Polícia Civil abre inquérito para apurar morte misteriosa de presidiário no Boa Esperança

Publicado em 28 de dezembro de 2010 às 20h39
Atualizado em 28 de dezembro de 2010 às 20h40

O detento André Ventura da Silva, 40, que estava no período da “saidinha” de fim de ano, morreu na Santa Casa de Misericórdia de Olímpia, de forma ainda misteriosa e, por isso, o delegado Antonio Alício Simões Filho instaurou inquérito na Polícia Civil.

O borracheiro cumpria pena na Penitenciária de Marília e foi encontrado pelo Corpo de Bombeiros caído no chão de uma casa no Jardim Pedregal e foi socorrido pelo Resgate à Santa Casa. Ele estava apenas de cueca e sozinho. Consta que usava tornozeleira eletrônica para controle dessa ‘saidinha’.

Momentos mais tarde à internação, a médica plantonista Marina Jacob orientou a enfermeira Marilda Hidalgo para que acionasse o plantão policial acerca da morte do detento.

O delegado Antônio Alicio Simões Júnior pediu o exame necroscópico para apurar a causa da morte. Não consta sinais de violência no corpo do presidiário.

***


* Fique à vontade para dar a sua opinião, mas atenção: se ele não aparecer no mesmo dia é porque, com certeza, você não leu a nossa política de comentários. No momento, está sob moderação.

Assunto(s):

2 comentários

  1. fabioPF disse:

    não tem uma foto do cidadão ai gente boa que deus o tenha.

  2. Luiz Augusto da Silva disse:

    Situação deplorável e lamentável.
    Mas, infelizmente…

    Tenhamos cautela ao “julgarmos” aos outros.
    Um dia seremos julgados, enevitavelmente.

    Que Deus seja conosco benevolente.

    Abraços fraternos.

    Luiz Augusto da Silva.

Faça um comentário