Puttini revela que IAMSPE acerta credenciamento, exceto de ortopedistas

Publicado em 24 de março de 2014 às 15h48
Atualizado em 24 de março de 2014 às 15h49

O presidente da Câmara, vereador Beto Puttini (PTB), informa a situação atual do credenciamento do IAMSPE (Instituto de Assistência Médica ao Servidor Público Estadual), em Olímpia. Segundo ele, estão aptos ao atendimento: Adriana Rivoiro – Ginecologista,  Carlos Renato – Ginecologista, Bruna Somilio – Dermatologista, Guilherme Kiill Jr. – Oftalmologista, Suelen Mazer – Endocrinologista.

IMG_0100_thumb

E, dentro de quinze dias, aproximadamente, assinando convênio com Otávio Lopes Ferraz – Cardiologista e Clínico Geral. E, em fase de credenciamento, aguardando abertura de conta e certidões, Bijoti – Pediatra e Matheus Sgarbi – Otorrino.

Quanto a laboratório de análise clínica, Beto revela que o próximo edital ainda neste semestre será incluída a cidade de Olímpia.

“Gostaríamos de salientar que todo este trabalho esta sendo realizado com muita dedicação, pois o Iamspe exige vários documentos para o credenciamento, e na maioria das vezes os profissionais não tem tempo para ir atrás da documentação, desta forma nós mesmos estamos providenciando e enviando, mas tem algumas ações que somente o profissional pode realizar, onde ficamos no aguardo conforme o seu tempo”, assinala o presidente da Câmara.

“Infelizmente não conseguimos credenciar nenhum médico Ortopedista, pois todos os profissionais desta especialidade em nossa cidade não se interessaram”, acrescenta Beto Puttini, mas ele ainda tem esperança de que “o Guto Lopes Ferraz venha ainda este ano para Olímpia para podermos credenciá-lo, lembrando que obtivemos a liberação de  mais oito especialidades: Geriatria, Urologia, Gastrenterologia, Vascular, Neurologia, Pneumologia, Nefrologia e Reumatologia, mas só valerão na hora que completarmos as primeiras já autorizadas, ou seja, enquanto não conseguirmos o Ortopedista,  ficaremos impossibilitados de cadastrar novos profissionais”.

Assunto(s):

Leia também:

3 comentários

  1. anderson disse:

    e o aumento do iptu que ele votou a favor não vai falar nada nesse site?

    • Leonardo Concon disse:

      O IPTU não aumentou, e sim o valor venal foi reajustado. Como o assunto é polêmico, prefiro aguardar o desenrolar dos fatos. Mesmo porque o assunto é tratado como bandeira política e isso não faço. Em muitos casos, o IPTU (ou, o valor venal, como prefere) foi reduzido em até 50% com a revisão solicitada. E outros, como é o caso da Folha da Região, que mesmo construindo, teve o IPTU reduzido automaticamente. Daí, casos e casos, não se pode nivelar, como muitos fazem de forma ignorante.

Faça um comentário