Polícia reconstitui o duplo homicídio em Altair

Publicado em 30 de julho de 2011 às 13h08
Atualizado em 30 de julho de 2011 às 13h08

A Polícia Civil realizou na manhã de ontem a reconstituição do duplo homicídio cometido na última terça-feira pelo comerciante Milton Antônio da Silva, 49, em Altair.

Em duas horas de trabalho, a polícia reconstruiu todos os passos do acusado até a morte da ex-mulher, Elaine Cristina de Lima, 36, e do namorado dela, Sandro Aparecido Pereira Saim, 25. A filha de Elaine e Silva, de 12 anos, que presenciou o crime, participou da remontagem.

A reconstituição foi realizada por dois peritos da cidade de Barretos. Depois dos depoimentos da filha do casal, da atual mulher de Silva e de outras três testemunhas, os peritos conseguiram detalhar os movimentos do acusado momentos antes do crime. O comerciante teria discutido por telefone com a ex-mulher e, em seguida, ido para casa apanhar a arma.

Apenas a filha presenciou o momento dos disparos. O indiciado esteve no local, mas não desceu da viatura policial. Segundo a polícia, a criança foi dispensada de ir ao local, mas insistiu em participar. Acompanhada por uma das irmãs e por conselheiros tutelares, a garota disse que gritou e tentou agredir Silva para que ele não atirasse. Informações Diarioweb

***

Leia com atenção antes de comentar esta notícia:

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Blog do Concon. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. Leia antes a nossa Política de Comentários.

O Portal Blog do Concon poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critério impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Assunto(s): ,

Leia também:

2 comentários

  1. camila barcelos disse:

    pra que estragar a vida das familias e da filha que viu tudo? ele merece muito desprezo e muito sofrimento, espero que a justiça seja feita, e que ele apodreça na cadeia.

  2. celia disse:

    fico triste com essa tragedia…
    tenho pena dessa garota filha do cara que praticou esse crime…ela vai levar isso para o resto da vida… podendo ate ter problemas futuros…precisa de um acompanhamento psicologico…urgente….

Faça um comentário