Polícia Civil de Guaraci abre inquérito para apurar incêndio que queimou família

Publicado em 24 de setembro de 2014 às 12h30
Atualizado em 24 de setembro de 2014 às 12h35

A Polícia Civil  em Guaraci deverá instaurar inquérito policial para apurar se foi criminoso um incêndio em um canavial que acabou provocando queimaduras graves em um homem de 36 anos, a esposa dele de 41 anos e o filho de nove anos na noite de sexta – feira (19) naquele município, segundo informa a delegada Débora Cristina Abdala Nóbrega.

delegada-debora-cristina

A família segundo informações  estava retornando para casa em um Fiat Uno dirigido pelo pai, quando ocorreu um incêndio de grandes proporções em um canavial.

O pai desorientado pela fumaça saiu da vicinal e  o veículo caiu em uma valeta de contenção de água. A família ao descer do carro acabou se perdendo ainda mais e entrando no canavial foi atingida pelo fogo.

O homem teve queimaduras, em  25 % do corpo, a esposa em 60% e a criança em 90%. Eles conseguiram retornar a vicinal e foram socorridos por funcionários de uma fazenda.

O pai e o filho estão internados no Hospital Padre Albino em Catanduva e a mãe um hospital de Sorocaba.

O carro da família não chegou a ser atingido pelo incêndio. O fogo destruiu 2 mil hectares de cana, pasto e mata nativa.

Fonte: Diário de Barretos

Assunto(s): ,

Leia também:

Faça um comentário