Avô paterno é acusado de abusar de neta de três anos, de novo

Publicado em 24 de setembro de 2015 às 11h31
Atualizado em 24 de setembro de 2015 às 11h31

Uma atendente  de 20 anos acionou a Polícia Militar de Barretos na noite terça-feira (22). Ela informou que deixou a filha de três anos na creche e o avô paterno pediu para ver a neta, então concordou que buscasse a criança às 17h e ficasse com ela na casa dele até às 21h.

plantão-policial-barretos

A mãe alega que em casa quando dava banho  percebeu que o órgão genital da criança estava muito vermelho.

A menina contou chorando que o avô tinha colocado a mão nela de novo. O fato já havia se repetido anteriormente.

A atendente disse que tal fato já aconteceu em outra ocasião havendo o registro na Delegacia de Defesa da Mulher.

O caso foi registrado como estupro de vulnerável.

(O Diário de Barretos)

Assunto(s): ,

Leia também:

Faça um comentário