planto-policial-barretos_thumb.jpg

Avô paterno é acusado de abusar de neta de três anos, de novo

Uma atendente  de 20 anos acionou a Polícia Militar de Barretos na noite terça-feira (22). Ela informou que deixou a filha de três anos na creche e o avô paterno pediu para ver a neta, então concordou que buscasse a criança às 17h e ficasse com ela na casa dele até às 21h.

plantão-policial-barretos

A mãe alega que em casa quando dava banho  percebeu que o órgão genital da criança estava muito vermelho.

A menina contou chorando que o avô tinha colocado a mão nela de novo. O fato já havia se repetido anteriormente.

A atendente disse que tal fato já aconteceu em outra ocasião havendo o registro na Delegacia de Defesa da Mulher.

O caso foi registrado como estupro de vulnerável.

(O Diário de Barretos)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *