AMA lidera movimento para municípios fecharem convênio com a AACD

Publicado em 29 de janeiro de 2014 às 18h25
Atualizado em 29 de janeiro de 2014 às 18h43

A AMA – Associação dos Municípios da Araraquarense vai convocar os municípios associados para firmar convênio com a AACD – Associação de Assistência à Criança Deficiente para equilibrar as contas da entidade. “Assumi esse compromisso com a diretoria da AACD e espero nos próximos dias anunciar os primeiros convênios com a associação”, declara o presidente da AMA, Geninho Zuliani, prefeito de Olímpia.

ama-aacd1

Zuliani reuniu-se, nesta quarta-feira (29/1), às 10h30, com a diretoria da unidade de Rio Preto da AACD para discutir a crise financeira que a entidade enfrenta. Ele foi recebido pela presidente Adriane Albuquerque Cirelli e pelo diretor Aluízio Achcar.

O encontro foi programado para colocar a AMA como canal para estabelecer convênios com as cidades associadas e que têm moradores em tratamento na unidade de São José do Rio Preto. “Acredito que se houver a união de todos será possível equilibrar as contas da AACD e impedir a interrupção do tratamento das crianças que procuram a entidade”, afirma Geninho.

Atualmente, a unidade da AACD de Rio Preto é mantida com recursos do SUS – Serviço Único de Saúde, no valor de R$ 10 mil, por mês; da Prefeitura de Rio Preto, no valor de R$ 140 mil mensais; por campanhas de arrecadação; e ajuda de colaboradores. A AACD atende a 257 cidades, de dez estados da Federação. Dessas, 107 cidades são associadas à AMA.

No mês passado, a Prefeitura de Rio Preto, que arca com a maior parte de recursos, ameaçou cortar a verba de manutenção, alegando que os demais municípios que utilizam a entidade não colaboram. “Nós viemos, hoje, conhecer o funcionamento da AACD e de que forma foi definida a sua manutenção”, informa Geninho. “O nosso propósito é colaborar com a AACD. Todos sabem da importância da entidade e do trabalho sério que desenvolve na recuperação de crianças e adultos com deficiências. Ninguém pode ficar alheio ao problema”, afirma.

Atualmente, dos 1.853 pacientes cadastrados na AACD, 1.287 moram nas cidades abrangidas pela AMA. A cidade de Rio Preto, a maior da associação de municípios, encaminha 506 pacientes. Dos 607 pacientes em atendimento, 426 são de cidades associadas à AMA, sendo 168 só de Rio Preto. “Os números demonstram que a maior parte dos pacientes mora em cidades associadas à AMA. Portanto, é nossa obrigação colaborar para que eles continuem sendo atendidos”, declara Geninho.

Ao final da reunião, ficou definido que a AMA reunirá um grupo inicial de prefeituras para assinar os convênios de subvenções com a AACD. A instituição ficou encarregada de levantar os aspectos legais para que os convênios possam ser firmados. “Agendamos uma reunião para o próximo dia 12. Não posso obrigar os prefeitos a destinar recursos para a AACD. Acredito que terei uma boa receptividade e que muitos irão colaborar. Vamos procurar conscientizar todos e certamente na próxima reunião já deveremos ter boas notícias”, diz Geninho.

A AMA é uma associação que reúne 124 municípios do Noroeste do Estado de São Paulo. Tem por finalidade contribuir para a solução dos problemas comuns aos municípios que a compõem.

Assunto(s): ,

Leia também:

Faça um comentário