Criminoso mantém idosos amarrados na Fazenda Reunidas para roubar

Publicado em 24 de julho de 2015 às 10h48
Atualizado em 24 de julho de 2015 às 10h54

Um casal de idosos, 66 anos, foram mantidos reféns por várias horas na Fazenda Reunidas, zona rural de Severínia, ontem, quinta-feira (23), em uma ocorrência de roubo.

O criminoso manteve o casal amarrado das 13h às 17h, disse ser da cidade e que foi mandado para efetuar o roubo, mas só conseguiram se desamarrar por volta as 21h, acionando a Polícia Militar sob o comando do sargento Otoniel, com os cabos Souza Costa e Diego, e soldado Estevam.

Segundo relato das vítimas Maria Lopes da Silva e Pedro Geraldo da Silva, a Fazenda localiza-se às margens da rodovia Armando Sales de Oliveira. A mulher havia saído e ao retornar, por volta das 16h30, foi rendida por um homem moreno, magro, vestindo camisa cor azul, com dizeres nas costas, e calça também cor azul. Ele já estava no interior da casa desde às 13h, tendo rendido o esposo Pedro, então amarrado em uma cadeira na sala, sob ameaça e o homem armado de foice.

A mulher foi obrigada a entregar ao criminoso R$ 1,5 mil de sua bolsa, e também duas blusas pretas, dois edredons, um celular marca LG cor preta, uma aliança de ouro e uma correntinha também de ouro.

Segundo ela, o homem que a roubou disse-lhe que é de Severínia e que havia sido mandado para ir em sua casa. Ele tentou, ainda, levar o veículo, mas não conseguiu.

As vítimas só conseguiram se desamarrar por volta das 21h, quando acionaram a PM. O caso foi atendido pelo investigador Clodoaldo e delegado Marcelo Pupo de Paula.

Assunto(s):

Leia também:

Faça um comentário