O amásio não atendeu e o pau comeu

Uma mulher de 37 anos, moradora no bairro Santa Ifigênia, foi tentar conversar com o seu amásio na casa de uma outra mulher,  no bairro São José, mas foi recebida a socos e xingamentos por essa outra.

A secretária Adriana Aparecida Sangali, de 37 anos, moradora no bairro Sta. Ifigênia compareceu à delegacia de Policia de Olímpia informando que foi até a casa de uma pessoa conhecida como “Vânia” com a intenção de conversar com seu amásio Lucas que ali estava.

Ficou na calçada e chamou por “Lucas”, mas acabou sendo atendida por Vânia e acabou se desentendendo com a mesma, a qual tomou a iniciativa em agredi-la, desferindo um soco no olho esquerdo, causando forte hematoma.

A vítima declarou também que foi injuriada por Vânia, que a chamou de “biscate” e “vagabunda”.

Toda a agressão aconteceu do lado de fora da casa de Vânia, na qual foi presenciado pela testemunha Viviane Cristina de Carvalho, vendedora, de 33 anos, moradora naquele bairro.

O delegado de plantão Marcelo Pupo de Paula e Investigador de Polícia João Batista de Oliveira atenderam essa ocorrência, classificando-a como lesão corporal e injúria.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *