PM FRUSTA CEIA DE LADRAS DE CATANDUVA EM SUPERMERCADOS E LOJAS DO CENTRO DE OLÍMPIA HOJE

Publicado em 29 de dezembro de 2010 às 16h55
Atualizado em 29 de dezembro de 2010 às 22h30

Foram presas duas ladras na tarde de hoje, por volta das 13h, quarta (29), em Olímpia. Elas residem em Catanduva. O delegado de polícia Civil Antonio Alício Simões Filho lavrou boletim de flagrante, ratificando a voz de prisão para Uara Lazarini, 29, e Patrícia Cristina dos Anjos Luiz, 31, que estão presas na Cadeia Pública de Jaborandi (SP). ladras

Furtaram de baby-doll a spray capilar, de linguiça a pacote de chiclete, de pijamas a sabonetes íntimos: 67 produtos que seriam levados de volta à Catanduva no veículo Celta das ladras.

As lojas vítimas do ataque das ladras de Catanduva foram os supermercados Compre Bem e Tome Leve, e as lojas Aquarelão 1,99, Pink Biju, Lojas Meio Preço, Pernambucanas e Amarelinha.

O FLAGRANTE

Os policiais militares cabo Kleber Lima e soldados Fernando e Claudinei foram acionados por funcionário do supermercado Tome Leve, Fábio Marcondes. Nesse supermercado, elas haviam furtado dois vidros de palmito, quatro barras de chocolate branco, um pacote de amendoim, quatro bombons e dez chocolates “Kinder Ovo”.

DSC_0000056

Com a chegada dos policiais, Uara e Patrícia confessaram o furto, mas disseram, inicialmente, que tinham vindo de ônibus de Catanduva para furtar em Olímpia. Porém, em revista pessoal feita pela policial feminina Madalena, foi encontrado dentro do tênis de Patrícia uma chave de veículo.

DSC_0000065

A mentira contada por Patrícia não se sustentou: elas vieram em um veículo GM Celta, placas DKQ-8569, que foi deixado na área central de Olímpia enquanto furtavam em vários estabelecimentos comerciais.

DE BABY-DOLL A PAÇOCA CASEIRA

PRODUTO-DE-FURTO-1Dentro desse Celta, foi encontrado vários produtos furtados: camiseta infantil, duas bermudas, uma cueca, duas calcinhas, um conjunto de pijamas, um baby-doll, três caixas de chantilly em creme, uma caixa de amido de milho, dois litros de pacote de leite, uma torneira de alumínio, um estojo de maquiagem, dois pacotes de achocolatado, dois pacotes de margarina, uma blusa branca de renda preta, um sutiã branco, dois shorts (preto e rosa), uma blusa preta, quatro condicionadores, cinco sabonetes íntimos, um protetor térmico, um creme corporal, um spray capilar, um creme depilatório, quatro pacotes de linguiça, um pacote de salame, uma peça de bacon, um pacote de salsicha, um frango defumado, treze pares de brincos, três pulseiras, um tapete de crochê, um pacote de chiclete, um pacote de pirulito, um pacote de bala e um pacote de paçoca caseira.

DSC_0000063

Diante dos fatos, as ladras foram apresentadas na Delegacia Titular de Polícia Civil de Olímpia, juntamente com os produtos furtados, onde o delegado de plantão Antonio Alício Simões Filho ratificou a voz de prisão dada pelo cabo Kléber Lima e soldados Fernando e Claudinei. Elas foram encaminhadas para a Cadeia Pública de Jaborandi.

PRODUTO-DE-FURTO-3

Na Delegacia compareceram, também, representantes dos supermercados e das lojas vítimas das ladras, onde reconheceram os produtos. O veículo Celta das ladras foi recolhido para o pátio.

PRODUTO-DE-FURTO-5

***


* Fique à vontade para dar a sua opinião, mas atenção: se ele não aparecer no mesmo dia é porque, com certeza, você não leu a nossa política de comentários. No momento, está sob moderação.

Assunto(s): ,

Leia também:

4 comentários

  1. Adriana disse:

    Como elas faziam p esconder coisas de um tamanho tão considerável sem que ninguém visse??? Que absurdo!!!!

  2. Duda Buzoni disse:

    Concon

    As “vagaba” vão tomar café de canequinha, conforme dizia nosso querido Afanázio, lembra-se ?

    Abs

    Duda

  3. marcelo disse:

    É vai ceia em Jaborandi na cadeia amigão……….

  4. Vinicius disse:

    Parabéns pelo trabalho da polícia!

Resposta para marcelo