Candidatos a Conselheiros Tutelares se enfrentarão em debate na Câmara

Publicado em 10 de setembro de 2015 às 13h43
Atualizado em 10 de setembro de 2015 às 13h44

Os 11 candidatos a cinco vagas de Conselheiros Tutelares da Estância Turística de Olímpia irão se enfrentar em um debate a ser realizado na Câmara Municipal dia 23, a partir das 20h. O evento seguirá as normas estabelecidas por legislação federal, estadual e municipal, para este caso.

Ana Rita de Souza Fonseca Eugênio, Cíntia Roberta Balieiro, Daniel César Garcia, Ivalda Castro, Maria Lúcia de Oliveira, Nelson Fernandes Pereira Neto, Patrícia Cesário Augusto, Paulo César de Barcellos Pereira, Paulo Eduardo Martins, Roger Fernando Gibelli e Rosângela Inácio Salomão irão disputar as cinco vagas para a gestão 2016-2020.

Toda a organização do debate (local, equipamentos, indicação de mediador) é de responsabilidade da Secretaria Executiva dos Conselhos de Direito e Apoio às Entidades e da Comissão Eleitoral do CMDCA. O confronto terá duração uma hora e 45 minutos (das 20 às 21h45) e prevê a participação de cidadãos interessados, por meio de perguntas encaminhadas à Comissão Eleitoral.

camara de olimpia

O debate será coordenado por mediador indicado pela Comissão Eleitoral, e será subdividido em quatro blocos distintos: no primeiro bloco será feita a apresentação dos candidatos; no segundo, o Debate entre os candidatos, com sorteio de perguntas; no terceiro bloco, o Debate dos candidatos com a plenária e no quarto bloco, o encerramento. A ordem das falas de todos os blocos será definida em sorteio a ser realizado na presença dos candidatos, em reunião marcada com esta finalidade.

Cada candidato a Conselheiro Tutelar fará uma exposição de dois minutos a respeito de sua vivência profissional, principalmente com relação à criança e adolescente. O mediador não permitirá que o tempo de dois minutos seja ultrapassado, avisando ao candidato quando faltarem 20 segundos para a finalização. Cada pergunta deverá ser formulada em, no máximo, um minuto e respondida em, no máximo, dois minutos.

O primeiro bloco do debate terá, no máximo, 30 minutos, quando os candidatos se apresentarão. As perguntas elencadas serão selecionadas e classificadas pela comissão organizadora do debate.

Neste bloco serão distribuídos, à plenária, formulários para perguntas, as quais, juntamente com as enviadas por e-mail ([email protected]), serão usadas no terceiro bloco. O segundo bloco do debate terá, no máximo, 30 minutos, e será composto de perguntas entre os candidatos. Cada candidato sorteará uma pergunta, previamente elaborada, ao candidato subsequente. As perguntas serão feitas mediante ordem de sorteio prévio.

Serão permitidas réplicas, quando solicitadas pelos candidatos, de um minuto para cada resposta, seguidas de tréplica de um minuto. Deverá ser respeitado o limite máximo de 40 minutos para perguntas, respostas, réplicas e tréplicas.

O terceiro bloco do debate terá, no máximo, 30 minutos, e será composto de perguntas selecionadas por intermédio dos questionamentos da plenária e/ou daquelas advindas dos espectadores não presentes fisicamente, mas que tiverem enviado suas perguntas durante o decurso do primeiro e segundo blocos.

O quarto bloco do debate será o encerramento, contando com a presença do presidente do CMDCA. Os debates devem ser pautados pelos princípios de ética e pelo decoro. O candidato que sofrer ataques e/ou ofensas pessoais poderá solicitar ao mediador direito de resposta de um minuto, a ser julgado no imediato momento pelos membros da comissão eleitoral competente.

Assunto(s):

Leia também:

Faça um comentário