Delegado de Penápolis é preso sob suspeita de crimes de peculato e corrupção

Publicado em 21 de novembro de 2014 às 11h27
Atualizado em 21 de novembro de 2014 às 11h27

O delegado de Penápolis Nivaldo Martins Coelho foi preso na manhã desta sexta-feira (21), durante operação feita pela Corregedoria da Polícia Civil de São Paulo e o Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado).

coelho

Ele é acusado de ter praticado crimes de peculato (crime de desvio de dinheiro público por funcionário que tem a seu cargo a administração de verbas públicas) e corrupção ativa (ato de oferecer vantagem, qualquer tipo de benefício ou satisfação de vontade, que venha a afetar a moralidade da Administração Pública).

Participaram da operação noves equipes da Corregedoria da Polícia Civil das cidades de São José do Rio Preto, Ribeirão Preto e da capital paulista. Na ação, estão sendo cumpridos nove mandados de busca e apreensão.

DOCUMENTOS

Documentos são recolhidos da sala onde o delegado trabalhava na Delegacia de Penápolis e em despachantes que atuam no município. Os investigadores foram também a Delegacia de Birigui, onde Nivaldo respondia como delegado titular.

As investigações vêm sendo feitas há quatro meses. Nivaldo, que já foi delegado titular de Penápolis e da 82ª Ciretran (Circunscrição Regional de Trânsito), seria transferido ainda nesta sexta-feira para um presídio em São Paulo.

Fonte: Folha da Região / Araçatuba

Assunto(s):

Leia também:

Faça um comentário