Carteiro ‘voa’ 20 metros ao ser atingido por carro

Publicado em 11 de dezembro de 2012 às 14h56
Atualizado em 11 de dezembro de 2012 às 15h00

As câmeras de segurança de uma padaria registraram o momento em que o carteiro Paulo Pagli, de 52 anos, foi arremessado a 20 metros de distância após a motocicleta que pilotava ser atingida por um carro, no sábado, em Votuporanga. Ele fraturou uma perna, passou por cirurgia e segue com quadro clínico estável.

acidente

De acordo com informações da Polícia Civil, a vítima trafegava de moto pela rua Minas Gerais quando, no cruzamento com a rua Paraíba, o motorista de 51 anos A.S.F., que não teve o nome fornecido ao Diário pela polícia, não teria respeitado o sinal de “pare” e o acertou com o carro.

Com o impacto, o carteiro foi arremessado a 20 metros do local da batida. O capacete chegou a sair da cabeça da vítima.

Ele foi socorrido e encaminhado à Santa Casa, onde recebeu atendimento e passa bem. O motorista passou por exames clínicos, pois apresentava sinais de embriaguez. Ele se negou a fazer o teste do bafômetro, mas será processado por lesão corporal.

A Polícia Civil investiga o caso.

Assunto(s):

Leia também:

1 comentário

  1. ivo zangirolami junior disse:

    Boa noite Léo…e sempre parabéns pela cobertura e reportagens do Diário de Olimpia!!!
    Claro que o condutor do carro estava totalmente errado , só que o capacete do condutor da moto , sair da cabeça , é inaceitável também , digamos assim…UM ABSURDO…congelando a imagem…dá para perceber que o capacete cai da cabeça do condutor da moto , logo depois do impacto e com o motociclista girando no ar…ou seja…o MOTOCICLISTA teve muita sorte…e foi muito imprudente…pois com certeza não afivelou o capacete da maneira correta!!!
    Outro dia parado na rotatória da APAE…vi alguns motociclistas sem afivelar o capacete…solto mesmo…uma pena…Educação e segurança no trânsito…é tudo!!!
    Forte abraço para todos!!!

Faça um comentário