IMG_3254.JPG

Vinte e sete dúvidas comuns sobre as eleições de domingo

As eleições para Presidente da República, Governador, Senador, Deputados Federais e Estaduais, ocorrem domingo (5) em todo o País. Com certeza, o eleitor tem muitas dúvidas, aqui elencadas e respondidas.

IMG_3254.JPG

Mas, qual é a diferença entre voto em branco e voto nulo? Informações retiradas do Guia do Eleitor do TSE – Tribunal Superior Eleitoral.

TIRA DÚVIDAS

1. Como faço pra saber está tudo certo para eu votar?
Você pode consultar aqui, ou ir ao cartório da sua zona eleitoral.

2.O que acontece se eu não votar em três eleições seguidas?
Você estará irregular. Se isso acontecer vá a um cartório eleitoral, onde pagará uma multa por cada turno de eleição que deixou de votar.

3. Qual o valor da multa ?
Ela pode variar entre R$1,06 e R$3,51. Esse valor pode ser dez vezes maior se o juiz eleitoral achar necessário.

4. Posso faltar ao trabalho para regularizar questões eleitorais?
Sim, se avisar com 48 horas de antecedência. Dessa forma você não tem desconto de salário. Porém isso só pode acontecer por no máximo dois dias.

5. As informações do título eleitoral são públicas?
Não, por lei os cadastros não são abertos, evitando assim que alguém possa ser localizado por seu título de eleitor.

6. Qualquer um pode ser mesário?
Apenas os maiores de 18 anos que estejam em dia com a Justiça Eleitoral. Em geral, a prioridade são os que têm ensino superior completo, professores e funcionários da Justiça.

7. O que acontece se eu não aceitar ser mesário?
Se não comparecer ao local da votação você tem 30 dias para se justificar ao juiz eleitoral, ou terá que pagar uma multa.

8. Um mesário trabalha em quantas eleições?
Infelizmente não existe uma regra e depende do juiz eleitoral em cada eleição.

9. Posso virar mesário no dia da eleição?
Sim, é a chamada nomeação ad hoc. Caso alguém falte, um eleitor pode ser selecionado para ocupar o lugar.

10. Alguém pode descobrir em qual candidato eu votei?
Não. Segundo o Tribunal Eleitoral Superior, a urna eletrônica é totalmente sigilosa e nem os juízes e técnicos têm como saber quem vota em quem.

11. O resultado da eleição pode ser hackeada?
Como as urnas não são conectadas em linha telefônica nem em rede de computadores é muito difícil. Além disso as informações são assinadas, os resultados não podem ser alterados e os próprios partidos realizam a contagem dos votos a partir da soma dos boletins de cada urna eletrônica.

12. Que documentos devo levar quando for votar?
Qualquer identificação com foto, menos a carteira de trabalho. O título de eleitor, por mais estranho que possa parecer, não é obrigatório.

13. Existe atendimento preferencial na hora de votar?
Sim, para os candidatos, juízes eleitorais, seus auxiliares de serviço e servidores da Justiça Eleitoral. Quem tem mais de 60 anos, necessidades especiais e mulheres grávidas e lactantes também tem prioridade.

14. O voto é obrigatório nos dois turnos? Se eu não votar no primeiro, posso votar no segundo?
Sim, o voto é obrigatório nos dois turnos. Caso não tenha conseguido no primeiro, basta justificar a ausência e votar normalmente no segundo.

15. O que posso levar comigo na hora de votar?
Nada além da sua “cola” com o nome e o número dos candidatos. Celulares, máquinas fotográficas, filmadoras, ou qualquer aparelho que comprometa o sigilo do voto são proibidos.

16. E se eu esquecer o número do candidato?
Na propria seção eleitoral tem uma lista completinha com os nomes e números dos candidatos.

17. Errei na digitação, e agora?
Só usar a tecla laranja, e começar de novo.

18. Como funciona o voto em legenda?
O voto em legenda é quando você escolhe votar em um partido no lugar de um candidato específico. Ele é valido só para deputados federais e estaduais. Para votar em uma legenda basta digitar apenas o numero do partido.

19. Qual a diferença entre votar nulo e votar em branco?
Nem os votos nulos, nem os brancos são contabilizados como votos válidos. Porém, os votos em branco são acrescentados ao total de votos do candidato vencedor só após a contagem final — não valem, por exemplo, para definir um primeiro turno. Já os votos nulos não são contabilizados.

20. Como fazer para votar em branco?
Só usar a tecla de cor branca e depois confirmar na verde.

21. Como votar nulo?
Só digitar um número que não corresponde a nenhum candidato ou partido e apertar a tecla verde.

22. Fora votar nulo, o que mais anula votos?
Votos obtidos por “candidato condenados por compra de voto, por abuso do poder econômico ou por interferência do poder político ou de autoridade”podem ser anulados. Também se anula a votação “quando houver fraude ou coação”.

23. O que acontece se a maioria dos votos forem nulos?
Ao contrário do mito, se metade da população votar nulo, a eleição não será anulada. Isso só acontece “caso os votos sejam anulados por abuso do poder econômico ou interferência de poder politico ou de autoridade”.
Se isso acontecer será marcada uma nova eleição entre 20 e 40 dias.

24. O que é proibido fazer no dia da eleição?
Qualquer tipo de manifestação com pessoas usando camisetas de partidos ou candidatos, broches, adesivos e portando bandeiras.

25. É liberado usar bótom ou camiseta do meu candidato na hora de votar?
Sim, se você estiver sozinho e não participando de uma manifestação.

26. A Lei Seca entra em vigor quando?
A Lei Seca entra em vigor de acordo com as secretarias de Segurança Pública de cada município e estado, então varia de localidade para localidade.

27. Posso ser preso na véspera das eleições?
Pela lei, cinco dias antes e até 48 horas depois da eleição, nenhum eleitor pode ser preso ou detido, ao menos que seja pego em flagrante (cometendo crime afiançável ou inafiançável) ou se for sentenciado por crime inafiançável.

Para outras informações sobre o seu voto e dia da votação, acesse o site do Tribunal Superior Eleitoral.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *