Ministro pede para prefeitos ‘facilitarem’ a instalação de torres de celular

Publicado em 30 de janeiro de 2013 às 18h10
Atualizado em 30 de janeiro de 2013 às 18h11

O ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, pediu a ajuda dos prefeitos para facilitar a instalação de antenas de telefonia móvel no país. Ao participar do Encontro Nacional com Novos Prefeitos e Prefeitas, em Brasília, o ministro disse que é importante ampliar a infraestrutura nas cidades para aumentar o acesso da população aos serviços de telecomunicação.

celular

Em Olímpia, a gestão do PMDB deixou uma triste herança: uma lei obsoleta que, praticamente, impede a instalação das torres, gerando hoje uma insatisfação generalizada da telefonia na cidade por falta de avanços e sinal deficiente.

O líder do prefeito na Câmara, vereador Luiz Salata (PP) disse ao Diário que já está em estudo ‘uma lei mais coerente e que otimize a utilização das antenas por todas as operadores, evitando o efeito paliteiro’.

O prefeito Geninho Zuliani (DEM), inclusive como representante da AMA (Associação Municipalista da Alta Araraquarense) esteve presente nesse encontro, em Brasília.

“Queria que os prefeitos e prefeitas se atentassem a isso, para ver como podem ajudar. Claro que não vai se permitir que se faça uma antena de celular em lugar que a comunidade não vai aceitar ou que não é razoável, mas achamos que é importante ter infraestrutura”, disse o ministro.

Bernardo lembrou que, em muitos municípios, as legislações para instalação de antenas e torres de celulares são muito restritivas. Uma lei federal para unificar as regras já foi aprovada no Senado, e a expectativa do governo, segundo o ministro, é que a matéria seja analisada pela Câmara dos Deputados ainda no primeiro semestre deste ano.

“Precisamos ter qualidade, precisamos ter cobertura, as pessoas estão reclamando. Precisamos ter serviço de melhor qualidade, mas se os municípios não deixarem instalar antenas, não vai ter o serviço”. Bernardo disse que já conversou com o prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, para que mudanças na legislação municipal sejam debatidas com os vereadores da cidade.

barbatira

O ministro também explicou para os prefeitos como funciona o Projeto Cidades Digitais, que neste ano deve selecionar cerca de 200 municípios que irão receber infraestrutura de rede para ligar todos os pontos da administração municipal. Os 80 municípios selecionados em 2012 assinaram hoje (29) acordo de cooperação técnica para implantação do programa.

QUER COMENTAR? FIQUE À VONTADE, MAS LEIA ESSE RECADO ANTES, POR FAVOR:

comentarios

Assunto(s): ,

Leia também:

2 comentários

  1. CESAR disse:

    Olimpia esta precisando URGENTEMENTE, PRA ONTEM, antenas de celular por que pelo amor de deus, aqui nao pega nadaaaaa!!!!

    Até cidades menores que a nossa pega 1000x melhores!
    Vamos la Geninho eu sei que você consegue 😉

  2. Lindomar Lima disse:

    Realmente precisamos de uma melhoria URGENTE nos sinais das operadoras, atualmente está uma calamidade!!!!
    Estamos na expectativa!

Faça um comentário