Filha de 17 anos denuncia o pai por manter relações incestuosas, inclusive por estupro

Publicado em 17 de março de 2014 às 21h32
Atualizado em 17 de março de 2014 às 21h39

Um pai foi preso em Cajobi, nas primeiras horas de ontem, domingo (1h50), acusado pela própria filha de estupro.

ODAIR-GOMES-OLIVEIRA

Os PMs Ávila e Márcio, após o recebimento de denúncia via 190, de que à rua João Vanzela, 950, na Cohab-1 daquela cidade, um homem teria abusado sexualmente de uma mulher, fato descoberto por vizinhos que, revoltados, detiveram, por conta própria, Odair Gomes Oliveira, 37 anos, hospedado provisoriamente em um quarto cedido pelo morador, já que é oriundo de Bauru (SP) e, segundo consta, também naquela cidade responde inquérito também por estupro, desta vez envolvendo uma criança de quatro anos.

Odair teria forçado relações sexuais com a sua filha V.G.O., de 17 anos. Ela própria confessou aos policiais, e posteriormente à delegada Débora Cristina Abdala Nóbrega, que mantinha relações incestuosas com o seu pai, mas que, naquela noite, se recusou a manter relação com ele, mas que foi forçada.

O pai confessou que mantinha relações íntimas com a filha, porém negou a violência declarada por ela.

A filha manteve o desejo de representar contra o pai, e foi fazer exame de corpo de delito para comprovar a violência sexual cometida por ele.

Socorrida na Santa Casa local, onde a médica Fernanda M.S. Martins atestou a violência sexual, expedindo relatório de atendimento. Representou contra o pai na presença de um conselheiro tutelar.

Foram apreendidos pela PM um chumaço de papel higiênico com sêmen, que a vítima usava como absorvente, bem como a cueca úmida, possivelmente de sêmen, que Odair usava, para possíveis exames periciais.

Siga o Diário de Olímpia no Twitter, Facebook e Flickr

Os PMs deram voz de prisão para Odair, que foi ratificada na Delegacia de Polícia Civil, através da delegada Débora Cristina, que também firmou o seu convencimento jurídico, autuando-o em flagrante delito por estupro, sendo Odair imediatamente removido à Cadeia de Severínia, ficando à disposição da Justiça.

Assunto(s):

Leia também:

1 comentário

  1. Alan disse:

    O que é dele, estará o aguardando na cadeia….

    Vela de sete dias.. huahuehuheushu

Faça um comentário