Santa Casa de Barretos capta sete órgãos de doadora da região

Publicado em 08 de agosto de 2015 às 15h16
Atualizado em 08 de agosto de 2015 às 15h17

A Santa de Casa de Barretos identificou uma doadora de órgãos, que sofreu morte encefálica. No último dia 7, através da autorização e de um gesto generoso da família, foi feita a retirada de ossos, dois rins, fígado, pâncreas e das duas córneas.

Estes órgãos beneficiarão seis pessoas, que já fazem parte do Cadastro Central de Transplantes e estão na fila de espera, além dos ossos irem para o Banco de Ossos, ficando assim, disponíveis para serem utilizados em diversas possibilidades.

No país, neste semestre, pela primeira vez desde 2007, houve uma diminuição na taxa de potenciais doadores, de doadores efetivos e no número de transplantes de rim, de fígado e de pâncreas, em relação ao ano anterior.

Este é um ato de generosidade, grandeza e amor ao próximo realizado pela família, em um momento de extrema dor.

Atitudes como essa tem ajudado inúmeros pacientes em todo Brasil, que necessitam de transplante para continuar vivendo. A Santa Casa de Barretos parabeniza esta família.

Assunto(s):

Faça um comentário