Mega operação policial em Severínia prende homem com quase 1 kg de cocaína

Publicado em 27 de novembro de 2014 às 12h37
Atualizado em 27 de novembro de 2014 às 13h05

Um homem de 33 anos foi preso na manhã desta quinta-feira (27), em Severínia, acusado de tráfico de entorpecentes, em operação conjunta das Polícias Civil e Militar, apoio da Guarda Municipal, e com mandado de busca e apreensão expedido pela Justiça Criminal do Fórum de Olímpia. Com ele, 975 gramas de cocaína – em pequenas porções e pedaços maiores, e equipamentos para embalar e vender a droga. Uma denúncia anônima à PM gerou toda essa operação por volta das 8h10 de hoje no Jardim Vitória, Severínia.

O indivíduo e as suas atividades ilícitas já vinham sendo investigadas, há tempo, pela Polícia Civil de Severínia.

PB271546

Foram ao endereço de Ricardo Lopes Pereira, vulgo Litrão, 33 anos, no Jardim Vitória, a equipe da PM comandada por sargento Otoniel e composta por cabos Nilton e Adriano, soldados Estevam e Vinicius; além da Civil, com escrivão Luís e investigadores Marcelo e Wellington), e GCMs Vitor, Pereira e Eberti. O indiciado foi encontrado no local, foi abordado e revistado, onde nada de ilícito foi encontrado com ele, mas sim em busca pelo interior de sua casa.

PB271545

Os policiais encontraram dentro de um aparelho de som grande quantidade de cocaína e, na sala do imóvel, atrás de um sofá, outra porção de cocaína escondida em tubo plástico.

Também foram descobertas várias cédulas e moedas, que resultaram em R$ 425; além de balança digital de precisão, cinco medidores para pesar e preparar o entorpecente, bicarbonato de sódio para mistura, dois aparelhos de TV e duas câmeras de circuito interno que etavam instaladas na frente e atrás do imóvel, no telhado para monitorar o movimento do local.

PB271535

Após a localização da cocaína e de outros apetrechos, Litrão recebeu voz de prisão. Ele confessou o tráfico de entorpecentes e que comprou a droga pagando cerca de R$ 14 mil, onde venderia e arrecadaria cerca de R$ 30 mil.

litrao

Ele foi conduzido ao Pronto Socorro local para exame de corpo de delito, de praxe e, posteriormente, apresentado ao plantão da Delegacia de Polícia, onde a sua prisão foi ratificada, sendo encarcerado na Cadeia de Severínia à disposição da Justiça.

Assunto(s):

Leia também:

1 comentário

  1. pcr disse:

    É a união de forças em prol de uma comunidade melhor, quando existe esta junção, entre as instituições envolvidas fica difícil a proliferação desta prática criminosa (tráfico)”entre tantas” que tanto mal causa a Humanidade;Seria de extrema valia se estas “operações em conjunto” fossem rotineiras, pois iriam sem dúvida alguma, colher resultados satisfatórios, porém o que se verifica, ou melhor não se verifica é a ausencia de trabalhos em conjunto entre as instituições envolvidas, para atingir um denominador comun.Parabéns mais uma vez a PM de severinia, pelo trabalho que vem sendo realizado naquela cidade e as outras instituições citadas.

Faça um comentário