Secretaria de Saúde participa de Encontro Regional do Mais Médicos

Publicado em 18 de dezembro de 2014 às 16h41
Atualizado em 18 de dezembro de 2014 às 16h43

A Secretaria de Saúde de Olímpia, em parceria com o Ministério da Saúde, realizou no sábado (13), no Centro de Convenções do Tuti Resort, o Encontro Regional do Programa Mais Médicos, com a presença de representantes do Ministério da Saúde, do Ministério da Educação e Cultura – MEC, além de representantes do Governo Municipal e médicos intercambistas das regiões de Catanduva, Bebedouro, Olímpia e Barretos.

mais-medicos-(2)-(1)

Na ocasião, foram desencadeados os trabalhos de discussão de casos de DST, análise e estudo em grupos dos possíveis diagnósticos, diferenciação das características, sinais e sintomas e tratamento de sífilis pelos supervisores do Programa Mais Médicos juntamente com os médicos intercambistas.

Foi apresentada a cartilha de orientação de prevenção às DSTs, desenvolvida pelo setor de Informação, Educação e Comunicação da Secretaria de Saúde – IEC, que são entregues pelas médicas cubanas que atuam nas unidades de saúde de Olímpia à população, como material educativos.

Também relatado e explicado todo o fluxo de atendimento na rede de saúde de Olímpia, pela diretora da Atenção Básica de Olímpia, Rosa Maria de Carvalho, bem como o protocolo de abordagem e tratamento de DST, do Ministério da Saúde, pelos médicos Hirome e João Marcelo, que estimulou uma reflexão sobre o atendimento na atenção primária, dos direitos e deveres de todos.

mais-medicos-(3)-(1)

“O momento foi muito produtivo, com troca de experiências, das diferenças nos vários municípios e realidades na assistência à população. É através da troca de experiências que podemos avaliar nossas ações, nosso método de trabalho, aprender novas abordagens, desenvolver o atendimento à população. Esse encontro é uma oportunidade de cada município aprender com os erros e acertos dos outros. E os médicos intercambistas passam a conhecer melhor o trabalho realizado nos municípios em que atuam, trocam ideias e informações sobre ações”, explicou Rosa.

Assunto(s):

Leia também:

Faça um comentário