Obras da UBS da São José estão em fase conclusiva ao custo de R$ 610 mil

Publicado em 12 de setembro de 2014 às 10h56
Atualizado em 12 de setembro de 2014 às 10h56

A Secretaria de Saúde da Estância Turística de Olímpia está ampliando a Unidade de Saúde Dr. Francisco Figueiredo Filho, no bairro São José. A ampliação da unidade faz parte de um projeto desenvolvido pela Secretária Silvia Elizabeth Forti Storti, que conseguiu juntamente aos Governos Federal e Estadual verbas num valor total de R$ 610 mil, para adequação do prédio e requalificação da unidade.

sao-jose-(1)

Os projetos foram inseridos com base no Programa de Requalificação de UBS, do Governo Federal, e o Programa Qualis UBS, do Governo do Estado de São Paulo. Para avaliar o andamento das obras, a Secretária de Saúde, juntamente com o Secretário de Obras de Olímpia, Luis Biagi, visitou as obras e avaliou as futuras instalações da unidade. Na ocasião, Silvia e Luis aproveitaram para rever os últimos ajustes necessários para a conclusão das obras.

O Programa de Requalificação de UBS é uma das estratégias do Ministério da Saúde para a estruturação e o fortalecimento da Atenção Básica. Por meio do programa, o MS propõe uma estrutura física das Unidades Básicas de Saúde, acolhedoras e dentro dos melhores padrões de qualidade, que facilite a mudança das práticas das equipes de saúde.

sao-jose-(3)

No programa, as UBS’s são divididas em dois grupos: unidade de porte 1, com uma equipe de Estratégia de Saúde da Família, ou porte 2, com no mínimo três equipes de ESF. A UBS do Jardim São José está passando pela ampliação para se enquadra no porte 2. O empenho da Secretária de Saúde foi em desenvolver um projeto dentro dos novos padrões do Ministério da Saúde que garantisse conforto e qualidade aos usuários. “A nova área construída da unidade, com acesso direto pela Avenida José Rodrigues da Silva, foi totalmente projetada para garantir um bom atendimento ao usuário. Através do projeto desenvolvido junto ao Governo Federal, conseguimos a verba no valor de R$ 400 mil, onde foi possível construir uma unidade que será exemplo regional. Teremos três consultórios médicos, consultório de enfermagem, consultórios odontológicos para adultos e outro para bebês, uma sala com banheiro para os ginecologistas, toda a qualidade, privacidade e segurança necessários. É uma obra magnífica, que trará somente benefícios à população local”, informou a secretária Silvia.

Ainda como parte da obra, a Secretaria de Saúde conseguiu também aderir ao Programa Qualis UBS, da Secretaria do Estado de Saúde, por meio do qual foram liberados R$ 210 mil para ampliação da unidade já existente.

No final da obra, com previsão de conclusão para o início de outubro, a unidade contará com uma ampla área construída, com sala de reuniões para as equipes de estratégia e salão para realização de grupos como os de gestantes, tabagismo e terceira idade. “Com esta nova estrutura, a unidade ficará muito melhor equipada, os funcionários e as equipes de estratégia terão maior espaço para desenvolverem suas atividades e grupos de apoios. A população será quem mais ganhará com essa ampliação. É uma obra totalmente adequada e necessária para uma região com população em torno de 15 mil habitantes. Há anos as Unidades de Saúde de Olímpia aguardavam obras de ampliação, era uma necessidade que sempre foi ignorada em outras gestões. A secretária Silvia não apenas reformou e ampliou todas as unidades de saúde, como também conseguiu esta imensa conquista à população do Jardim São José”, concluiu Aparecida Nicéia Mattos Mussolin, gerente do Distrito Sanitário II de Olímpia.

baguacu-(1)

Obras na Unidade de Baguaçu

Ainda em ocasião da vistoria realizada pelos Secretários de Obras e Saúde na unidade do Jardim São José, a Unidade de Saúde Dr. Gilberto Vicente Mora, no distrito de Baguaçu também foi vistoriada.

Na ocasião, o Secretário de Obras avaliou o andamento da ampliação, juntamente com a Secretária Silvia, e discutiram sobre os possíveis projetos anexos à unidade, como uma academia e uma horta comunitária. “São apenas ideias iniciais. Ainda temos que terminar a obra e verificar o fluxo de atendimento da unidade, mas temos espaço para fazer mais, e discutiremos que ações poderiam ser desenvolvidas pela equipe de estratégia aqui no distrito, de modo a melhorar a qualidade de vida da população”, finalizou Silvia.

Assunto(s):

Leia também:

Faça um comentário