Luiz Salata com Salim Curiati: 100 sarjetões de R$ 183 mil para Olímpia em 2010

Publicado em 26 de novembro de 2009 às 16h58
Atualizado em 26 de novembro de 2009 às 18h14

O vereador Luiz Salata (PP) esteve no final da tarde desta quinta-feira (26), no gabinete do líder de seu partido na Assembléia Legislativa do Estado, deputado estadual Antonio Salim Curiati, para entregar pedido feito pelo prefeito Geninho Zuliani (DEM), e endossado por ele, para construção de 100 sarjetões em Olímpia, no valor de R$ 183.200,00. Curiati comprometeu-se na viabilização deste projeto para os primeiros meses do ano que vem.

O pedido foi entregue com projeto detalhado da necessidade de refazer 100 sarjetões em Olímpia, compreendendo, também, sinalização, demolição do sarjetão existente, nivelamento e fornecimento de material em diversas ruas da cidade.

Salim Curiati foi prefeito de São Paulo em 1982 e é um dos fiéis escudeiros de Paulo Salim Maluf. Da mesma forma, em Olímpia, Salata, hoje líder do prefeito Geninho Zuliani (DEM), também faz parte deste apoio ao hoje deputado federal. Na oportunidade, Curiati presenteou Salata, e a este repórter que acompanhou o encontro, com pingentes de crucifixos banhados a ouro, abençoadas pelo padre Marcelo Rossi, além de conversar descontraídamente sobre diversos outros assuntos, revelando bom humor.

O líder do prefeito aproveitou para pedir apoio do deputado Curiati aos projetos sociais das entidades filantrópicas de Olímpia, uma vez que, com ex-secretário estadual da Promoção Social, notabilizou-se no atendimento às necessidades sociais de crianças, adolescentes e idosos, em todo o interior paulista. Curiati está em sua 9ª legislatura.

Assunto(s): ,

Leia também:

3 comentários

  1. LUIZ AUGUSTO DA SILVA disse:

    Este bom entendimento somados aos vocábulos explícitos e ímplícitos neste artigo; tais como: religiosidade; solidariedade e fraternidade só podem gerar para Olímpia e seus habitantes: progresso e felicidade.

    Prezado vereador Salata: continue sempre mostrando que a Capital Nacional do Folclore, não só “vive” de lendas e crendices. “Vive”, também esperançosa,com uma realidade política demonstrada pelos seus atos públicos; semelhantes ao destacado nesta matéria.

    Respeitosos abraços.

  2. Marcelo Henrique Cury disse:

    Caro nobre repórter, queira por gentileza me explicar um pouco mais sobre este projeto e também me dizer o que são sarjetões.
    Desde já agradeço a vossa atenção, com protestos de estima e distinta consideração.

    Veg abraço!

  3. Pois não, Marcelo. Vou fazer uma nova matéria. Desculpe pela falta de tato ao deixar de explicar..ehehe…
    Abraços.

    Como está Portugal? Aproveite.

    Leonardo

Faça um comentário