edinho-araujo_thumb.jpg

Edinho Araújo está entre os 15 deputados mais atuantes em 2012, segundo Veja

Por Mario Soler —O deputado Edinho Araújo (PMDB-SP) está entre os 15 parlamentares mais atuantes em 2012, segundo ranking divulgado pela revista Veja desta semana. “O Congresso corre para o futuro – quem são os parlamentares que mais trabalharam em 2012 em favor de um Brasil mais moderno e competitivo”, é o título da extensa matéria da revista nacional.

Edinho Araújo ficou na posição 15ª, com nota 7,7, obtida com base em nove temas votados no Congresso Nacional. O ranking da revista Veja contou com parceria do Núcleo de Estudos do Congresso (Necon), do Instituto de Estudos Sociais e Políticos da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Iesp/Uerj).

Entre os temas avaliados, que colocaram Edinho na posição 15ª, de um total de 513 deputados federais, estão: carga tributária menor e sistema tributário mais simples; infraestrutura; qualidade da gestão pública; combate à corrupção; qualidade da educação; marcos regulatórios estáveis aplicados com transparência por agências independentes; diminuição da burocracia; equilíbrio entre os três poderes; e leis trabalhistas justas para empregadores e empregados.

“A posição conquistada por meio de ranking dessa influente revista que é a Veja é resultado de um trabalho constante, em favor de nossa região, de nosso Estado e de nosso País. Acima de tudo, a 15ª posição nos traz responsabilidade ainda maior para as votações que virão nestes próximos dois anos”, afirmou o deputado, que esteve presente a 100% das votações pelo segundo ano consecutivo.

Edinho Araújo lembrou ainda que nestes dois anos de mandato relatou projetos importantes, como o que criou a Comissão Nacional da Verdade, o novo Código Florestal e a nova Lei Seca, sancionada pelo presidente Dilma Rousseff na semana passada, e que já está sendo aplicada nas cidades e estradas brasileiras.

O deputado apresentou ainda dez projetos de lei sobre temas variados, como combate ao crack, controle de excesso de velocidade nas estradas e número único para chamadas de emergência (projeto apensado e aprovado, fixando o 190 para todas as chamadas emergenciais), reforma política, facilitação de emendas para os pequenos municípios, criação da profissão de atendente de pessoas com deficiência, entre outros.

Edinho também reivindicou do governo federal, através de indicações, a instalação de uma universidade e de um instituto técnico federal em Rio Preto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *