Mulher apanha e fratura a face em motel na madrugada de Ano Novo. Agressor vai preso

Publicado em 01 de janeiro de 2014 às 21h58
Atualizado em 01 de janeiro de 2014 às 22h00

A primeira ocorrência da Polícia Militar de Severínia foi uma agressão sofrida por uma mulher de 44 anos, dentro de um quarto de motel. O agressor foi encontrado, preso em flagrante, não pagou fiança de R$ 2 mil, e responderá pelo crime da Lei Maria da Penha em uma das celas da Cadeia local, pelo menos por enquanto.

O fato ocorreu na madrugada deste 1º de janeiro, às 3h, no Motel Aquarius, em Severínia.

A viatura da PM com os soldados Antunes e Eliezer compareceram ao Motel Aquarius, sendo atendidos pela funcionária Marta. No local, a vítima Maria Barbosa de Oliveira, residente no Jardim Leonor, em Olímpia, pediu socorro, alegando que foi espancada pelo companheiro Arnaldo Benedito Gonçalves, de 37 anos, residente na Cohab 2, em Olímpia. Ela disse que as agressões ocorreram sem nenhum motivo.

Ela foi atendida no Pronto Socorro local e, no caminho deste, os policiais encontraram o agressor caminhando às margens da rodovia, sendo abordado e detido.

A mulher foi atendida pelo médico André Almeida, do PS de Severínia, onde foi constatada uma fratura na face e, assim, ela foi transferida para a Santa Casa de Misericórdia de Olímpia.

O agressor foi apresentado no plantão policial, onde o delegado Rafael Farias Domingos, ratificou a voz de prisão dada pelos PMs, arbitrou fiança de R$ 2 mil, que não foi paga e, assim, o homem foi recolhido à uma das celas da Cadeia de Severínia.

Siga o Diário de Olímpia no Twitter, Facebook e Flickr

Assunto(s): ,

Leia também:

Faça um comentário