PM mata ex-mulher, fere amiga e se suicida

Publicado em 20 de janeiro de 2011 às 10h32
Atualizado em 20 de janeiro de 2011 às 10h32

Inconformado com a recente separação, o soldado da Polícia Militar José Henrique Stievano, de 34 anos, matou a ex-mulher, atirou em uma amiga dela e se suicidou, no início da madrugada de hoje, em Araraquara (SP).

Ontem, após várias ameaças dele de que iria se suicidar, o casal foi ao Fórum assinar o divórcio.

Stievano e Josilaine Aparecida Tamburi, de 32 anos, ficaram casados cerca de um ano e meio. Porém, há aproximadamente um mês, ela descobriu que ele tinha uma amante e pediu a separação.

No próprio Fórum, o PM teria dito que se mataria, por isso Josilaine e parentes dele relataram o fato no quartel em que ele trabalhava, na cidade de Santa Lúcia.

Josilaine foi orientada por uma delegada a ficar em casa. Porém, ela saiu de carro com uma amiga, de 17 anos, e foi abordada pelo ex. Ele atirou contra as mulheres (acertou o tórax da ex e o abdome da jovem) e se matou com um tiro na cabeça.

O casal morreu na hora. A adolescente foi internada em estado grave. (Agência Estado)

***


* Fique à vontade para dar a sua opinião, mas atenção: se ele não aparecer no mesmo dia é porque, com certeza, você não leu a nossa política de comentários. No momento, está sob moderação.

Assunto(s): ,

Leia também:

1 comentário

  1. AAL disse:

    Meu Deus Onde esse mundo vai parar. ele que estava traido ela , não ela traindo ele..
    Por que ele a matou , por essa atitudes covardes e Egoista que o mundo não vai pra frente retrosede cada vez mas daqui algum tempo sairemos na rua e veremos mulheres sendo arrastadas pelo cabelo , igual no periodo que os neandertais habitavão nosso planeta…
    É lamentaveu….

Faça um comentário