Salata repete o feito do pai ao se reeleger para a Presidência da Câmara

Publicado em 08 de dezembro de 2014 às 22h59
Atualizado em 09 de dezembro de 2014 às 16h27

Não é mais novidade, afinal o Diário fez, como de hábito, cobertura em tempo real da eleição para o próximo biênio da Câmara Municipal de Olímpia. O próximo presidente é o líder do prefeito, engenheiro Luiz Antônio Moreira Salata (PP), que venceu por folgada diferença de seis votos a quatro contra Marco Antônio Parolim de Carvalho (PPS). Galerias praticamente tomadas.

IMG_6697.JPG

Salata repete o feito de seu pai, vereador Luiz Salata Neto (foto abaixo, primeiro à esquerda), que ocupou a Presidência da Casa por duas vezes. Salata, o pai, foi presidente nos anos 1967 e 1968 (o mandato era anual). Salata, o filho, foi presidente no biênio 1993-94 e, agora, reeleito, para os anos seguintes, 2015-16.

Na foto abaixo, Salata Neto, então vice presidente da Câmara, ao lado do prefeito Paschoal Lamana, do presidente da Câmara Alfonso Lopes Ferraz, e do deputado estadual Waldemar Lopes Ferraz. Momentos seguintes, Salata Neto ocuparia a presidência do Legislativo em 1967.

IMG_6727.JPG

Portanto, desde à época de Salata Neto, nenhum vereador conseguiu voltar à Presidência da Câmara, exceto o filho, Luiz Salata, mesmo em mandatos diferentes. Nos primórdios do legislativo olimpiense, apenas Waldomiro Paiva Luz ocupou o cargo principal por duas vezes: nos anos 1952-53, e de 1956 a 1959. Assim, a eleição de hoje entra para a história do Legislativo de Olímpia.

IMG_6703.JPG

Salata vem trabalhando na candidatura há cerca de oito meses. Hábil enxadrista político, profundo conhecedor do mecanismo político-partidário, do regimento interno da Câmara, e como líder do prefeito Geninho Zuliani (DEM), ele soube movimentar as peças, convencer seis dos dez vereadores: além do próprio voto, deram o “sim” à sua candidatura Cristina Reale (PR), Marcelo da Branca (PSL), Marquinhos Santos (PSC), Marcão de Gazeta (PSDB) e, o voto que teve lances inéditos também na história política da cidade: Guto Zanette (PSB, foto abaixo), que se exonerou há uma semana da, Secretaria de Cultura,Turismo, Esportes e Lazer, para garantir a participação de seu partido e, mais seguramente, o voto para Salata.

IMG_6698.JPG

Marco Coca (foto) teve os seguintes votos, também declarados nominalmente: Beto Puttini (PTB), atual presidente até o dia 31 deste mês; Hilario Ruiz (PT), Pastor Leonardo (Solidariedade), e do próprio candidato de oposição.

IMG_6711.JPG

Posteriormente, foram também eleitos os demais membros da Mesa Diretora: Marcão do Gazeta, vice-presidente; Cristina Reale, primeira secretária, e Marquinhos Santos, segundo secretário.

Agora, Guto retorna para a sua Secretaria, já com o decreto de sua renomeação na Imprensa Oficial do Município no próximo sábado (13). E o suplente, anteriormente afastado, Paulo Poleselli (PR, foto), volta ao legislativo.

IMG_6718.JPG

GALERIA DE IMAGENS

IMG_6714.JPG

IMG_6713.JPG

IMG_6716.JPG

IMG_6715.JPG

IMG_6700.JPG

IMG_6699.JPG

IMG_6726.JPG

IMG_6725.JPG

IMG_6723.JPG

IMG_6724.JPG

IMG_6722.JPG

IMG_6721.JPG

IMG_6719.JPG

IMG_6720.JPG

IMG_6731.JPG

Assunto(s): ,

Leia também:

Faça um comentário