IMG_1683.jpg

Prefeito de Severínia tem até sexta para explicar uso de terreno público pela empresa da Primeira Dama

O presidente da Câmara Municipal de Severínia, Denis Correia Moreira, o Denão, anunciou na sessão ordinária de ontem (23), que o prefeito Edwanil de Oliveira, o Nil, terá o prazo de até sexta-feira (27), para a explicar a denúncia que foi protocolada no Ministério Público acerca da utilização de terreno público em benefício da empresa de material de construção de sua mulher. Fotos Gustavo Luppi

IMG_1683

O empresário e cidadão severinense João Carlos Jorge é o autor da denúncia, já protocolada no Ministério Público, documentada com fotos, denuncia que a empresa da esposa do prefeito Nil, Neuza Aparecida Belini Construções ME, sob o nome fantasia EDMACO, vem há tempos utilizando um terreno do município de Severínia, que fica ao lado do galpão de Agronegócios, como depósito dos seus materiais de construção, entre outros objetos particulares lá armazenados.

IMG_2521

IMG_1731

IMG_1689

IMG_2518

Um comentário em “Prefeito de Severínia tem até sexta para explicar uso de terreno público pela empresa da Primeira Dama”

  1. É só mandar tirar o depósito de material de construção do terreno da prefeitura e cobrar aluguel do tempo em que desfrutaram do mesmo. Só em Severinia que acontece isso. Mandem o marido da vereadora Olga Paro tirar a sua torre de transmissão para radio também fazer o mesmo. Nunca vi um negócio desse ai em se tratando de um terreno de orgão público municipal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *