Projétil ainda não foi retirado da cabeça do adolescente em Barretos, e amásia deverá ficar com , pelo menos, duas balas em seu corpo

gp2O Blog conseguiu nesta manhã a informação de que o menor G.P.J., de 17 anos, que tentou matar a sua amásia Juliana Aparecida Jacomelli Iesi, 28, ontem de manhã, em Severínia, ainda está com o projétil alojado em sua testa e, por isso, os médicos ainda não decidiram pela sua retirada até a manhã de hoje.

O quadro do adolescente é estável, e continua internado na UTI da Santa Casa de Barretos, sob escolta da PM de Olímpia, já que é acusado de tentativa de homicídio, embora seja vítima de suicídio, atirando contra a sua testa provavelmente em momento de arrependimento após o crime.

Segundo informações do cabo PM Ladário, que faz a escolta, o jovem tem momentos de lucidez e outros de confusão. Provavelmente hoje os médicos decidirão qual o procedimento a tomar em relação ao caso.

CINCO TIROS

Ontem, imediatamente aos fatos e assim que socorrida, Juliana foi submetida à cirurgia para uma ‘drenagem torácica bilateral’, conforme explicou hoje de manhã, com exclusividade, o médico Nilton Roberto Martinez ao Blog.

20081217145449Segundo detalhou o médico, ela levou um tiro na região cervical, atingindo o osso mastoide; outro tiro na região torácica, transfixando o mediastino; outro tiro na região dorsal, que transfixou o tórax e a bala ainda está alojada no retroperitônio. juliana-iesiA bala que transfixou o tórax causou hemotórax grave à direita e pneumotórax à esquerda; além de dois tiros transfixantes no braço direito.

O médico revelou que os tiros no braço direito da cabeleireira sumiram, ou seja, a atingiram e desapareceram. “Pelo menos, ela ficará com duas balas em seu corpo para o resto da vida, o que não há problema nenhum, ela vai levar uma vida absolutamente normal”, disse Nilton Martinez.

***


* Fique à vontade para dar a sua opinião, mas atenção: se ele não aparecer no mesmo dia é porque, com certeza, você não leu a nossa política de comentários. No momento, está sob moderação.

2 comentários em “Projétil ainda não foi retirado da cabeça do adolescente em Barretos, e amásia deverá ficar com , pelo menos, duas balas em seu corpo”

  1. As pessoas falam em fim do mundo, mas na realidade o fim do mundo é o que estamos vivendo hoje, é cada barbaridade que acontece que até Deus duvida, é filho matando pai é pai violentando filho, e nesse caso um jovem tirando a vida de outra pessoa e a sua também…o mundo esta perdido…como sera o futuro para nossos filhos…que Deus coloque suas mãos e quem nenhum dos dois fiquem com sequelas…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *