DDM investiga acusação de assédio de motorista de ônibus escolar contra menor de 13 anos

Publicado em 23 de julho de 2014 às 19h52
Atualizado em 23 de julho de 2014 às 19h52

A Delegacia da Mulher de Olímpia está investigando a acusação de estupro de vulnerável por parte da menor A.C.N.C, 13 anos, contra o motorista Eduardo dos Reis, 53 anos, conceituado empresário local no ramo de transporte estudantil que nega o ocorrido.

menorvul

A menor está matriculada em um curso da empresa Prepara em Olímpia e começou a viajar todas as segundas feiras, quando anteontem, segunda-feira (21), declarou à mãe e ao padrasto que não queria mais frequentar as aulas.

Estranhando a atitude, já que a filha estava motivada com o novo aprendizado a mãe pediu maiores explicações e se surpreendeu negativamente com o motivo apresentado.

Ao saberem do ocorrido  procuraram imediatamente a Polícia Militar, que pediu a companhia de um conselheiro tutelar e encaminhou todos a Delegacia de Polícia. A PM também conduziu o acusado para a Delegacia e os apresentou para o Delegado Marcelo Puppo de Paula.

Segundo a menor, ao sair do curso às 10h adentrou ao ônibus que estava estacionado para esperar os outros estudantes. Foi quando Eduardo teria se sentado ao seu lado lhe dizendo que estava muito calor. Ela declarou que ele abaixou o zíper de sua blusa e tocou seus seios. Em seguida, convidou a menor para conhecer uma ‘cama do ônibus’. Ao recusar o convite, ela afirma que foi tocada em suas nádegas e em seguida se sentou novamente, sendo acompanhada pelo motorista que tentava lhe beijar. Ele só teria parado quando um homem chegou no ônibus.

Eduardo negou a acusação e o delegado optou em não fazer o flagrante e passar o caso para a Delegacia da Mulher de Olímpia.

A menor foi conduzida ao Pronto Socorro Municipal, onde passou por exames clínicos e após o desfecho todos foram liberados.

Com pressa, na tarde de ontem, terça (22), a família junto com a menor, procurou a Delegacia da Mulher de Olímpia e formalizou a denúncia antes que o material colhido ontem mesmo na Delegacia de Severínia tivesse chegado.

Segundo o padrasto da menor todos os envolvidos seriam ouvidos hoje na Delegacia da Mulher de Olímpia.

Fonte: Comarcaweb

Assunto(s): ,

Leia também:

3 comentários

  1. Severínia disse:

    Este caso é muito sério.
    foi exposto o relato da menina que o acusa.
    agora cade a versão do Eduardinho.
    Este homem, que chegou, não testemunhou nada?

  2. Voz disse:

    No mínimo, muito estranho!

  3. mauricio disse:

    mas se for veridico a coisa, axo que vai ser a palavra dele contra a dela, pois n tem testunha dos fatos, nao vai dar em nada acredioto, mas se constatado tem que dar cadeia pro careta ai, pois a mina tem so 13 anos, e coisa sericima abusar de uma criança dessa, queria ver se vizesse isso com a filha dele. se ele ia ficar quieto

Resposta para Severínia