Barretos está de luto oficial pela morte do ex-prefeito Melek Zaiden Geraige

Publicado em 11 de janeiro de 2011 às 14h18
Atualizado em 11 de janeiro de 2011 às 14h18

 110111_02 O ex-prefeito Melek Zaiden Geraige, 70, morreu ontem às 14h00, devido à insuficiência de múltiplos órgãos. Ele estava internado na UTI do Hospital de Câncer de Barretos desde o dia 21de dezembro, ainda em recuperação de cirurgia realizada em São Paulo em agosto do ano passado.

Advogado e pecuarista, Melek foi vereador em três legislaturas (1973 a 1976; 1993 a 1996 e 1997 a 2000), presidente da Câmara (1973-1974) e prefeito (1977 a 1983), segundo informações do jornal Diário de Barretos.

Também presidiu a regional da OAB. Ele deixou a esposa Ana Rosa Meinberg Geraige e os filhos Zaiden, Antonio Carlos e Ana Helena, além de duas netas.  Melek Zaiden Geraige foi homenageado pela imprensa com o Diploma Gente Que É Notícia em 1968 e também o Troféu Dom José de Mattos Pereira no ano de 2001.

O sepultamento foi realizado ontem, às 19h30, no Memorial Jardim das Oliveiras.

LUTO OFICIAL

O prefeito Emanoel Carvalho decretou luto oficial por três dias devido à morte de Melek Zaiden Geraige. A medida foi adotada também pela Câmara Municipal. “Barretos perde um cidadão exemplar e uma pessoa maravilhosa. O dr. Melek era uma das grandes expressões de nossa cidade”, afirmou Emanoel.

O ex-prefeito e ex-provedor da Santa Casa, Ibraim Martins da Silva, afirmou que Melek foi um exemplo. “Ele era de uma lealdade a toda prova e fez muito pela comunidade, inclusive prestando assistência jurídica para muitas entidades sem nenhuma remuneração”, disse. O advogado Luiz Lotfallah Miziara afirmou que Melek foi “um baluarte da ética na política e no direito”.

***


* Fique à vontade para dar a sua opinião, mas atenção: se ele não aparecer no mesmo dia é porque, com certeza, você não leu a nossa política de comentários. No momento, está sob moderação.

Assunto(s):

Leia também:

1 comentário

  1. Marco Loureiro disse:

    Certamente Barretos hoje está mais pobre, pobre de humanidade, intelectualidade, honestidade, e demais qualidades impares que Dr. Melek possuia. Tive o prazer de conhecê-lo, e nos tornarmos bem proximos através da advocacia. Barretos, São Paulo e o Brasil perde um de seus mais brilhantes advogados, homem sério, correto, humano, que se emocionava sempre, principalmente ao lembrar de sua visita a casa de pedra dos “Geraige”, em seu país de origem. Que Deus de conforto a familia, filhos e esposa, com a certeza que ele já está ao seu lado, sempre protegido. Marco Loureiro – advogado.

Faça um comentário