urna-eletronica_thumb.jpg

Votar Bem

Por Ivanaldo Mendonça — Às vésperas das eleições, para que a política seja de fato, promoção do bem comum e o exercício do voto seja consciente, livre e responsável, questões fundamentais e de interesse comum devem ser consideradas e defendidas.

urna-eletronica

1. Vote. Não deixe de votar. Participar das eleições é exercer cidadania, expressão do comprometimento e colaboração na definição da vida política do País e Estado.

2. Servir ao povo. Vote em candidatos comprometidos em buscar soluções para questões decisivas: superação da pobreza, promoção de uma economia voltada à criação de postos de trabalho e melhor distribuição da renda, educação de qualidade para todos, saúde, moradia, respeito à vida e defesa do meio ambiente.

3. Promover o bem comum. Vote em candidatos comprometidos com a justiça e a solidariedade social: segurança pública, superação da violência, justiça no campo, dignidade da pessoa, direitos humanos, cultura da paz e o respeito pleno pela vida humana desde a concepção até à morte natural.

4. Governar para todos. Vote em candidatos comprometidos em promover políticas que beneficiem a sociedade como um todo, levando em conta, especialmente, as camadas sociais mais frágeis e necessitadas.

5. Ficha suja Não! Vote apenas em candidatos com “ficha limpa”, dignos de confiança, capazes de governar com prudência e equidade e de fazer leis boas e justas para o convívio social.

6. Voto não é mercadoria. Não colabore com a prática da corrupção eleitoral, o abuso do poder econômico, a compra de votos e ao uso indevido da máquina administrativa na campanha eleitoral.

7. Voto não é troca de favores. Escolha livremente. Conheça os candidatos, sua história pessoal, suas ideias, as propostas defendidas por eles e os partidos aos quais estão filiados. Vote em candidatos que representem e defendam, depois de eleitos, as convicções que você também defende.

8. Promover a liberdade religiosa. Vote em candidatos que respeitem a liberdade de consciência, as convicções religiosas dos cidadãos, seus símbolos religiosos e a livre manifestação de sua fé.

9. Promover e defender a família. Ajude a promover, com seu voto, a proteção da família contra todas as ameaças à sua missão e identidade natural.

10. Acompanhe a atuação dos eleitos. Votar é importante, mas não é tudo. Acompanhe as ações e decisões políticas e administrativas dos governantes e parlamentares, para cobrar deles a coerência para com as promessas de campanha e apoiar as decisões acertadas.

Ivanaldo Mendonça é Padre, Pós-graduado em Psicologia, [email protected]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *