Geninho toma posse da UMVARIG e define estratégias para fortalecimento regional

Publicado em 14 de outubro de 2009 às 16h45
Atualizado em 22 de novembro de 2009 às 0h07

06_-_abra?o_do_presidente_anterior_para_o_novo_presidente

Geninho recebe o abraço do presidente anterior Emanoel. Foto: Jonas Olmos

Os municípios do Vale do Rio Grande passam por grandes dificuldades, em sua maioria financeiras e, por causa disso, alguns até perdem convênios por falta de recursos para a contra-partida, como é o caso ocorrido recentemente em Cajobi.

Esse cenário foi revelado na noite de terça-feira (13), durante a posse do prefeito Geninho Zuliani (DEM), de Olímpia, como presidente da União dos Municípios do Vale do Rio Grande (UMVARIG).

A cerimônia foi realizada na sede da Secretaria Municipal de Educação com a presença de quase todos os prefeitos que integram a UMVARIG, além de convidados, imprensa, e registrada pela TV Record de Rio Preto.

A União dos Municípios do Vale do Rio Grande surgiu como associação em 1971 com o objetivo de organizar e desenvolver a região. Após alguns anos de funcionamento, o órgão foi extinto e, recentemente, reestruturado pelo prefeito de Barretos, Emanoel Mariano Carvalho, que ontem foi empossado como vice-presidente.

Na oportunidade, Geninho disse que “a situação é bastante crítica de quase todos os municípios que integram a UMVARIG e que, por isso, a partir da próxima reunião, debateremos cada caso, buscando soluções com prefeitos e secretários municipais”.

“A entidade foi reerguida e reorganizada pelo amigo Emanoel e agora queremos que ela continue prestando relevantes serviços para a região e para cada município; a tarefa não será fácil, não será com três o quatro reuniões que iremos alcançar os objetivos, mas a presença dos prefeitos e os debates serão importantes para chegarmos lá”, afirmou Geninho.

O presidente empossado disse que “a UMVARIG tem tudo para dar certo, os problemas são comuns e, por isso, as experiências de sucesso terão de ser compartilhadas, assim como os tropeços”. Segundo ele, todos terão os mesmos direitos dentro da entidade, “porém precisamos olhar com mais carinho as cidades menores, dar o suporte necessário para que não fiquem para trás, enfim, associação é união e este é o nosso princípio básico”.

O presidente empossado garantiu que “se Deus quiser, nunca entrará em pauta qual o candidato a deputado que cada um apoiará, os interesses são outros, não temos bandeiras político-partidárias aqui dentro, os problemas que a entidade sofreu no passado, as pressões, não acontecerão aqui se depender de nosso esforço e trabalho”.

“O que tem de entrar na pauta das reuniões da UMVARIG é onde estão os recursos para serem buscados, liberados, poderemos até indicar qual o deputado que estará aberto para receber as reivindicações, mas vamos evitar trazer o deputado para uma reunião para somar votos a favor dele porque isso, com certeza, dividirá a entidade”, ressaltou Geninho.

A nova diretoria da entidade está composta pelos seguintes prefeitos: presidente – Geninho Zuliani (Olímpia); vice-presidente – Emanoel Carvalho (Barretos); tesoureiro – João Batista Bianchini, o “Italiano” (Bebedouro); 1º secretário – Ronan Sales Cardozo (Jaborandi); 2ºsecretário – Paulo Guizelini (Viradouro); secretário de assuntos intermunicipais – Renato Azeda (Guaraci).

A próxima reunião da UMVARIG será no dia 9 de novembro, em Monte Azul Paulista, às 20h.

Faça um comentário