Mulher vai tirar satisfações com outra e leva 14 facadas no Santa Ifigênia

Publicado em 02 de fevereiro de 2013 às 11h33
Atualizado em 02 de fevereiro de 2013 às 11h33

Uma tentativa de homicídio foi registrada às 22 horas envolvendo duas mulheres residentes no Jardim Santa Ifigênia. A vítima, funcionária da Santa Casa, Marivane Passarelli Máximo, de 37 anos, levou 14 facadas, sendo duas profundas, mas encontra-se fora de perigo, segundo o médico Nilton Roberto Martinez.

faca

A autora, Raquel Rocha, encontra-se foragida até o momento. A razão da tentativa de homicídio, segundo consta no boletim registrado pela Polícia Militar, através de cabo Ladário e soldado Henrique, seria que a vítima teria ido tirar satisfações com Raquel sobre, segundo ela, o marido estar traindo-a com a agressora.

Saiu briga, nas proximidades do conhecido Bar do Claudinho e, inicialmente, foram contadas 11 facadas, sendo duas no tórax, seis no abdome e três nas costas, mas, socorrida pelo Resgate dos Bombeiros e transferida, posteriormente, para a Santa Casa, o médico Nilton Roberto Martinez descobriu mais três, sendo duas facadas profundas.

barbatira

A acusada dos golpes de faca encontra-se foragida até o momento.

Assunto(s):

Leia também:

1 comentário

  1. priscila disse:

    o nome da acressoura esta errado é vanilda e nao raquel rocha

Faça um comentário