Sítio é assaltado em Severínia, dois já foram presos

Publicado em 19 de março de 2013 às 13h42
Atualizado em 19 de março de 2013 às 13h43

Um rapaz de 20 anos e dois adolescentes, sendo um de 16 anos e outro ainda foragido, invadiram o Sítio São José (Barreirinha), em Severínia, fazendo reféns quatro irmãos, dois homens e duas mulheres, agredindo com coronhada uma delas, de 73, na altura do tórax. Eles exigiram dinheiro e armas, roubaram R$ 100 e pediram para que não avisassem a polícia.

Mas, a PM de Severínia, através dos soldados Souza Costa e Rodrigo Marcelino, com apoio da equipe de Olímpia, com a equipe do 2º sargento Otoniel e CGM daquela cidade, Fernando e Edinilson, conseguiram prender o adulto e um adolescente, em suas casas, através das bicicletas abandonadas entre um canavial e identificadas.

A comunicação do fato ocorreu à meia-noite e meia desta terça-feira (19) através da vítima Clemente da Silva Mendes, 74 anos. No sítio, relataram aos policiais que três indivíduos arrombaram a porta da sala e anunciaram o roubo. Eles estavam armados com uma espingarda, um revólver inoxidável e uma pistola pequena. Um deles deu uma coronhada em Maria Aparecida Mendes, 73 anos, na altura do tórax. Todos foram ameaçados de morte, pedindo dinheiro e armas, recebendo apenas R$ 100.

As outras vítimas foram Manoel Silva Mendes, de 89 anos, e Ildete Silva Mendes, de 77 anos. Todos passam bem.

Eles pegaram o dinheiro, colocaram em uma bolsa preta e avisaram para que não chamassem a polícia, caso contrário voltariam e matariam as vítimas, fugindo em seguida.

Os policiais militares seguiram, então, algumas marcas de pneus de bicicletas em uma estrada de terra, num local conhecido como ‘Baixão’, nas proximidades da área urbana de Severínia. Nesse local, avistaram três bicicletas e os assaltantes correndo, sendo que dois tomaram rumo em um canavial próximo e um outro do lado oposto da estrada, entre árvores. Os policiais conseguiram apreender as bicicletas e, através da identificação dessas, reconheceram Maicon Douglas Moreira, 20 anos, e o adolescente P.B.C.P, de 16 anos.

Com apoio da equipe do 2º sargento PM Otoniel, de Olímpia, e dos guardas municipais Fernando e Edinilson, foram realizadas diligências, sendo possível encontrar aqueles dois já identificados em suas respectivas residências, sendo levados ao plantão da Polícia Civil daquela cidade.

O outro adolescente, foragido, G.S.O., também foi identificado pela bicicleta através de seu pai, mas não foi localizado.

O delegado Marcelo Pupo de Paula ratificou a prisão em flagrante de Maicon e a apreensão do adolescente P.B.C.P., um sendo encarcerado na cadeia local e o outro à disposição da Justiça.

Assunto(s): ,

Leia também:

Faça um comentário