Pimenta e Rizzatti prestigiam posse dos tucanos nas Secretarias de Estado de SP

Publicado em 08 de janeiro de 2011 às 20h34
Atualizado em 08 de janeiro de 2011 às 20h36

vida1(54) O prefeito em exercício de Olímpia Gustavo Pimenta, que também é vice-prefeito e secretário de Assistência Social, juntamente com o secretário de Agricultura da cidade, ambos tucanos, foram prestigiar a posse dos secretários estaduais do PSDB Bruno Covas, Júlio Semeghini e Paulo Alexandre Barbosa. “É a força tucana, e de nossa cidade, ganhando força, tanto para o partido quanto para a nossa cidade”, disse Pimenta ao Portal.

Bruno Covas tomou posse como secretário de Estado do Meio Ambiente, Júlio Semeghini na Gestão Pública, e Paulo Alexandre Barbosa na pasta de Desenvolvimento Social, em cerimônias realizadas em São Paulo no início da semana.

Bruno Covas recebeu o cargo do ex-secretário do Meio Ambiente, Pedro Ubiratan. Em seu discurso, Covas afirmou acreditar na economia verde. "Creio no desenvolvimento a serviço das próximas gerações e obtido com sustentabilidade. Não há desenvolvimento se não for sustentável".

Aos 30 anos, Covas foi o deputado estadual mais bem votado de São Paulo nas últimas eleições, quando recebeu 239 mil votos. Covas é formado em direito pela USP e em economia pela PUC-SP.

“Ele não tem perfil ambientalista, pelo menos em seu primeiro mandato não mostrou essa vocação, mas tenho a certeza que será o melhor secretário ‘verde’ que São Paulo pode ter neste momento”, disse o prefeito em exercício de Olímpia, Luiz Gustavo Pimenta.

De fato. Em seu discurso de posse, o neto do ex-governador Mário Covas acenou com uma proposta de continuidade na gestão ambiental do Estado e reiterou que está preparado para assumir o cargo. "Creio na justiça, na palavra, na democracia, no parlamento, na liberdade, na honra e, acima de tudo, no povo, e por essa última razão, só posso acreditar em desenvolvimento econômico que seja pensado a serviço das próximas gerações, o que só pode ser obtido de modo ambientalmente sustentável", disse ao auditório lotado.

O secretário terá um orçamento da ordem de R$ 850 milhões e deverá dar prioridade a projetos como o zoneamento econômico e ecológico (ZEE) da Baixada Santista. “Ele terá muito trabalho à frente, mas contará com expressiva força política, não só do governador, mas de todo o interior”, aposta o secretário de Agricultura de Olímpia, ex-prefeito José Fernando Rizzatti.

E, ainda no discurso de Bruno, ele frisou que tem “a responsabilidade de me desdobrar para ser tão bom quanto aqueles que me antecederam", disse Covas. Na plateia, estavam ex-secretários da pasta, como Xico Graziano e Fábio Feldmann, além da avó e viúva de Mário Covas, Lila Covas, cuja presença foi muito aplaudida.

A indicação de Bruno Covas ao cargo de secretário do Meio Ambiente pegou ambientalistas de surpresa. Na avaliação de Mário Mantovani, diretor da Fundação SOS Mata Atlântica, Covas tem um desafio pela frente. "Os demais secretários tinham perfil técnico e foram responsáveis pela construção do arcabouço de leis ambientais que hoje São Paulo possui", diz. Segundo ele, Covas terá pela frente a missão de não deixar que o Estado se acomode com os avanços já obtidos na área ambiental. "A secretaria tem um bom orçamento e um quadro técnico fantástico. É um ótimo começo."

PAULO ALEXANDRE BARBOSA

_c834 A criação de um Mapa Estadual da Pobreza e Desigualdade Social é uma das metas do novo secretário de Estado do Desenvolvimento Social, Paulo Alexandre Barbosa. Ele recebeu o cargo do antecessor, José Carlos Tonin.

A ideia do novo secretário é reunir dados sobre idade, sexo, escolaridade, condições de moradia, alimentação, saúde e formação profissional de quem é atendido em um programa social. “Vamos usar os dados existentes e complementá-los com o apoio das prefeituras. Precisamos de todas as informações para direcionar as ações da secretaria”, explicou.

Paulo Alexandre Barbosa fez um discurso citando não somente figuras de expressão de seu partido, o PSDB, mas também a presidente Dilma Rousseff (PT). “Vamos trabalhar em parceria com a equipe da presidente Dilma por um objetivo comum: a erradicação da pobreza”.

O tom do discurso agradou Gustavo Pimenta, que também assumiu a Assistência Social olimpiense no começo do ano: “Do que depender de nosso trabalho, de nossas informações, vamos auxíliar o novo secretário a cumprir as suas propostas que, para nós, olimpienses, está de ótimo tamanho”.

Paulo Alexandre Barbosa foi reeleito deputado estadual em 2010 com 215.061 votos, a segunda maior votação do estado. Advogado e com 31 anos, Paulo Alexandre tem experiência tanto no legislativo como no poder executivo. No governo Alckmin, foi secretário adjunto de Estado da Educação, quando coordenou o Programa Escola da Família, além de ter sido diretor de projetos especiais da Fundação para o Desenvolvimento da Educação – FDE.

Na Assembléia Legislativa, foi o deputado estadual que mais destinou recursos para entidades sociais.

JÚLIO SEMEGHINI

posse-Julio-Semeghini-04do01de11-16 O deputado federal Julio Semeghini assumiu a Secretaria de Gestão Pública do Estado de São Paulo, quando o então secretário Marcos Monteiro passou o cargo para Semeghini, nomeado pelo governador Geraldo Alckmin no último dia 30. A cerimônia lotou o auditório de 500 lugares da Secretária de Educação, e foi aberta ao público.

Semeghini agradeceu a todos – presidentes, diretores e colaboradores de empresas do setor de TI, lideranças, amigos e sua família, que sempre esteve ao seu lado -, pelo grande apoio em toda a sua carreira pública, desde a Prodesp quando participou da implantação do Poupatempo no governo Mario Covas, até o momento em que foi indicado para ser secretário de Gestão Pública.

A Secretaria de Gestão Pública terá entre as prioridades reduzir custos, aumentar a qualidade dos serviços para a população, além de expandir a inclusão digital, a Rede Acessa São Paulo e o Bom Prato, entre outras. Sobre a questão Detran, foi estipulado pelo Governador Geraldo Alckmin o prazo de 60 dias para definição estrutural do órgão.

“A presença do deputado federal Semeghini, nosso amigo e amigo de Olímpia, na Gestão Pública do Estado será de fundamental importância para o desenvolvimento também de nossa cidade e região”, comentou o prefeito em exercício Gustavo Pimenta.

***


* Fique à vontade para dar a sua opinião, mas atenção: se ele não aparecer no mesmo dia é porque, com certeza, você não leu a nossa política de comentários. No momento, está sob moderação.

Assunto(s):

Leia também:

Faça um comentário