Moradores protestam, de novo. Polícia e CRM investigam morte de criança

Publicado em 24 de setembro de 2013 às 9h46
Atualizado em 24 de setembro de 2013 às 20h49

Mais um protesto chamou a atenção nas ruas nesta segunda-feira (23), na avenida Constitucionalista de 32, bairro Santa Ifigênia.

foto1-do-leitor

Fogo, muita fumaça e várias explosões. Tudo isso em meio a crianças. A Polícia Militar, que foi pega de surpresa, acompanhou toda a movimentação. Com cartazes e gritos de ordem, os manifestantes interromperam o trânsito na avenida da periferia da cidade e demonstraram indignação contra a precariedade do sistema público de saúde.

foto2-do-leitor

Segundo os policiais, mais de 500 pessoas participaram da manifestação. O grupo reuniu ainda amigos e parentes de um menino de 10 anos que morreu na última terça-feira (17), depois de torcer o pé na escola.

foto3-do-leitor

Ele chegou a ser levado a várias unidades de saúde do município até ser transferido para um hospital de Catanduva (SP), onde os médicos constataram uma infecção rara, que se fosse descoberta a tempo poderia ter sido tratada. A família acredita em negligência.
A prefeitura de Olímpia disse que não reconhece a manifestação. O delegado que investiga a morte do menino ouviu o pai da criança nesta segunda-feira (23), mas não acrescentou novidades na investigação. A avó do menino deve prestar depoimento novamente.

O delegado já pediu à Unidade de Pronto Atendimento as fichas que mostram o que foi registrado em cada atendimento. Uma sindicância também está em andamento pelo Conselho Regional de Medicina. (G1)

Assunto(s): ,

Leia também:

10 comentários

  1. Mario disse:

    VERGONHA…

    Olímpia está abandonada pelos seus dirigentes. Não é só na saúde e sim a cidade toda.

    No caso do menino, punição EXEMPLAR aos culpados. A família da criança lembrará pra sempre de como é a saúde publica em Olímpia.

    • Leonardo Concon disse:

      Eu só acho que não devemos julgar, porque é o mesmo caso do professor acusado de abusar da criança e, depois que ele saiu algemado e tudo o mais, descobriram (e este Diário publicou com exclusividade) que o ânus do moleque estava inflamado, sim, mas era de acerola que tanto ele comeu. Julgar é fácil. Não vou aceitar julgamentos precipitados enquanto não sair o laudo decisivo. Depois da flecha lançada, não tem retorno e a cicatriz falta. Vou, sim, publicar os verdadeiros culpados, sejam quem for, tanto de um lado, quanto de outro.

      A mesma coisa do menino afogado no clube da cidade. Jogaram pedras em todos, menos nos parentes que abandonaram o menor, sem bóia, na beira da piscina. Averigue na polícia e verá de quem foi a negligência.

  2. Guto disse:

    Desculpa Sr. Concon, mas na minha visão o Mário não está julgando ninguém. Apenas pediu punição aos “CULPADOS” e disse que a cidade está abandonada, como de fato está. E quem governa a cidade? Senhor prefeito, secretários e vereadores. Neste caso, realmente não sabemos ainda de quem foi o erro, mas a saúde (educação, transporte, etc) precisam melhorar muito, não só em olímpia, mas no Brasil todo.

  3. Mario disse:

    Não tem julgamento nenhum, apenas desejo de melhora e punição a culpados.

    Teve uma vida que se foi

  4. Eliana disse:

    Fiquei chocada com morte deste menino, e sei que ainda virão outros, e que a punição não acontece como se deve, quanta falta de humanidade.

  5. João Aquino disse:

    O problema vem la de cima… não é apenas em Olímpia… Acordem, liguem suas Tv’s, mas não na novela, e sim em um noticiário decente e sem manipulação em massa. Não adianta ficar aqui resmungando por esses acidentes, se todo mundo não tomar vergonha na cara e ir pra rua, vai continuar assim eternamente. E isso é pra vc, pai, mãe que acha que tudo isso são apenas jovens, drogados, e revoltados fazendo baderna. Acorde, se você não quer colocar sua mão no fogo por seu país, então cale-se, a sua opnião é uma grande decepção para essa nova geração de jovens, e nao adianta reclamar, pois eles são o futuro, e vc foram o passado que nunca queremos nos recordar.

  6. marcelo disse:

    Lamentamos a morte do garoto, porem a outros meios de se manifestarem para jamarem a atenção dos politicos, não podemos concordar com o fechamento da Avenida Constitucionalista com pneus e ainda colocaram fogo, quem estava lá viu pessoas transportando gasolina perto das crianças, fumaça tóxica, podemos nos manifestar pacificamente, ai vai meu alerta poderia ter acondecido outro acidente.

  7. micheli disse:

    Fico indiginada com oque aconteceu com essa crianca conheco pessoas que foram na upa e as enfermeiras mandaram ir embora pois nao tinha nada e eu gostaria de saber do prefeito por que nao teve a filha dele aqui na santa casa por que quando alguem da familia dele ficar doente ele nao os levem a upa e espere como temos que esperar que tome soro ou dipirona que e oque eles dao oo o prefeito nao prescisa ne nao foi o filho dele que morreu ele nao vai ter que ficar olhando para a lembrancas da crianca que veio a falecer e sim uma familia de origem humilde que tem que estar mendigando por atendimento fique aqui minha indiginacao

    • Leonardo Concon disse:

      Por que não espera sair a apuração dos fatos? Por que não lê um pouco mais sobre a bactéria que o rapaz tinha? E que já causou a morte de outras duas pessoas que, também torceram os pés, e morreram em Olímpia? Por que não vê o prontuário direito antes de julgar as pessoas? É o mesmo caso do menino que encheu o rabo de acerola e todo mundo achou que foi o professor que o assediou. Odeio pré-julgamento e povo querendo fazer média. Comentários trancados. Até que saia o julgamento.