Unimed Rio Preto não tem nada a ver com ‘quebra’ da Paulistana, diz nota

Publicado em 06 de setembro de 2015 às 23h41
Atualizado em 06 de setembro de 2015 às 23h42

A ‘quebra’ da Unimed Paulistana em nada afeta a Unimed de São José do Rio Preto. É o que afirma a nota da instituição após a divulgação, pelo Diário de Olímpia, na última quarta-feira (2), de que a crise no sistema de saúde complementar no Brasil se agravou hoje com a decisão da ANS sobre a Unimed Paulistana. A operadora terá de entregar sua carteira de clientes para um outro administrador em 30 dias, a contar da data da notificação, publicada naquela quarta-feira no “Diário Oficial da União”.

unimed

A repercussão da notícia causou mal-estar em alguns usuários. “Muitos clientes acham que o problema tem reflexo na Unimed Rio Preto, mas não tem”, assegura a assessoria de imprensa ao Diário.

A NOTA OFICIAL

Diz a nota encaminhada ao Diário de Olímpia que:

“Com relação ao processo de alienação compulsória da Unimed Paulistana, esclarecemos que em nada afeta o funcionamento da Unimed São José do Rio Preto. Todas as Unimeds são independentes entre si, com carteiras de clientes e administração próprias, por isso, tais fatos dizem respeito exclusivamente à Unimed Paulistana.

Unimed Rio Preto Coluna do Beck

“Atualmente, a Unimed Rio Preto possui 240 mil clientes e 1.400 médicos cooperados. A situação financeira da cooperativa rio-pretense é totalmente estável e segura. Os clientes continuam com atendimento garantido na cidade de São Paulo em caso de necessidade por meio do intercâmbio, com total respaldo dos prestadores de serviços médicos da Federação das Unimeds do Estado de São Paulo – Fesp”.

Assunto(s):

Leia também:

Faça um comentário