Rossi e Efácil lançam hoje no Cote Gil sistema de casas modulares

Surge em Olímpia a modalidade mais prática, funcional e rápida, de se obter a casa própria. A Imobiliária Rossi, em parceria com a Construtora Efácil, todos empreendedores da própria cidade, lançam neste sábado, a partir das 9h, o sistema de Casas Modulares, ou seja, o comprador pode montar, como quiser, e como puder, a sua casa, de acordo com as opções que serão reveladas no lançamento. Será na rua Maria Cote Gil, 14, que, inclusive, contará com uma casa modelo.

casas-modulares3

A ideia, segundo os empreendedores, surgiu da diversidade de interesse das pessoas em construir seus imóveis, e da necessidade de criar um projeto que atendesse a cada vontade e se aproximasse da casa ideal.

casa_B4_interna1w

Então foi criado um novo conceito em construção, Casas Modulares, através da parceria entre a Imobiliária Rossi e a Construtora Efácil formada pelo experiente arquiteto Paulo Ittavo e o empresário Rodrigo Augusto de Oliveira.

casa_A1_interna1w

EFÁCIL

A empresa nasceu da união dos empresários Rodrigo Augusto de Oliveira e Paulo José Ittavo, no intuito de aproveitar a experiência de ambos para o desenvolvimento dos seus produtos. O primeiro com a experiência voltada para a área industrial, onde atua a mais de 20anos com a empresa FIDO, e o segundo, já na área da construção civil, com o Escritório de Projetos, onde também atua a mais de 20 anos. Dessa união nasce uma empresa com a característica de industrialização no que tange ao processo construtivo e ao mesmo tempo com a versatilidade dos projetos bem elaborados.

lazer_02w

A parceria vem de encontro com a profissionalização do processo. È uma complementação das etapas a serem desenvolvidas dentro do processo. A Imobiliária, com a sua experiência em vendas e na analise da melhor forma do cliente adquirir seu financiamento e a construtora nos projetos, orçamentos e execução da obra. Ou seja, cada um desempenhando a atividade na qual é profissional.

panfleto-(1)

Sorteio Harmonia: não é obrigatória a presença do inscrito, informa vice-prefeito

Ao contrário do que foi divulgado, dias atrás, pela Prefeitura de Olímpia, não será obrigatória a presença do inscrito no programa Residencial Harmonia (Minha Casa, Minha Vida 2), no sorteio que será realizado das 703 casas (nove já foram destinadas para famílias vítimas de enchentes no bairro São Benedito), sábado (12), no Recinto do Folclore, através da Secretaria de Assistência e Promoção Social.

harmoia

A senha correspondente a cada inscrito poderá, caso o interessado queira, ser colocada na urna – após ser-lhe entregue por um membro da organização. Mas, isso também não é obrigatório: até ás 11h, a equipe estará aguardando a presença dos inscritos, e quem não comparecer, concorre da mesma forma: a organização depositará, após às 11h, todas as senhas que não foram colocadas, individualmente, pelo interessado presente no Recinto.

“Os portões serão abertos a partir das 8h para quem quiser acompanhar e colocar sua inscrição na urna para sorteio, cuja oportunidade encerrara às 11 horas. Não é obrigatória a presença do concorrente, todos os inscritos terão suas inscrições colocadas na urna pela organização”, ressaltou o vice Gustavo Pimenta.

Ao meio dia, ocorrerá no palco central com várias testemunhas, autoridades e representantes da CEF o sorteio dos 703 titulares, serão sorteados 22 idosos, 22 deficientes, 660 no geral e mais 1.500 suplentes, os nomes vão ser analisados pela Caixa Econômica Federal depois para habilitação de documentos e confirmação.

“Nós fazemos o sorteio ‘indicação’ que vai determinar se o sorteado está ou não apto para ser agraciado será a Caixa”, disse Gustavo.

Ele informou que existem mais nove casas sociais retiradas do total que foram direcionadas para população desabrigada das enchentes e os imóveis que foram interditados pela Prefeitura, portanto serão sorteadas 703. “É importante ressaltar que a Prefeitura sorteia a casa, mas a aprovação se dá junto à Caixa Federal”, disse.

No total foram inscritos 4.080 candidatos ao sorteio, destes 120 deficientes e 358 idosos, 3.602 geral.

O vice informou que o sorteio será transmitido pela Rádio Menina AM. A casa sai no nome da mulher. A metragem, tanto da casa, quanto do terreno, são iguais ao do Morada Verde, e com sistema de aquecimento central para economizar energia e tornar a casa ainda mais social e econômica. Todas as casas possuem laje, dois quartos, e 41,20 metros quadrados de área construída, com piso cerâmico, terreno padrão de 160 metros quadrados, com toda infraestrutura pronta, água, esgoto, galerias pluviais, eletricidade e asfalto.

CRONOGRAMA

8h – Abertura dos Portões

11h – Encerramento da colocação das senhas na urna de sorteio – Não é necessária a presença do inscrito para colocação de senha na urna, todos os nomes serão colocados pela equipe da Secretaria de Assistência Social.

12h – Sorteio