela 1ª segunda-feira do mês. Já o Setor 2 pela 2ª segunda-feira do mês. O Setor 3 pela 3ª segunda-feira do mês. E, finalmente, o Setor 4 pela 4ª segunda-feira do mês.

O cronograma completo do serviço de coleta de resíduos de poda, bem como os bairros dos respectivos setores, segue abaixo (clique para ampliar):

poda

Diariamente, dezenas de reclamações chegam à Prefeitura a respeito do depósito irregular de entulho, galhos de árvores, sobras de materiais de construção e inclusive de lixo doméstico. Mudar esse cenário tem sido uma das tarefas mais difíceis do poder público porque falta conscientização da própria população.

O depósito de entulho, das sobras de materiais de construção, de galhos e tudo o que não for lixo do dia-a-dia é de responsabilidade de cada morador. A Prefeitura é responsável pela fiscalização, pela limpeza das ruas e pela coleta do lixo doméstico.

COMO PROCEDER

– Não guarde areia, saibro, pedra e outros materiais sobre a calçada ou na rua. Isto pode provocar o entupimento das galerias e é passível de multa.

– Mantenha a calçada livre, sem obstáculos físicos, de modo que seja possível o livre trânsito de cadeiras e carrinho de bebê.

– Separe o entulho, dos galhos e as sobras de limpeza de jardins.

– O entulho de construção acima de 1m3 (um metro cúbico) não é coletado pelo Setor de Limpeza Pública, você deve contratar serviços de caçamba ou carrinheiros cadastrados.

– Se você não pode aguardar a coleta, contrate empresas especializadas. É mais barato que a multa.

– Evite ser multado! Mantenha seu imóvel limpo, não jogando em boca de lobo, terrenos, canteiros centrais e áreas verdes.

poda2

Consumidor pode reduzir conta de água em até 50% com produto vendido na Eletrofort

O consumidor de água tratada do serviço público pode ter o valor de sua conta reduzida em até 50% sem sacrificar o seu consumo médio mensal e com um investimento muito inferior à diferença que sentirá nas contas seguintes, no caso de Olímpia, emitidas pelo Daemo Ambiental.

100_1290

E não tem mágica: existe uma válvula que bloqueia a entrada de ar que chega ao hidrômetro e, em Olímpia, a Eletrofort Materiais Elétricos é representante exclusivo dessa válvula que traz a assinatura da Aquamax, uma marca consagrada no mercado nacional. E se o ar é de graça, não tem sentido pagar por ele na tubulação de água tratada,afinal ele gira até 20 vezes mais rápido do que a água.

100_1288

A economia é possível porque o mecanismo impede a entrada de ar da rede de abastecimento e o retorno da água da tubulação quando ocorre falta de água ou manutenção.

A conta é simples: se o consumidor gasta R$ 50 poderá ter uma redução média de 50% na conta, portanto uma economia de R$ 25 por mês, R$ 300 por ano, R$ 3 mil em 10 anos e assim por diante.

A tecnologia do produto vendido pela Eletrofort, assinado pela Aquamax, faz com que o ar retorne a tubulação da rua sem ser contabilizado, ou seja, o consumidor vai pagar somente pela água consumida e não mais pelo volume de ar.

GARANTIA

A Aquamax confia tanto na eficiência do seu produto que garante a você uma economia mínima de R$ 50% ao ano desde que a instalação tenha sido feita corretamente conforme manual de instalação e, no período, comprovado por laudos e contas apresentadas no período. Se não houver a comprovação dessa economia no decorrer de 1 ano, o dinheiro da compra do aparelho será devolvido integralmente ao consumidor.

Dependendo de uma série de fatores de cada projeto, cada um pode gerar maior ou menor economia na sua conta de água. O Aquamax foi projetado para gerar a maior economia possível na sua conta de água, podendo chegar até 50% do seu valor.

100_1293

Entre esses fatores estão reformas, completar o nível da piscina, aumento da tarifa, aumento do número de pessoas na residência por mais de sete dias, banhos mais demorados (inverno) e dois a três banhos por dia (verão), entre outros.

E O DAEMO?

A instalação pode ser realizada por qualquer pessoa, encanador ou bombeiro hidráulico que tenham a mínima noção sobre encanamento, pois o manual além de ilustrativo é auto explicativo. No site da Aquamax tem todas as explicações e até um tira dúvidas, entre eles a questão sempre presente: a companhia de água, no caso de Olímpia, o Daemo Ambiental, permite o aparelho? A resposta é simples e foi confirmada pelo Judiciário: é direito do consumidor instalar o que ele quiser após o hidrômetro, e não antes, claro, assim como um filtro de água potável, equipamentos de jardinagem, o que ele quiser e pagar pelo consumo e, no caso da válvula Aquamax também, porque não vai interferir na aferição do Daemo Ambiental.

produto-350

Fácil de instalar, o Aquamax pode ser usado em residências, condomínios, indústrias etc.

SERVIÇO

Válvula Aquamax para economia de água – Eletrofort Materiais Elétricos

Av. Dr. Waldemar Lopes Ferraz, 879-A, centro, Olímpia.

Site: www.aquamax.com.br

100_1292

Daemo Ambiental convoca candidatos que passaram e anuncia novo concurso público

concursoA Superintendência de Água, Esgoto e Meio Ambiente de Olímpia, convoca os candidatos aprovados no Concurso Público 01/2011 para o provimento dos cargos (relacionados abaixo), conforme resultados publicados por editais anteriormente, para que compareçam à sessão de atribuição de vagas a ser realizada no prédio da Daemo Ambiental.

Os convocados deverão comparecer à sede do DAEMO munidos de documento de identificação, no período de 21 a 25 de novembro de 2011, das 14h às 16h. E saiba também, nesta reportagem, o novo concurso que o DAEMO fará. Leia mais…

Prova do concurso do Daemo Ambiental foi mesmo antecipada, publicará a IOM amanhã

Conforme este Blog havia publicado ontem à tarde, com informação de uma fonte, a prova do concurso público do Daemo Ambiental foi mesmo antecipada para o dia 16, já que, na data original, 23 de outubro, haverá a prova do Enem e, no dia 6 de novembro, a do Enade.

A Imprensa Oficial do Município (IOM) divulgará amanhã, sábado (1º), a antecipação da prova que, por sua vez, será realizada na E.M.E.F. “Santo Seno”, às 10h.

Provas do concurso do Daemo poderão ser antecipadas, e não adiadas, devido ao Enem

concursoA Superintendência de Água, Esgoto e Meio Ambiente de Olímpia (Daemo Ambiental) mudou a data do concurso público que oferece 22 vagas para oito cargos. É que, originalmente, a data original, 23 de outubro, coincidiria com as provas do ENEM (Exame Nacional do Ensino Médio) e, por isso, segundo confidenciou uma fonte ao Blog hoje, quinta (29), a nova data poderá ser antes, e não depois, da original.

A nova data poderá ser dia 16 de outubro, uma semana antes do dia 23, que é a data do ENEM e, por sua vez, a prova do ENADE (Exame Nacional de Desempenho de Estudantes) será no dia 6, mas a alteração definitiva sairá na Imprensa Oficial do Município (IOM) neste sábado (1º). Leia mais…

Daemo Ambiental abre 22 vagas em Concurso Público. Inscrições a partir da próxima 2ª feira

logo-concursoA Superintendência de Água, Esgoto e Meio Ambiente de Olímpia (SAEMO) – o Daemo Ambiental – abriu 22 vagas para 10 funções através de Concurso Público, sendo apenas três delas para cadastro de reserva.

As inscrições serão recebidas nos dias úteis de 29 deste mês ao dia 15 de setembro, sempre das 8h às 11h e das 13h às 16h, no prédio da Estação Rodoviária “Paschoal Lamana”, na avenida Aurora Forti Neves, centro. Clique ao lado para saber mais. Leia mais…

Geninho inaugura sede própria do Daemo e pede união em torno do ‘partido de Olímpia’: “É o que falta para deslancharmos ainda mais”

“Se queriam, no passado recente, pagar R$ 20 milhões pelo Daemo, hoje terão de pagar R$ 1 bi, e mesmo assim não está mais à venda”, disse o prefeito Geninho Zuliani (DEM) ao inaugurar, na noite desta quinta-feira (4), a sede própria da autarquia que, a partir de sua gestão, além da água e do esgoto, já cuida do saneamento básico e do meio ambiente, passando a se chamar Daemo Ambiental.

100_1736

Foi, também, uma noite de contrastes mostrado num vídeo institucional: do velho, do caótico, para o moderno, o funcional, o empresarial. De 1967, ano de sua criação, até recentemente, o Daemo ‘pegava carona’ nos prédios públicos, permitiu que mais de 50% da população desse o calote nas contas de água, chegando, em 2.008, a faturar parcos R$ 300 mil mensais. Hoje, a inadimplência não alcança os 2%, fatura cerca de R$ 800 mil e, com um detalhe: sem aumentar as tarifas, apenas repassando índices inflacionários nos últimos três anos. Leia mais…

Daemo inaugura hoje sede própria, após 44 anos, com menos de 2% de calote e faturando de cinco a seis vezes e sem aumentar a tarifa

Embora já funcionando há alguns meses, a sede própria da Superintendência de Água e Esgoto de Olímpia (SAEMO), que tem o nome fantasia Daemo Ambiental, ainda se utilizando da denominação mais conhecida do público, será inaugurada hoje, quinta-feira (4), às 18h. Nesse dia, serão mostrados audiovisuais revelando o ‘antes e o depois’ e, o principal: hoje, o faturamento é de cinco a seis vezes maior do que na gestão passada e sem aplicar aumentos, apenas reposições inflacionárias nas tarifas.

100_0310

Pela primeira vez, desde a fundação do Departamento, em 1967, hoje elevada à Superintendência, que terá uma sede própria, deixando de ‘pegar carona’ em prédios da Prefeitura e, agora, com o acréscimo de funções ligadas ao saneamento básico e meio ambiente, inclusive gerenciamento do lixo urbano. Leia mais…

Filme publicitário da nova sede do Daemo

Conforme já foi noticiado, inclusive neste Blog, o Daemo Ambiental inaugura sua sede (com nova denominação) na próxima quinta-feira (4), às 18h. Hoje, ficou pronto o filme que será veiculado nas emissoras TV Tem (Tem Notícias 1ª e 2ª edição, Jornal Nacional, Globo Esporte e Tem Esportes) e TV Record (Balanço Geral, Programa do Gugu, Domingo Espetacular). Confira em primeira mão: