Mulher, com mandado de prisão, ateia fogo em ex-amásio por ciúmes

Publicado em 11 de outubro de 2013 às 17h27
Atualizado em 11 de outubro de 2013 às 17h31

Com crise de ciúmes, uma mulher de 23 anos ateou fogo no pescoço do ex-companheiro, de 22 anos, no Jardim Boa Esperança, aos primeiros cinco minutos desta sexta-feira (11). O pior é que, localizada pela Polícia Militar, descobriu-se que havia um mandado de prisão contra ela. Ela foi presa em flagrante acusada de lesão corporal dolosa e por estar sendo procurada pela Justiça.

Nery

A guarnição da PM com cabo Faccio e soldado Rocha foram acionados, via 190, pela atendente da UPA (Unidade de Pronto Atendimento), de que Daniel Bonfim, residente na Vila Camacho 3, em Severínia, estava sendo atendido com queimaduras, inclusive de segundo grau, na região do pescoço.

No local, a vítima revelou que a sua ex-companheira, Sara Nery da Rocha, residente no Jardim Boa Esperança, em Olímpia, ao vê-lo conversando com uma mulher, teve crise de ciúmes e jogou álcool em seu pescoço, ateando fogo em seguida.

Devido à essa região ser delicada, teve 20% da área queimada em segundo grau, segundo avaliação médica da UPA.

Diante dos fatos, os PMs iniciaram patrulhamento com vistas a encontrar a autora, logrando êxito em sua própria residência, onde foi detida e apresentada à Delegacia de Polícia Civil, onde o delegado César Aparecido Martins constatou que ela estava sendo procurada com Mandado de Prisão, recolhendo-a para ser encaminhada a um presídio feminino.

Assunto(s):

Leia também:

Faça um comentário