Que herança, afinal, o prefeito Geninho recebeu? Ouça o que ele disse na Rádio Blog

Publicado em 15 de dezembro de 2009 às 0h34
Atualizado em 15 de dezembro de 2009 às 0h34

Há os que ainda vivem encostados no governo passado, talvez não mais ganhando como assessores comissionados, mas como fantasmas, e por isso espalham que o ex-prefeito Luiz Fernando Carneiro (PMDB) deixou herança disso, herança daquilo, para o prefeito. Tudo é herança. Não contabilizam os prejuízos na devolução de milhões, nas multas, nas omissões, no zero que levou no Selo Verde Azul… A Rádio Blog foi entrevistar o prefeito Geninho Zuliani (DEM) para que ele respondesse: afinal, prefeito, tem ou não herança boa?
E aproveite para saber dele o ‘jeito novo’ de fazer casas populares para quem realmente precisa…

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Assunto(s): , , ,

Leia também:

2 comentários

  1. Thiago Virgulino disse:

    Olá, Concon, meu amigo!
    Como vão as coisas por aí?
    Acredito que dentro de uma semana, mais ou menos, devo chegar na minha querida Olímpia, para as festividades de final de ano.
    Mas vamos lá.
    Estou torcendo muito pelo sucesso da gestão do Geninho, e tenho bons amigos na equipe dele.
    Aliás, sempre torço pelo sucesso da gestão pública, porque sei bem que é o povo quem colhe os seus frutos, ou quem arca com os seus prejuízos.
    De qualquer forma, tenho que dizer que essa história de “Herança Maldita do Carneiro” já me cansou.
    Faz quase um ano que o novo governo se instalou, e a mesma ladainha continua…
    Isso acabou me lembrando uma história que ouvi um bom tempo atrás e que consiste no seguinte:

    “Um governante, em uma grave crise, renuncia o seu cargo, e entrega ao seu sucessor três cartas lacradas, com o conselho de que ele abrisse cada uma delas, em ordem, nos momentos que se apresentassem difíceis.
    Na primeira crise, o novo governante abriu a primeira carta e encontrou o conselho do governante anterior: coloque a culpa de tudo em mim.
    Na segunda, encontrou o conselho: coloque a culpa de tudo na conjuntura internacional.
    E na terceira leu o seguinte: escreva três cartas”.

    Abração e inté.

  2. Tião da Cohab disse:

    É o seguinte, concordo com o tiago, isso cansou. com ou sem herança o Geninho está indo muito bem até agora, não precisa ficar lembrando do passado negro´da cidade, temos que esquecer esses fantasmas.

Faça um comentário