Tempestade de poeira em Olímpia e possibilidade de granizo, alerta IPMet

Atenção às fortes chuvas em nossa cidade e região, neste sábado (22), segundo radares do IPMet/Unesp, de Bauru. Possibilidade de chuva forte com granizo em Guaraci, Olímpia e Altair.

CLIMA2

Os radares meteorológicos do IPMet/UNESP, localizados em Bauru e Presidente Prudente, estão detectando áreas de chuvas moderadas a fortes sobre o Estado de São Paulo.

Extensa área de chuva (moderada a forte, acompanhada de descargas elétricas) atinge as regiões oeste, norte, centro-oeste e sul paulista e avança para o centro e leste do Estado (com velocidade média de 45 km/h). As chuvas tem deslocamento para leste/sudeste.

CLIMA3

Neste sábado, áreas de instabilidade se intensificarão sobre o estado de São Paulo, devido a aproximação de uma nova frente fria, provocando chuvas ocasionalmente fortes.

CLIMA

No domingo (23) o tempo permanecerá instável, com muitas nuvens e com chuvas isoladas, devido a passagem da frente fria pelo litoral do Estado de São Paulo. No início da semana, a previsão se mantém com sol entre muitas nuvens e com pancadas de chuva isoladas a qualquer hora do dia.

Chuvas? Talvez venham na frente fria prometida para o início da semana

Massa de ar quente e seco permanecerá influenciando nas condições de Tempo sobre o interior do Estado de São Paulo, mantendo o predomínio de Sol, temperaturas elevadas e baixos valores de umidade relativa do ar até o domingo (19).

clima

Nas regiões leste e faixa litorânea a nebulosidade aumenta proporcionando baixa probabilidade de chuvas fracas e isoladas, devido a proximidade de uma frente frente fria no litoral sul do Brasil.

Entre a segunda (20) e terça-feira (21), uma nova frente fria é prevista atingir o Estado de São Paulo, ocasionando muita nebulosidade e ocorrências de chuvas.

Fonte: IPMet/Unesp Bauru

Está calor, né? Pois vai piorar (e muito) nas próximas horas

Está um calor quase insuportável. E as previsões mandam um recado: a ‘bolha’ de ar quente irá piorar sobre as nossas cabeças dentro das 120 horas. E, pior: ganharemos uma hora de calor graças ao horário de verão.

IMG_3501.JPG

Uma grande massa de ar quente que domina todo o interior do País irá se intensificar ainda mais ao longo das próximas 120 horas, principalmente entre as Regiões Centro-Oeste, Sudeste e parte do Sul.

Como o ar está estagnado sobre a região central da América do Sul, o aquecimento diurno tende a ser ainda mais intenso entre sexta-feira (17), sábado (18) e domingo (19).

O horário de verão, que começa no final de semana, inclusive, terá uma hora a mais de muito calor à maioria da população residente nas regiões atingidas pelo calor intenso dos últimos dias.

Vários municípios, que já atingiram recordes de temperatura absolutos, ou apenas as maiores marcas de 2014, ainda podem registrar novos valores superiores até domingo, pelo menos.

As simulações numéricas mostram que o momento ápice da “bolha” de ar muito quente será entre sábado e domingo e o núcleo mais intenso sobre o nível de 850 hPa (1.500 metros de altitude) estará atuando com força entre Mato Grosso do Sul, Goiás, Minas Gerais, São Paulo e Paraná.

IMG_3502.JPG

Nestes Estados, bem como vem sendo observado, quase que diariamente, os valores de temperatura máxima previstos em superfície devem superar facilmente os 40°C e com grandes chances de extremos próximos de 45°C (à sombra) na tarde de domingo devido à ação do vento pré-frontal, que antecede a chegada de uma frente fria.

Com o ar muito quente ingressando da Amazônia nas camadas mais baixas, o aquecimento tende a ser ainda mais intenso.

O novo sistema frontal previsto pelos modelos deve trazer chuva às regiões que estão sob impacto da onda de calor, a partir de segunda-feira (20).

Fonte: De Olho no Tempo

IMG_3500.JPG

O frio vai permanecer durante a semana com possibilidade de chuvas

A aproximação de uma frente fria causa aumento das nuvens, a partir desta segunda-feira (26) sobre o Estado de São Paulo, e ocorrências de chuvas. A previsão é do IPMet, da UNESP de Bauru.

tempo

Na terça-feira (27) este sistema permanece atuando no Estado, mantendo o tempo nublado com chuvas isoladas e forte declínio das temperaturas.

Na quarta-feira (28), a frente se deslocará para o Rio de Janeiro, e a chegada de uma nova massa de ar frio e seco no Estado de São Paulo, manterá o tempo estável (exceto na faixa leste, onde há previsão de chuvas fracas) e as temperaturas baixas nos próximos dias.

Temperatura sobe durante o dia, mas cairá nas próximas noites

Os radares meteorológicos do IPMet/UNESP, instalados em Bauru e Presidente Prudente, não detectam chuva no Estado de São Paulo, nem nas demais áreas de abrangência. O tempo está limpo na região Norte, assim como sobre Olímpia e comarca.

CLIMA

A máxima para Olímpia neste sábado (27) é de 27 graus e a mínima de 7 graus centígrados. No momento (13h), 22 graus. Na cidade, as temperaturas começam a subir, efetivamente, na terça-feira (30), quando a máxima poderá chegar aos 31 graus e a mínima em 12.

Um sistema de alta pressão atmosférica atua sobre o centro-sul do país, mantendo o ar seco e frio sobre a maior parte do Estado de São Paulo, no dia de hoje.

Apenas na faixa leste há variação de nebulosidade, mas sem chance para chuva.

No decorrer dos dias, as temperaturas sobem, mas ainda faz frio durante a noite ao início das manhã. Não há previsão de chuva até o início de agosto, pelo menos.

A mais forte massa de ar polar passa nesta terça-feira pelo Estado

Uma frente fria ainda influencia o tempo no Estado de São Paulo, mantendo muitas nuvens e provocando chuvas fracas na noite desta segunda-feira (22) e também durante a manhã e tarde da terça-feira (23) em diversos pontos do Estado de São Paulo, mas principalmente na Faixa Leste (Vales do Paraíba e do Ribeira, Grande São Paulo e litoral).

No momento, em Olímpia, 10 graus (2h36). E vai cair ainda mais.

frio

A temperatura já começa a cair na noite de segunda-feira, mas a nebulosidade impede que os termômetros despenquem. Desta forma, as mínimas ficam entre 10°C (sul paulista) e 15°C (norte do Estado). Porém, com o avanço de uma forte massa de ar polar – a mais forte do ano – a terça-feira será gelada, pois as temperaturas não sobem. As máximas, de uma forma geral, não passam dos 20°C.

Como o tempo abre no decorrer da terça-feira, o frio se intensifica na noite e na madrugada de quarta-feira (24), com mínimas de até 0°C no sul do estado e entre 0°C e 6°C nas demais áreas. Pode gear em muitas cidades, inclusive em Bauru, e a sensação térmica é de temperaturas negativas. Caso os valores previstos se confirmem, será o frio mais intenso desde 2011.

Volta a chover no estado entre o final da quarta-feira e o frio se manterá durante toda a semana.

Frente fria e chuva. E a semana começa com mais frio

Frente fria sobre o Estado de São Paulo, causando muita nebulosidade e ocorrências de chuvas sobre o Estado de São Paulo. Chove neste momento (21h08) sobre a cidade de Olímpia.

clima

Os radares meteorológicos do IPMet/UNESP, instalados em Bauru e Presidente Prudente, detectam áreas de chuvas com intensidade fracas a moderadas, sobre o Estado de São Paulo. As chuvas apresentam deslocamento de oeste para leste com velocidade, aproximada , de 50 km/h.

O tempo continua instável durante o fim de semana, com muita nebulosidade e ocorrências de chuvas, as quais poderão ser de forte intensidade e acompanhadas por descargas elétricas.

Na segunda-feira (22/07), o tempo melhora, na maior parte do Estado. Na terça-feira (23/07), haverá forte declínio das temperaturas devido a entrada de uma massa de ar frio.

Chuvinha de fim de domingo, mas tempo vai mudar até quarta-feira

Os radares meteorológicos do IPMet/UNESP, instalados em Bauru e Presidente Prudente, detectam chuvas isoladas no norte do estado de São Paulo, nas cidades de Tanabi e Monte Aprazível, com intensidade entre fraco e moderado.

chuvinha

Em Olímpia, também cai neste momento – 23h15 – uma precipitação bem fraca. A tendência é passar logo.

Uma área de baixa pressão atmosférica mantem o tempo estável na maior parte do Estado de São Paulo neste domingo (9), e também na segunda-feira (10). Faz calor à tarde.

Na terça-feira (11), o sol também predomina, mas instabilidades começam a se formar entre São Paulo e Paraná, provocando chuvas isoladas e com intensidade entre fraco a moderado em cidades paulistas próximas à divisa com o Paraná.

Na quarta-feira (12), uma fraca frente fria avança por São Paulo, provocando mais nebulosidade do que chuvas. Não é esperada queda das temperaturas após a passagem deste sistema.

Chuva forte na região nesta tarde, segundo radares de Bauru

Os radares meteorológicos do IPMet/UNESP, instalados em Bauru e Presidente Prudente, detectam um alinhamento de chuvas, moderadas a fortes, associado a uma frente fria, que estende-se desde o leste do Mato Grosso do Sul ao leste de São Paulo. As chuvas deslocam-se na direção norte/nordeste, com velocidade média de 60 km/h.

clima

Neste momento os radares detectam chuvas nas regiões sudoeste, noroeste, centro-oeste, sul, sudeste, central e leste do Estado. Deslocamento de chuvas fortes em direção aos municípios de São José do Rio Preto, Catanduva, Pindorama, Motuca e Guariba.

Uma frente fria avança pelo Estado de São Paulo, causando chuvas. Este sistema desloca-se para o Rio de Janeiro no decorrer do dia de hoje, mas mantém o tempo com muitas nuvens e com chuvas fracas após sua passagem.

Estas condições persistem até na segunda-feira (03)na maior parte do Estado, com ocorrência de chuvas principalmente nas regiões norte, nordeste e leste.

No decorrer da segunda-feira, o tempo começa a melhorar a partir do oeste e sul do Estado, com ligeira queda nas temperaturas.

Na terça-feira (04) e quarta-feira (05) as condições é de Tempo estável, com predomínio de sol, na maior parte do estado paulista.

Falta de visibilidade ocasiona desvio de aeronaves em Rio Preto

Por causa da chuva e da falta de visibilidade, duas aeronaves não pousaram durante a madrugada no aeroporto de São José do Rio Preto (SP) nesta quinta-feira (30). A umidade relativa do ar, às 6h era de 89%, com temperatura de 18°C. O aeroporto teve que ser operado por instrumentos.

aero-rio-preto

Um voo da Passaredo, que vinha de Ribeirão Preto (SP), não desceu e voltou para a cidade de origem. Os embarcaram em ônibus fretado pela empresa e vieram até a cidade, mas tiveram que aguardar no saguão para embarcar novamente junto a outros passageiros que aguardam pelos voos desde a madrugada.

Outro voo, da Azul, que vinha de Campinas (SP) voltou para Viracopos. Os passageiros também aguardam para o embarque. As duas companhias aéreas foram procuradas, mas ainda não enviaram posicionamento. (G1)

Tempo continua chuvoso e permanece frio inclusive no feriado

Os radares meteorológicos do IPMet/UNESP, instalados em Bauru e Presidente Prudente detectam chuvas, com intensidades de fracas a forte sobre o Estado de São Paulo, inclusive sobre a região de Olímpia, algumas acompanhadas por descargas elétricas.

climahoje

Pela manhã, chuva forte nos municípios de: Pacaembu, Florida Paulista,Lucélia, União Paulista, Nipoã, Olímpia, Cajobi, Urupês, Marapuã, Itajobi, Ariranha, Fernando Prestes, Santa Adélia, Ibitinga, Tabatinga e Nova Europa.

20130529_083703

Confira a intensidade da chuva destas primeiras horas da manhã pela rua Américo Brasiliense, em Olímpia, filmada por Gustavo Luppi:

As instabilidades persistem sobre o Estado de São Paulo ao longo desta quarta-feira(29)ocasionando chuvas, as quis, podem ser de forte intensidade e acompanhadas por descargas elétricas.

As chuvas ocorrem de forma intermitente, alternadas com breves períodos de melhoria. As temperaturas, continuam baixas.

Esta condição de tempo instável permanece no decorrer desta quinta-feira (30), melhorando no final do período a partir do oeste do Estado.

20130529_083534

Na sexta-feira (31) o tempo fica mais estável, porém, permanece com condições para ocorrências de chuvas isoladas, principalmente no setor mais ao norte do Estado.

Chove em quase todo o Estado e vai esfriar no feriado. Com chuvas

Os radares meteorológicos do IPMet/UNESP, instalados em Bauru e Presidente Prudente, detectam uma grande área com chuvas fracas a fortes, sobre o Estado de São Paulo, algumas acompanhadas de descargas elétricas, que se desloca do oeste e para leste,com velocidade em torno dos 55 km/h. Em Olímpia também chove, já escurecendo o céu às 17h.

clima

Também chove no Paraná e no leste do Mato Grosso do Sul, inclusive com ocorrência de tempestades.

Nesta terça-feira (28/05), áreas de chuva, associada a presença de um sistema de baixa pressão que atua sobre o Estado de São Paulo, provoca chuvas e trovoadas.

Nova frente fria atinge o Estado de São Paulo na quinta-feira (30), mantendo as condições de instabilidade, com muita nebulosidade e ocorrência de chuvas, que podem ser de forte intensidade.

Na sexta-feira (31) o tempo fica menos instável, porém, permanece com condições para ocorrências de chuvas isoladas.

Chuvas continuam no interior paulista, segundo o IPMet

 

Os radares meteorológicos do IPMet/UNESP, instalados em Bauru e Presidente Prudente, detectam áreas com chuvas fracas a fortes, algumas acompanhadas de descargas elétricas, que se deslocam de oeste para leste,com velocidade em torno dos 55 km/h, atingindo as regiões oeste, centro-oeste, sudoeste, sul, sudeste, centro, centro-leste e leste do Estado.

clima

Também chove no Paraná e no leste do Mato Grosso do Sul.

Previsão de chuvas fortes com descargas elétricas na manhã desta terça (28) em direção às cidades de Presidente Alves, Gavião Peixoto, Ribeirão Bonito , Rio Claro, Araraquara e Campinas.

Chuva continua intensa e com descargas elétricas na região

Olímpia foi castigada por volta das 14h por fortes chuvas, descargas elétricas e muito granizo, causando trabalho, que ainda persiste, para o Corpo de Bombeiros e Defesa Civil da cidade. Consta que ocorreram dois destelhamentos mais sérios, e as demais ocorrências foram de árvores caídas e fiação que, por causa do vento intenso, entrou em curto em alguns casos.

clima

O mapa indica que a chuva está mais intensa, neste momento, em Barretos, Guaíra e Morro Agudo. Em Olímpia, apenas uma pequena condensação de nuvens.

Os radares meteorológicos do IPMet/UNESP, instalados em Bauru e Presidente Prudente, estão detectando áreas de chuvas fracas a fortes, algumas com descargas elétricas no Estado de São Paulo. As chuvas deslocam-se para leste, com velocidade em torno de 45 km/h.

Madrugada gelada e com muita névoa sobre Olímpia

Por volta da 1h, a temperatura despencou, o ar gelou e a névoa cobriu postes e prejudicou a visibilidade em Olímpia. E não é para menos: segundo os radares do IPMET/Unesp, de Bauru, neste final de semana (25 e 26/05), a tendência é de diminuição da nebulosidade e da chuva sobre o Estado de São Paulo. As temperaturas continuam em declínio.

DSC_2631

No início da próxima semana (27 e 28/05), as condições de instabilidade aumentarão, propiciando o aumento da nebulosidade e a ocorrência de chuvas sobre São Paulo.

Portanto, se prepare e tire o guarda-chuva do armário.

Tempo começa a mudar neste final de semana

Os radares meteorológicos do IPMet Unesp/Bauru indicam que há pontos isolados de chuvas no Estado de São Paulo nesta sexta-feira (17).

clima

Céu nublado a parcialmente nublado, com previsão de chuvas isoladas no litoral, norte e nordeste do Estado. Ventos de quadrante sul/sudeste, fracos a moderados.

Frente fria avança pelo litoral do Estado de São Paulo, com fraca intensidade, e desloca-se gradativamente para o estado do Rio de Janeiro no decorrer desta sexta-feira (17/05).

Na retaguarda deste sistema uma massa de ar frio avança em direção ao Estado paulista, diminuindo a nebulosidade e declinando as temperaturas neste final de semana.

No litoral norte e nos setores nordeste e leste, ainda podem ocorrer chuvas fracas, devido a proximidade da frente fria e aos ventos úmidos que sopram do mar até o sábado (18/05).